A Voz de Todos - Edição 949

Publicado em 21/08/2009 - vonzico - Ivon W. Vieira (Vonzico)

PENSAMENTO DA SEMANA – Aviso aos pais e políticos: um NÃO dito na hora certa poupa muitas contrariedades. (Ditado popular)
1ª REUNIÃO EFETIVA DOS “ACADÊMICOS DE MUZAMBINHO” – Na tarde-noite do dia 05 do corrente foi realizada a 1ª reunião efetiva dos primeiros agraciados como título de “Acadêmicos” pela nova Academia Muzambinhense de Letras, no Salão Nobre de nossa Casa da Cultura Dr. Lycurgo Leite. Sob o comando de D. Lourdes Armelim Martins e assessorada pelos Drs. Otonelson Eduardo Prado e José Roberto Del Valle Gaspar. Compareceram D. Lourdes Armelim Martins, Ivon W. Vieira, D. Maria Ignez Bócoli, Dr. Marco Antônio Vilas Boas, José Nário de Fátima dos Reis Reios, Paulo Dipe, Ana Maria Alves Dias, José Donizeti Otávio. Foi uma reunião profícua, onde diversos assuntos foram ventilados, inclusive na confecção de um Diploma, bem como uma Cadeira com o nome dos Acadêmicos, que receberão por critério de idade, números, sendo que o nº 1 é de D. Lourdes Martins e o nosso nº 2, e os demais em seqüência. Ficou determinado que no próximo dia 04 de setembro, às 20 horas, no mesmo local, será efetuada a nova reunião. Ficou agendado que todos deverão fazer uma pequena contribuição para a confecção das cadeiras e do pergaminho. Esperamos que todos compareçam, inclusive os que não estiveram nessa primeira reunião. Inclusive será escolhido em caráter definitivo o nome de nossa Academia, com a apresentação de alguns nomes, sendo que o nosso permanece o do filósofo e escritor Jackson de Figueiredo, em razão de seu amor por Muzambinho e de sua feliz idéia de cognominar nossa cidade como “Atenas Sul Mineira”, em razão da cultura latente de todos os muzambinhenses.

MUZAMBINHO “ESTÂNCIA” OU “DISTÂNCIA” TURÍSTICA? –
Muzambinho é uma cidade privilegiada, pois está localizada num lugar lindo, cercada por pequenas montanhas, com clima agradabilíssimo, população ordeira, culta, inteligente, com homens fortes e destemidos, e com as mulheres mais lindas do Brasil, cujos filhos são cantados em prosa e verso não só na História da cidade, como de Minas, do Brasil e quiçá de todo o Universo. Mas, para que continue nesse diapasão é necessário que os Administradores em todos os níveis, começando pelo líder maior que é o Prefeito Sérgio Paolielo, o popular Esquilo, e por todos nós que aqui vivemos, pautem sempre pelo bem querer, mantendo as ruas e avenidas em condições dignas, que seus logradouros públicos, tias como jardins e praças sejam conservados adequadamente, que vias sejam asfaltadas e nos lugares íngremes sejam mantidos os paralelepípedos. Não podemos esquecer que Muzambinho é cantada em prosa e verso como uma cidade cujos estabelecimentos educacionais desde priscas eras são considerados de primeira linha e muito de seus filhos, espalhados por todos os quadrantes do Brasil e até no exterior, dignificam suas tradições, exercendo cargos exponenciais em diversas áreas, mormente na política e na magistratura. Agora, falando com o coração e a alma, pedimos ao Prefeito Sérgio que com sua dinâmica de grande administrador, mostre a que veio, e dê todo o seu carinho e empenho para que Muzambinho seja realmente uma ESTÂNCIA TURÍSTICA e não uma “Distância Turística”. Muzambinho merece todo o nosso amor e carinho! Que as arestas políticas sejam esquecidas e em uníssono trabalhem para o prol da cidade e de todos nós que por aqui vivemos e que a paz e harmonia seja o slogan das áreas administrativas e legislativas do município. É pedir muito?

