Começa novo ciclo de visitas técnicas do Parlamento Jovem

Publicado em 25/09/2020 - politica - Da Redação

Começa novo ciclo de visitas técnicas do Parlamento Jovem

Desenvolvimento do projeto tem sido feito em ambientes virtuais, até a volta das atividades presenciais.

O ano de 2020, com todos os seus desafios, deve ser aproveitado para reflexões intensas e debates ainda mais aprofundados sobre os rumos do planeta. Meio ambiente e desenvolvimento sustentável, tema do projeto Parlamento Jovem 2020, realizado pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) em parceria com as câmaras municipais, é um desses assuntos que merecem destaque.

Para encontrar formas de dar prosseguimento às discussões com os estudantes do ensino médio, a coordenação estadual do programa está fazendo uma nova rodada de conversas com os coordenadores locais, como se fossem visitas técnicas, só que por meio de videoconferências.

Os próprios coordenadores regionais podem agendar as reuniões e comunicar à coordenação estadual, que conduzirá os encontros. Nesta sexta-feira (25/9/20), a partir das 14h30, será realizada a reunião remota do Polo Zona da Mata I.

A maioria das escolas continua fechada em todo o Estado, o que impõe limitações ao projeto, mas a gerente-geral da Escola do Legislativo da ALMG, Ruth Schmitz, tem uma visão otimista da situação. “Apesar das dificuldades, não podemos achar que vamos perder o ano, existem vários outros aprendizados que podemos tirar desse período”, afirma.

A servidora da Escola do Legislativo Leandra Oliveira ressalta o compromisso e o empenho de cada coordenador do Parlamento Jovem e acredita que ainda há muitas alternativas e ferramentas a serem exploradas, como os grupos de estudantes no WhatsApp e a produção de vídeos e áudios para as redes sociais do projeto. Para ela, o mais importante nesse momento é compartilhar experiências, cada um se preparando para a retomada das atividades presenciais, assim que for possível.

Definições respeitarão realidade de cada município

A primeira reunião, desta nova etapa, foi no dia 21 de setembro, com integrantes do Polo Alto Jequitinhonha/Mucuri. Cleovenice Moreira, de Itamarandiba, lembrou que o projeto foi lançado oficialmente na cidade, poucos dias antes de as escolas fecharem por causa da pandemia. Não houve tempo para realização das oficinas de formação, mas ainda há um grupo de WhatsApp montado, com 61 alunos.

A situação está complicada em Capelinha, segundo relatou Salomé Sampaio, uma das coordenadoras, por causa da pandemia de coronavírus e também pela proximidade das eleições municipais, que impedem a participação direta de vereadores ou candidatos nas discussões. “Ainda não sei por onde começar, mas vamos levantar nosso Parlamento Jovem”, afirmou.

Na cidade de Malacacheta, a coordenação chegou a organizar, há alguns dias, um debate ente os candidatos a vereador e os jovens que integram o projeto. Algumas cidades do Polo estão organizando, para dezembro, uma live musical, para aproximar os estudantes, ainda que apenas remotamente.

Agenda – A agenda para realização das reuniões está aberta. Para a próxima terça-feira (29/9/20), está marcado o encontro dos municípios do Polo Vertentes. No dia 1º de outubro, o Polo Norte realizará sua videoconferência. Em 14 de outubro, o Polo Zona da Mata II também discutirá o andamento do projeto por meio de videoconferência. 

“O Parlamento Jovem não parou, nem está suspenso. Vamos nos preparar, inclusive para já apresentar o projeto aos novos vereadores eleitos, logo após 15 de novembro”, afirma Ricardo Moreira, servidor da Assembleia que também integra a coordenação estadual.

Acompanhe o Parlamento Jovem no Facebook e também no Instagram. Nas redes, encontre vídeos, depoimentos e outros materiais sobre o tema de 2020.


ASCOM