A Voz de Todos - Edição 946

Publicado em 31/07/2009 - vonzico - Ivon W. Vieira (Vonzico)

PENSAMENTO DA SEMANA: “Só um idiota prefere a guerra à paz, pois, na paz, os filhos enterram os pais; na guerra, os pais que os enterram.” (Heródoto).
SE EU FOSSE PREFEITO DE MUZAMBINHO FARIA O SEGUINTE:
1) Mandava demolir os famigerados QUIOSQUES que enfeiam nossa principal Avenida, e não servem para nada, a não serem transformados em “latrinas”.
2) Mandava asfaltar a Avenida Américo Luz que já é linda e a transformaria na mais bela da região e quiçá do Brasil.
3) Mandava os proprietários, sob pena de pesada multa, a consertar suas calçadas (passeios), principalmente nas ruas e avenidas do centro, que estão esburacados e horríveis. Será que ninguém vê?
Como não temos pretensão e nem possibilidade de sermos prefeito, esperamos que a administração atual faça o que acima descrevemos. É uma quimera, uma ilusão? Somente o tempo dirá!

QUE TAL DEMOLIR DE VEZ O EX-CINEMA? – Temos notado que o ex-cinema do prédio Bernardo Guimarães, que já teve seus anos de glória, está somente com a fachada intacta e o restante demolido. Ai perguntamos: Porque não demolir tudo e a Prefeitura fazer um novo prédio no local que possa ser usado para algum evento ou repartição da própria Prefeitura? É um local nobre em nossa principal artéria e deve ser usado em benefício da cidade. Será que estão esperando que a fachada também caia? Aguardamos notícias e providências!

MUZAMBINHO PRECISA SER TRATADA COM MAIS CARINHO – Há uma necessidade premente da Administração Municipal fazer um estudo para que nossos passeios (calçadas) sejam totalmente refeitos, pois em determinados locais tudo está arrasado, não só no centro, mas também nas ruas laterais. Na Rua Santos Dumont que hoje tem o nome de Professor Salatiel de Almeida quase não se pode andar sobre os passeios, pois os buracos e mal conservação estão por todos os lados. São coisas tão corriqueiras e que estão a vista de todos que até nos constrange em mencioná-las. Será que Prefeitura não tem um fiscal que leve ao Prefeito tais aberrações? Muzambinho é uma cidade linda, com ruas bem traçadas,praças bonitas e avenidas lindas, sendo que em algumas estão sendo asfaltadas, e por isso contamos que as centrais sejam mais observadas, pois são “cartões de visita”, e mal comparando “é o mesmo de estarmos bem vestidos com belos sapatos, se estivermos com o rosto (cara) suja. É o caso de nossa região central!

AGRADECIMENTO – Agradecemos cartas e até dois telegramas que recebemos em razão de termos sido indicados para a nova Academia Muzambinhense de Letras. Depois de muitos anos, afastado dos bancos escolares, eis que recebemos o título de “ACADÊMICO”. Não é chic? Estamos alegres e satisfeitos pela lembrança e tudo faremos para dignificar tal comenda. Obrigado à Comissão que nos escolheu. Recebemos diversos telefonemas de amigos. Obrigado a todos! A Folha Regional em seu último número, fez uma bela reportagem sobre o evento.

RECLAMAÇÕES SOBRE A NÃO PUBLICAÇÃO DE NOSSOS “CAUSOS” – De há muito que estamos recebendo alguns telefonemas e mesmo diretamente solicitando que continuássemos a publicar nossos “causos” na FR, e vamos conversar com a direção do jornal no sentido de publicarmos pelo menos uma vez por mês nossas “estórias”, para aliviar um pouco as notícias.

MURICY NO PALMEIRAS, NÃO ACHAMOS UMA BOA CONTRATAÇÃO – Como palmeirense, somos contra a contratação do técnico Muricy Ramalho, que é são-paulino desde quando era jogador, e sinceramente não acho uma boa contratação. Espero que estejamos enganados e ele faça um bom trabalho, mas sinceramente temos nossas dúvidas. Poderiam ter deixado o Jorginho que estava dando certo. Vamos aguardar.

