Volta gradual no TJMG é embasada em números favoráveis

Publicado em 11/08/2020 - judicirio - Da Redação

Volta gradual no TJMG é embasada em números favoráveis

A administração do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) reuniu-se na segunda-feira (10/8) para avaliar a volta gradativa do trabalho presencial, após receber a nota técnica emitida pelo grupo de trabalho responsável pelo Plano de Retomada e Acompanhamento das Atividades Presenciais, instituído pela Portaria 4869/PR/2020.

O grupo recomendou a manutenção do cronograma de retomada das atividades, estabelecido pela Portaria 1.025/PR/2020, até a publicação do resultado da próxima reunião do comitê gestor do Programa Minas Consciente, alinhado com todos os indicadores e recomendações externas e internas.

De acordo com os dados epidemiológicos apurados pela Secretaria de Estado de Saúde, a taxa de crescimento dos casos ativos em Minas Gerais encontra-se em decréscimo nas últimas três semanas. De 22% na semana de 21 de julho, a taxa caiu para 16,3% na semana passada (3 a 7/8). Já a taxa de transmissão ficou entre 1,0 e 1,1 na última semana, indicando estabilização no ritmo de contágio de uma pessoa para outras.

Há três semanas, foram 3.878 internações e, na semana passada, esse número caiu para 1.399, ou seja, um decréscimo de 2.479, que representa uma queda de 36,75% no número de hospitalizações por síndrome respiratória aguda grave (SRAG).

Tendo em vista o cenário atual da covid-19 em Minas, as adequações no ambiente de trabalho, emitidas pela Gerência de Saúde no Trabalho (Gersat), o protocolo de limpeza definido pela Diretoria Executiva da Gestão de Bens, Serviços e Patrimônio (Dirsep) para as unidades judiciárias e administrativas do TJMG, e o número reduzido de casos registrados entre magistrados, servidores e colaboradores, abaixo da média do Estado, decidiu-se pela manutenção do retorno gradual.

Fluxo reduzido

Entre o público interno, foram registradas 148 pessoas infectadas e um óbito. "Internamente, estamos com nível de transmissibilidade da doença abaixo da média daquele ocorrido no Estado de Minas Gerais, o que demonstra que as medidas adotadas (limpeza, desinfecção, uso de máscaras, medição de temperatura, álcool em gel, etc.) estão sendo adequadas e surtindo o efeito almejado", diz a nota técnica de hoje.

Outro fator levado em consideração para a volta gradual é que, de 11 a 31 de agosto, o TJMG terá um fluxo bastante reduzido de usuários externos, porque somente os processos de família serão manuseados e virtualizados. Assim, de um total de quase dois milhões de processos físicos do acervo do TJMG, serão virtualizados 141 mil, número que representa 7% do total.

Estiveram presentes o presidente do TJMG, desembargador Gilson Soares Lemes; o 1° vice-presidente, desembargador José Flávio de Almeida; o 2° vice-presidente, desembargador Tiago Pinto; o 3° vice-presidente, desembargador Newton Teixeira Carvalho; o corregedor-geral de justiça, desembargador Agostinho Gomes de Azevedo; o vice-corregedor, desembargador Edson Feital Leite; o superintendente de saúde, desembargador Bruno Terra Dias; e o superintendente administrativo adjunto, desembargador José Arthur de Carvalho Pereira Filho.


Assessoria de Comunicação Institucional - Ascom
Tribunal de Justiça de Minas Gerais - TJMG