MUZAMBINHO “INVADIDA” POR MENDIGOS DE OUTROS LUGARES – A cidade foi “invadida” por diversas mulheres pedindo esmolas, e algumas até com aparência saudável, mas com argumentação de doentes e necessitadas. Precisamos tomar uma providência, pois Muzambinho, felizmente, tem organizações que não permitem pessoas maltrapilhas pela cidade esmolando. As autoridades precisam tomar uma providência a fim de acabar com tal problema. Demoram a aparecer, mas de vez em quando elas vêm não sabemos de onde!

A DIFÍCIL SITUAÇÃO DE QUEM ESCREVE EM JORNAL E USA RÁDIO –
Quem se atreve a escrever alguma coluna em jornais ou faz algum comentário em rádio vive sempre uma situação de risco e sob pressão, pois quando fala ou escreve coisas favoráveis a um político ou mesmo um cidadão comum, nada acontece, mas quando alguma coisa é mais séria, mas sem jamais denegrir a imagem de quem quer que seja, está sujeito a “chuvas e trovoadas”. Desde os primeiros números da FR tivemos como intuito e primordialmente em ter muito cuidado, pois a responsabilidade é muito grande e oferece até problemas. Temos por norma verificar antes tudo o que escrevemos para não cometer injustiças, mas se algo não estiver certo, sempre agimos com presteza, e de imediato reconhecendo a falha, imediatamente nos desculpamos e refazemos o comentário, pois embora tenhamos por norma de conduta agirmos com presteza e honestidade, somos pessoas que cometem erros e falhas, mas sempre com o intuito de acertar e respeitar nossos semelhantes e entidades. Aliás, a FR procura manter seu slogan: “Jornalismo feito com ética, conteúdo e qualidade”, e é o que procuramos fazer.

EUREKA! EUREKA! ESTÃO RETIRANDO OS TOCOS DE ÁRVORES DA AVENIDA – Até que enfim uma providência necessária, ou seja, a retirada dos tocos das árvores que foram erradicadas de nossa Avenida Dr. Américo Luz. Esperamos que o bom senso prevaleça e que plantem outras nos locais, pois é o mínimo que podemos aguardar. Com a palavra quem de direito.

VISITA AOS “ESCOMBROS” DE NOSSO EX-TEATRO GUIMARÃES (CINEMA) – O nosso tradicional e saudoso Cine Teatro Guimarães, de velhas recordações, que fica em plena Avenida Américo Luz desde 1905, está totalmente demolido na parte interna, permanecendo de pé somente a fachada do prédio, servindo inclusive de depósito de materiais e destroços. Esperamos que no local, após a sua demolição total, seja erguido um novo prédio, pois o local pertence à Prefeitura Municipal, conforme desapropriação feita durante a gestão do então Prefeito José Ubaldo. O local é nobre e merece uma especial atenção do Poder Público. Vamos aguardar!

A LEI ANTI-FUMO JÁ VEIO TARDE – Todo jovem tem tendência a aprender a fumar, mas uma ação enérgica dos pais pode e deve ser tomada para se evitar tão pernicioso vício. Quando jovem andamos colocando uns cigarrinhos na boca, mas nosso pai que nunca fumou, nos pegou e esfregou-o em nossa boca dizendo “que quando tivéssemos nosso dinheiro que fumasse se quisesse”. Felizmente não adquirimos tal vício e nossos filhos também. Tivemos um amigo que foi internado e a todo momento soltava pela boca uma “gosma preta” que era o que sobrava do fumo em seus pulmões. Portanto, quem ainda tem o vício de fumar, aproveite a nova Lei “Anti-fumo” e deixe, e sua saúde e de seus entes queridos agradecerão, visto que dizem que o “fumante passivo”, ou seja, aquele que inala a fumaça sem ser fumante, também sofre e pode ter doenças respiratórias.

