COLUNA MG (27 de Setembro de 2019)

Publicado em 27/09/2019 - coluna-minas-gerais - Da Redação

COLUNA MG (27 de Setembro de 2019)

Lago de Furnas terá frente de defesa

A Assembleia Legislativa de Minas Gerais, com apoio da Associação dos Municípios do Lago de Furnas (Alago), lançará no dia 7 de outubro a Frente Parlamentar "Itamar Franco". A cerimônia será realizada às 9h na barragem da usina de Furnas, em São José da Barra. O objetivo da frente parlamentar é defender uma cota mínima para o Lago de Furnas. "Sem água, sem pesca e sem turismo, assim não dá!", declara a Alago, que convida todos os interessados para participar da cerimônia e manifestação pró Lago de Furnas. (Rede Sindijori)

Cemig beneficia mais de 2,5 mil clientes

            Com o objetivo de levar às famílias de baixa renda uma oportunidade de reduzir o desperdício de energia decorrente do uso de equipamentos ineficientes e readequar a parcela do orçamento destinada à conta de luz, a Cemig está substituindo lâmpadas, chuveiros e geladeiras de alto consumo por outros mais econômicos e modernos. A iniciativa, que chega agora a Varginha, integra as ações do Programa de Eficiência Energética da companhia e, nesta nova etapa, a estimativa é que 40 mil clientes mineiros sejam alcançados. O lançamento do programa em Varginha aconteceu nesta quinta-feira, 26, às 19 horas, no Teatro Capitólio. (Correio do Sul- Varginha)

 

'Motorista Nota 10' leva reconhecimento

             Encerrando a programação da Semana Nacional do Trânsito em Muriaé, a terceira edição do Prêmio Motorista Nota 10 aconteceu na manhã desta quinta-feira, 26, no Grande Hotel Muriahe. O evento, promovido pela Prefeitura de Muriaé através do Demuttran, promove o reconhecimento de profissionais que trabalham respeitando as regras de trânsito. Foram 18 motoristas lembrados em diversas categorias, todos indicados pelas próprias instituições onde trabalham. Antes da premiação, o tenente Melo, da Polícia Militar, falou sobre a atuação do órgão para fiscalizar e melhor o trânsito na cidade. (Gazeta de Muriaé)

 

Surdos pedem escola bilíngue na cidade

            A população de surdos de Montes Claros marcou presença nesta quinta-feira, 26, na audiência pública que discute, na Câmara Municipal, a implantação da Escola Bilíngue para Surdos. Veronícia Gomes, intérprete de Libras da Câmara Municipal e membro do Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência, alerta que a escola é a oportunidade para a comunidade surda do Norte de Minas. Ela reforçou que, desde 2015, existe um terreno de 1.140 metros no bairro Canelas, destinado à construção do educandário. "É uma realidade possível e muito simples de acontecer em Montes Claros. O projeto foi feito, com um grupo de pessoas estudiosas que já vivenciaram esta situação e o município tem profissionais que podem trabalhar na escola. Montes Claros é muito importante no cenário nacional, nesse contexto, e está perdendo, por não ter uma escola municipal bilíngue", disse. (Jornal O Norte- Montes Claros)

 

Leopoldina terá Memorial do Mangalarga

O presidente da Coopleste - Cooperativa Agropecuária Região Leste de Minas Gerais - Pedro Augusto Junqueira Ferraz, anunciou a intenção de criar o Memorial do Cavalo Mangalarga Marchador. A empreitada vai reunir vários parceiros, a começar pela Fundação Barão de Alfenas, em Cruzília, onde está localizado o Museu Nacional do Cavalo Mangalarga Marchador, e Associação Brasileira dos Criadores de Cavalos Mangalarga Marchador. A linhagem Abaíba, iniciada na fazenda do mesmo nome do distrito leopoldinense é considerada como o segundo ponto de maior relevância no desenvolvimento da raça, graças ao trabalho realizado descendentes do Gabriel Francisco Junqueira, o Barão de Alfenas. (Jornal Atual - Cataguase)

 

Projeto  regulamentar os serviços Uber

            Entrou em pauta na sessão ordinária desta semana o projeto de lei que regulamenta a atividade de transporte remunerado privado de passageiros em São Lourenço. Os objetivos são fiscalizar os serviços prestados e evitar o exercício ilegal da profissão de taxista. O texto foi enviado pela Prefeitura de São Lourenço e deverá entrar em votação dentro de 45 dias. De acordo com o projeto 2961/19, as chamadas devem ser feitas exclusivamente por meio de aplicativos geridos por Plataformas Digitais de Transporte cadastradas no município. Ainda há a previsão de compartilhar com o Poder Público os seguintes dados: origem e destino da viagem; duração do trajeto e distância percorrida e outros. (Popular Net- São Lourenço)

 

Programa Família Acolhedora é lançado

            A Prefeitura de Ouro Preto, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Habitação e Cidadania, lança oficialmente o Serviço de Acolhimento em Família Acolhedora. O Serviço tem o objetivo de selecionar, capacitar e acompanhar famílias ouro-pretanas para receberem crianças e adolescentes que foram afastados do convívio familiar, por decisão judicial. Esse acolhimento é temporário, tendo o prazo legal de no máximo 18 meses, até que a criança ou o adolescente possam retornar à sua família de origem ou extensa, ou, em último caso, sejam encaminhados para a adoção. Qualquer casal ou pessoa solteira pode solicitar a sua participação no Serviço, desde que atenda os critérios definidos pela Lei. (Jornal Voz Ativa- Ouro Preto) 


ASCOM