A Voz de Todos - Edição 945

Publicado em 24/07/2009 e atualizado em 24/07/2009 - vonzico - Ivon W. Vieira (Vonzico)

PENSAMENTO DA SEMANA – “O coração nunca envelhece, basta um sorriso, e tudo nele se ilumina” (Antônio Feijó)
FUNDAÇÃO DA ACADEMIA MUZAMBINHENSE DE LETRAS – A noite do dia 27 do corrente, nas dependências da Casa da Cultura Lycurgo Leite, de Muzambinho, foi de gala pois foi fundada a Academia Muzambinhense de Letras, com a presença maciça da diretoria, os organizadores, membros efetivos, convidados, amigos e parentes dos agraciados. A Comissão Organizadora, composta por Dr. Otonelson Eduardo Prado, José Sales Magalhães Filho, Dr. José Roberto Del Vale Gaspar e a Sra. Maria Antonieta Coimbra Campedelli, respectivamente presidente e membros da Comissão de Fundação, deu início à reunião, após uma apresentação fora do motivo tão extraordinária sessão, foram escolhidos pela Comissão, como Membros efetivos: Amir Além Aquino, Ana Maria Alves Dias, Cristal Rodrigues Recchia, Estevão Bortolotti, Fabíola Pafume Durante dos Reis, Dr. Flávio Umberto Moura Schimidt, Lúcia Cardoso Vieira Oliveira, Marco Antônio Vilas Boas, Maria Ignez Bócoli Martins, Maria de Lourdes Armelim Martins, Paulo Dipe, Pedro Pioli Neto, José Donizetti Otávio, Ivon Waldete Vieira, José Nário Fátima Silva e Zilda dos Reis Rios. Na abertura dos trabalhos, o Dr. Otonelson fez uma explanação dos critérios adotados para a escolha dos dezesseis primeiros membros efetivos, dando a palavra livre aos membros efetivos que quisessem usá-la e tomamos a iniciativa e nos dirigimos à platéia agradecendo a escolha de nosso nome, tecendo alguns comentários sobre a cidade de Muzambinho, que sempre foi um berço de grandes poetas, escritores e artistas em diversas áreas e nos sentimos honrados pela lembrança de nosso nome. Diversos oradores, a seguir, cada um dando sua opinião sobre a fundação da Academia. A Folha Regional esteve presente com seu diretor Vagner Alves, sendo que o Mestre de Cerimônia, o radialista Amauri Júnior, com galhardia e com sua voz privilegiada abrilhantou sobremaneira a reunião. Após o ágape, foi servida uma mesa de guloseimas e bebida aos convidados. Foi realmente uma noite festiva e alegre em nossa cidade, e nós principalmente, pois nossa esposa Teresinha e a filha Iara Lúcia, estiveram presentes. É Muzambinho mantendo a total referência do Professor e Filósofo Jackson Figueiredo que em priscas eras cognominou Muzambinho como a “Atenas Sul Mineira” em razão do grande grau de seu povo, o que, felizmente, permanece até os dias de hoje. Usaram da palavra ainda mais as seguintes personalidades: José Sales, Marly Salomão, Amir Aquino, Estevão Bortolotti, Lúcia Cardoso, Dr. Marco Antônio Vilas Boas, D. Maria Ignez. Foram momentos indescritíveis, sendo que D.Lourdes Armelim foi declarada Presidente da Fundação e nós como vice, usando como critério a idade. D. Lourdes Martins por motivos de viagem não pode comparecer à reunião. Lamartine Figueiredo representou a Academia da cidade de Cabo Verde, nossa vizinha e usou da palavra enaltecendo a fundação da Academia de Muzambinho. Foi realmente uma noite memorável em Muzambinho. Na internet, www.muzambinho.com está registrado toda a reunião.

