Em Cabo Verde, produtores mineiros fizeram grande manifestação contra preços da saca de café

Publicado em 13/08/2019 - regiao - Da Redação

Em Cabo Verde, produtores mineiros fizeram grande manifestação contra preços da saca de café

Na manhã da segunda-feira (12/08), cafeicultores de várias cidades do Sul de Minas fizeram uma manifestação em Cabo Verde. Entre os assuntos, destaque para os atuais preços do café que estão em níveis insustentáveis. Os produtores fizeram uma carreata com tratores e caminhões pela cidade e se concentraram na Praça Central. Nos discursos, pediram a renegociação das dívidas do café e zoneamento da cafeicultura, não deixando de fora o pedido de melhores preços do produto. Conforme organizadores, por volta de mil cafeicultores participaram do movimento.

A manifestação foi uma iniciativa dos “Cafeicultores Independentes de Cabo Verde” e contou com a participação dos cafeicultores, além de representantes de instituições, produtores de café, prefeitos e os deputados federais Emidinho Madeira, que é Presidente da Comissão da Cafeicultura no Congresso Nacional e Odair Cunha. Atualmente, a saca do café de 60 quilos está cotada em R$ 399,00.

O presidente da Cooxupé, maior cooperativa de café do mundo, Carlos Augusto Rodrigues de Mello, também esteve presente. Ele considerou o protesto legítimo para toda a cafeicultura. “Movimentos como este embasam as lideranças”, disse. Assim, agradeceu e parabenizou os organizadores do evento.

No final, a organização do protesto divulgou a seguinte nota: “Encerramos nossos trabalhos de manifesto e seguimos com os trabalhos com as lideranças. Obrigado a todos que de uma forma direta e/ou indireta contribuíram e participaram de nosso evento. Alcançamos nosso objetivo. Despertamos nossas lideranças. Um forte abraço a cada um de vocês. Até a próxima”.