CONVITE PARA A FESTA DE 84 ANOS DE NOVA RESENDE – Recebemos de nossa prima Rozirene Couto, de Nova Resende (MG), um amável convite para os festejos em comemoração ao 84º aniversário da cidade a ser realizado no dia 05 de setembro próximo. Nova Resende, cidade natal de nosso pai e onde casou, sempre foi amada por nós, onde na infância passávamos as férias com os primos e tios. A Secretaria de Cultura daquela cidade, nos convida também para a Exposição de Arte (segmentos da pintura artística, paisagens, natureza morta e figura humana) a realizar-se do dia 23 a 31 do corrente, das 8 às 21 horas, na Rua Delfim Moreira, 625. Ficamos gratos pela lembrança do convite e tudo faremos para comparecer, pois amamos Nova Resende e nossas mais belas lembranças de tempos que não voltam mais. O convite de nossa prima veio por intermédio de uma amável carta, cujos dizeres nos emocionaram, pois nos fez voltar a tempos imemoriais quando com os primos passamos os melhores dias de nossa infância e juventude. Obrigado pela lembrança.

MUITOS ESTÃO A FAVOR DA DEMOLIÇÃO DOS QUIOSQUES E GRAMADO NA AVENIDA – O nosso comentário na semana passada com referência aos famigerados “quiosques” em nossa Av. Américo Luz, bem como os mini-jardins “desgramados” tiveram repercussão favorável, não só pessoalmente pelas ruas, bem como diversos telefonemas. Esperamos que as autoridades municipais recebam nossos comentários não com o intuito de denegrir a imagem de ninguém, mas sim visando nossa querida cidade, que merece todo o nosso carinho e amor. Temos certeza que todos que amam Muzambinho pensam da mesma forma e em razão disso pedimos ao Prefeito que estude a possibilidade de sanar tais irregularidades, inclusive plantando novas árvores no lugar daqueles tocos que estão sendo em boa hora erradicados de vez. De antemão agradecemos!

REAÇÃO FAVORÁVEL A NOSSOS COMENTÁRIOS – A semana passada escrevemos sobre os “quiosques” da Avenida Américo Luz, comentamos sobre os mini-jardins em terra batida, e anteriormente havíamos comentado sobre o ex-cinema Bernardo Guimarães e prédios sujos e abandonados (Clube Recreativo e Automóvel Clube) bem sobre o asfaltamento de nossa principal artéria, e qual não foi a nossa surpresa, aliás muito agradável, pois diversas pessoas que inclusive não são de nosso convívio diário, concordaram conosco e esperam que o Prefeito Esquilo, pelo menos pense a respeito, a fim de dar uma solução satisfatória sobre cada assunto. Que tal um plebiscito, ou seja, uma consulta popular para cada item? Somos de opinião que o Prefeito tem autoridade para determinar qualquer modificação, realização, que sempre vise o melhor para a cidade e para isso foi vencedor nas urnas por uma maioria absoluta. Como a esperança é a última que morre, continuaremos em nossa luta para uma Muzambinho mais bonita e boa para se viver. O mais é retórica e conversa fiada!

NOVO ENCONTRO DE “EX-ALUNOS” DA ESCOLA AGROTÉCNICA – Em conversa informal com o ex-aluno Vanderlei Silva, ele nos disse que talvez o dia 05 de setembro próximo seja designado para um novo encontro de ex-alunos de nossa Escola Agrotécnica Federal e nos convidou como representante de nosso irmão Ibrahim, já falecido, que fez parte da primeira turma de formandos daquela Escola. Tudo faremos para comparecer, pois o encontro desse jaez é sempre bem vindo e “mata as saudades” de tempos que não voltam mais, e fazem parte da história pessoal de cada um. Parabéns pela iniciativa!

PIADA DA SEMANA: ÚLTIMO DESEJO –
Dois homens, um pagodeiro e um cantor de ópera, são condenados à cadeira elétrica e levados à sala de execução no mesmo dia. O Padre lhes dá a extrema unção, o carcereiro faz o discurso formal e uma prece final é rezada pelos presentes. O carrasco, virando-se para o pagodeiro pergunta: Você tem direito a um último pedido. Sim, eu tenho. Como adoro pagode e axé, gostaria de ouvir antes de morrer, Os Travessos, Só pra Contrariar, Raça Negra, Molejo, Fundo de Quintal, É o Tchan, Harmonia do Samba e Tchakabum pela última vez. Concedido, diz o carcereiro, mandando os guardas providenciarem os CDs. Ele então, vira-se para o cantor de ópera e pergunta: E quanto a você, qual o seu último pedido? Por favor seu guarda, será que eu posso morrer primeiro, pois não agüentarei ouvir tais músicas pedidas por meu colega!