Guarda Municipal vai participar de cursos do IF Sul de Minas

Publicado em 16/05/2019 - regiao - Da Redação

Guarda Municipal vai participar de cursos do IF Sul de Minas

Todos os 80 membros da Guarda Civil Municipal (GCM) de Poços de Caldas poderão, a partir do meio deste ano, participar de diversos cursos de atualização e aperfeiçoamento na área de segurança pública, promovidos pelo do IF Sul de Minas, em parceria com a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp).

As definições do programa, foram apresentadas em encontro ontem, quarta-feira (15), no IF Sul de Minas, em Pouso Alegre, instituição que mantém convênio com Senasp. Os cursos serão gratuitos e o primeiro módulo terá 200 horas/aula, divididas em modos: à distância (EaD) e presencial. O programa será disponibilizado, também, as demais corporações das GCM's da região.

A reunião foi coordenada pelo reitor do IF Sul de Minas, Marcelo Bregagnoli, e contou com a presença da pró-reitora de Extensão, Roselei Eleotério. Representando a GCM de Poços, estiveram no encontro o inspetor, Marcelo Gavião Bastos, e Franselmo Lopes da Silva. Também compareceram, os comandantes das corporações de Varginha, Alfenas, Santa Rita do Sapucaí e Guaxupé.

Bastos informa, que no encontro foram apresentadas as principais demandas de cursos que serão ofertados pelo IF Sul de Minas. Segundo ele, no primeiro módulo, previsto para ter início em junho, serão abordados temas como o Estatuto das Guardas Municipais, Estatuto do Desarmamento e a recente Lei Federal que flexibiliza o uso de armas no país.

De acordo com Bastos, no curso serão realizadas, ainda, abordagens sobre relacionamento interpessoal e noções de Direito aplicadas à função do GCM. De acordo com o inspetor, em módulos futuros, o programa vai focar também questões de liderança e chefia, polícia comunitária, direitos humanos, técnicas operacionais, inclusive a utilização do videomonitoramento.

O inspetor avalia como muito importante a realização dos cursos, porque o GCM deve estar sempre atualizado quanto a legislação, para exercer bem a atividade, e estar sempre capacitado para enfrentar as possíveis demandas. "Além disso, o município precisa se adaptar a lei 13.022/14, que criou o Marco Regulatório da GCM's, para poder reivindicar recursos financeiros para investir em segurança pública.


ASCOM