ESTÃO “TAPANDO” OS BURACOS COM ASFALTO –
É realmente uma boa atitude conservar as ruas e avenidas, “tapando” os buracos com asfalto. Uma coisa estranha é colocarem nas esquinas para chamar a atenção como se fossem “lombadas”. Não seria melhor asfaltar de vez tais vias públicas? Será que algum dia o asfalto será aplicado em todas as vias da cidade? É uma ilusão, mas como a “esperança é a última que morre”, quem sabe um dia, como dizem os indianos “uma lamparina” possa ser acesa na cabeça de nossos dirigentes municipais e nossa cidade seja toda coberta com asfalto. O tempo dos paralelepípedos já passou e somente deve serem colocados em locais íngremes. Enfim.

E-MAIL ENVIADO POR NOSSA IRMÃ IVONETE – Nossa irmã Ivonete, que hoje reside em Salvador (BA), enviou à nossa filha Iara Lúcia, o seguinte e-mail via internet, em razão de termos recebido a comenda de Acadêmico pela Academia Muzambinhense de Letras: “O orgulho não é só seu... é nosso. Até chorei de emoção... O Vonzico merece... é um batalhador... inteligente e moderno. Os 80 e muitos anos deram a ele o frescor da juventude e ousadia dos cavaleiros medievais. Fico feliz como se a honra fosse minha. Todos nós fazemos parte dessa história. Dê ao Vonzico os parabéns e que ele possa por muitos anos gozar de pertencer à nata de Muzambinho. Beijos pra você, pra Teresinha e principalmente pro Vonzico. (a) Nete”.

A SAUDADE MATA A GENTE DIZEM OS POETAS (FUTEBOL INFANTO-JUVENIL) – Mais ou menos em 1938/39, Antônio Boreli, comprador de café, era pai de Almírio e Duílio, que formou time de futebol infanto-juvenil e faziamos parte integrante do mesmo, e ao rever nossos álbuns de fotos, eis que deparamos com uma foto com os seguintes garotos, que formavam um time imbatível na cidade e região: “Miguel dos Santos, Petito e Nenê Tatu que mais tarde se tornariam militares do 10º Batalhão de Caçadores Mineiros que era sediado em Muzambinho; Fernando Montanari, funcionário do Banco de Crédito Real; Zezé Campedelli e os primos Almirio e Duílio, que se tornaram mestres. Zezé funcionário da Alfândega de Santos; Almírio, Professor; e Duílio Advogado; Glauco, mudou-se para São Paulo; Silvio Carli, idem; Vonzico mudou-se para São Paulo, onde estudou no Colégio Piratininga e trabalhou na S/A Indústrias Matarazzo por mais de cinco anos; e o goleiro Nego Magnoni também foi residir fora de Muzambinho. Ai que saudade da aurora de nossa vida!

FESTA DO PEÃO DE MUZAMBINHO, DE VOLTA DE 05 A 09 DE AGOSTO –
A tradicional Festa do Peão de Muzambinho volta triunfalmente a partir de 05 de agosto próximo até o dia 09, com a escolha da rainha, das princesas, desfile de cavaleiros e noites belíssimas na Arena local, com a apresentação de duplas sertanejas e cantores, tais como: dia 05: C&A Company, com entrada franca; dia 06, Milionário e José Rico; dia 07, Gian e Giovani; dia 08, sábado, Latino e no domingo dia 09, no encerramento Gino & Geno. É aguardado o comparecimento maciço da população, bem como de nossas cidades vizinhas. Vamos aguardar!

PIADA DA SEMANA: CONVERSA DE DOIS CUMPADRES – Dois matutos proseiam, tomando pinga numa vendinha da roça. Um deles todo orgulhoso porque estava freqüentando as aulas do MOBRAL e começa a se exibir para o amigo: O cumpadre sabe quem foi Pedro Álvares Cabral? Sei não, compadre! E o cumpadre sabe quem foi Cristovão Colombo? Também num sei... Ta vendo? Isso é o que dá não estudar. Triste e aborrecido, o caboclo parte para a desforra: E o cumpadre por acaso sabe quem é o Paulo Euzébio? Paulo Euzébio? Não. Quem é? É o sujeito que vai visitar sua mulher, toda vez que cumpadre vai lá pro Mobral!