Coluna Minas Gerais (29 de Junho de 2020)

Publicado em 29/06/2020 - coluna-minas-gerais - Da Redação

Coluna Minas Gerais (29 de Junho de 2020)

Poços perde 1,68 do ICMS

O Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (Iepha-MG) está divulgando a pontuação provisória do ICMS Patrimônio Cultural - exercício 2021. Os recursos financeiros deste programa são repassados aos municípios que instituírem políticas públicas de preservação do patrimônio histórico e cultural. Poços de Caldas perdeu 1,68 ponto de 2019 para 2020. A queda, de 14,23 para 12,55, pode prejudicar os repasses do próximo ano para o setor. Porém, a Divisão de Patrimônio Construído e Tombamento, diz que a perda de pontos foi mínima e que o setor vai recorrer. (Jornal Mantiqueira- Poços de Caldas)

 

Barbacena no Sistema Igualdade

O Sistema Nacional de Promoção da Igualdade Racial (Sinapir) conta com mais um integrante. Barbacena é o 13º município mineiro a compor o Sistema. A adesão foi publicada pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos no Diário Oficial da União. A Secretaria Nacional de Políticas de Promoção da Igualdade Racial registrou, em 2020, a adesão de mais nove entes federados ao Sinapir. Entre os novos registros, estão os municípios de Lima Campos (MA), Ouro Preto (MG), Uberaba (MG), Vazante (MG), Corguinho (MS), Araucária (PR), Londrina (PR) e Aracaju (SE). (Folha de Barbacena)

 

Projeto de assistência é lançado

Um novo projeto social de enfrentamento à pandemia do novo coronavírus (covid-19), de nome "Acolher Ipatinga", foi lançado na tarde de sexta-feira, 26, na sede do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), no Centro da cidade. Trata-se de uma iniciativa do Sindicato do Comércio Varejista e Atacadista de Bens e Serviços (Sindcomércio) do Vale do Aço, com o objetivo de promover o acolhimento social dos contaminados e das pessoas com suspeita de contaminação pela covid-19, incluindo suas famílias.  (Diário do Aço- Ipatinga)

 

47% dos salões fecharam

O setor de beleza de Juiz de Fora vive um momento crítico, reflexo da crise provocada pela pandemia da Covid-19. As atividades estão paralisadas desde 16 de março, quando foi publicado o decreto municipal com restrições ao comércio e aos serviços a fim de garantir o isolamento social, considerado a medida mais eficaz ao enfrentamento da doença, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS). Desde então, quase metade (47%) dos 9.592 estabelecimentos registrados na cidade fecharam as portas de vez, o que fez com que mais de 2.500 pessoas perdessem o emprego. (Tribuna de Minas- Juiz de Fora)

 

Guaxupé ganha um drive- in

O Cine 14 Bis de Guaxupé realizou sua última sessão dia 15 de março e desde então está sem faturamento, sem bilheteria e sem perspectiva de um retorno próximo. E o jeito então foi inovar. Mauri Palos, proprietário do Cine 14 Bis, anunciou que, para proporcionar uma nova experiência de entretenimento de qualidade para as pessoas que estão vivendo um período de tanto estresse e sem opções de lazer, ele e sua equipe tiveram a ideia de inaugurar um drive-in. (Folha Regional- Muzambinho)

 

PM pode realizar casamentos virtuais

O projeto-piloto que autoriza a realização de casamentos civis por videoconferência e escritura pública digital foi ampliado. Ao todo, 129 cartórios de 29 cidades vão poder celebrar esses atos de forma virtual. O serviço está disponível em Pará de Minas desde de o mês de maio. Na Região Centro-Oeste, outra cidade que recebeu autorização para realização de casamentos civis por videoconferência e escritura pública digital foi Divinópolis. (JC Notícias- Pará de Minas)

 

UPA de Araxá recebe tomógrafo

Os pacientes de Araxá passam a contar muito em breve com um tomógrafo computadorizado, equipamento fundamental para a realização de diagnóstico. O aparelho foi entregue na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) na última quinta-feira, 25. Aracely informou que o tomógrafo vem complementar o objetivo da Administração de oferecer um sistema de saúde municipal com tudo que há de mais moderno, para pode facilitar o atendimento à população, principalmente para as pessoas que não têm condição de fazer um tratamento com esse tipo aparelhagem que a Prefeitura está adquirindo. (Diário de Araxá)


ascom