HOMENAGEM A UMA GRANDE MATRIARCA: D. ALICE CERÁVOLO PAOLIELO – Com uma missa campal na Fazenda dos filhos de D. Alice Cerávolo Paolielo, Sérgio, Theo, Silas e Sandra Vanira, bem como noras e netos, transformaram a noite do dia 18 do corrente na Fazenda São Luiz Gonzaga, num verdadeiro encontro de amigos e parentes da ilustre dama para comemorarem o seu aniversário. O comparecimento foi maciço, e sob os acordes de um belo conjunto musical, e num ambiente cordial e amigo, ao que também estivemos presentes com a esposa Teresinha e a filha Iara Lúcia, passamos momentos agradáveis e alegres. Foi realmente uma festa digna de tão ilustre cidadã muzambinhense, pertencente à tradicional família que sempre fez parte da história da cidade em todos os âmbitos, sendo que no momento seu filho Sérgio (Esquilo) é o prefeito reeleito de Muzambinho. Seus demais filhos são motivo de orgulho para o engrandecimento da família Cerávolo/Paolielo. A Fazenda é linda, digna de ser cantada em prosa e verso, não só pela sua localização, mas pela beleza de sua construção e jardins adjacentes, com cultura atual e criação de animais de raça, mormente a de cavalos. Sob os acordes de uma bela banda e cantora de escol, foi servido aos convidados um lauto jantar, sob o comando do Buffet IG de Guaxupé. Foi realmente uma reunião digna dos bons tempos de nossa cidade e quiçá da região. Foi uma noite inesquecível que naturalmente fará parte dos grandes acontecimentos sociais de nossa cidade. Grandes amigos de outras cidades e parentes e com isso dando um maior brilho à reunião. O local é aprazível e digno de registro e dista da cidade de Muzambinho cerca de 8 quilômetros. D. Alice, que é viúva do saudoso Lincoln Paolielo, em nossa juventude foi nossa madrinha, ou melhor de todo o Tiro de Guerra 570, no ano de 1941, por escolha unânime de todos alunos. Foi realmente uma reunião marcante e a Folha Regional esteve presente com sua repórter Vaine Alves, que com algumas fotos registrou todo o acontecimento. Parabéns D. Alice, pois a senhora merece todo o nosso carinho, respeito e amor! Muzambinho se orgulha de tê-la como filha dileta e amada por todos nós! Dona Alice viveu um dia fabuloso e parodiando aquele livro infantil, podíamos muito bem começar com o título: “Alice, no país das maravilhas!” A fazenda é de propriedade de Theo Cerávolo Paolielo.

AVENIDA DR. AMÉRICO LUZ “DOS TOCOS DE ÁRVORES” – É uma tecla que não queríamos tocar, mas infelizmente a situação a cada dia se repete, e agora estão erradicando as árvores mortas de nossa Avenida Dr. Américo Luz, mas deixando os tocos e raízes, ao invés de erradicá-las de vez. Quem olha parece aqueles filmes velhos do “faroeste”, quando uma cidade era abandonada. Não seria mais lógico tirar também os tocos e raízes e plantar uma nova árvore? Da maneira que estão fazendo, se outras árvores apodrecerem e forem cortadas, teremos uma Avenida somente de tocos. Enfim... “cada cabeça uma sentença”, não é mesmo? Vamos aguardar os acontecimentos!

ESTAMOS VOLTANDO NOS “VELHOS TEMPOS” DA POLÍTICA? – Ruy Barbosa um dos homens inteligentes do Brasil, certa vez disse o seguinte, que poderia ser aplicado nos dias de hoje, lamentavelmente: “De tanto triunfar as nulidades, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agitarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude, a rir-se da honra e ter vergonha de ser honesto”. Nunca uma frase de Ruy Barbosa, dita em pronunciamento feito no Senado Federal do Rio de Janeiro, em 1914, esteve tão atual. Este comentário em Jornal de São Paulo é para provar que depois de mais de 80 anos tudo continua na mesma na política brasileira, e infelizmente em quase todos os níveis. Até quando? A cada dia lemos nos jornais e nos noticiários das TVs e rádios, novos escândalos como se fosse a coisa mais corriqueira do mundo. Que tristeza!

“ATENAS DO SUL DE MINAS” OU “ATENAS SUL MINEIRA”? – O grande filósofo, professor e escritor JACKSON DE FIGUEIREDO, cognominou Muzambinho com uma das frases acima, em razão do prestígio do Lyceu Municipal que depois recebeu o nome de Ginásio Mineiro de Muzambinho, lá pelos idos de 1929, comparando nossa cidade à Capital da Grécia como a cidade mais culta de seu tempo, tendo à frente Sócrates, Platão, Aristóteles e outros.

BAIRRO DOS IMIGRANTES PEDE SOCORRO – Os moradores do novo bairro “Imigrantes” de Muzambinho pedem socorro, pois não agüentam mais com a poeira e quando chove o lamaçal de ruas, e solicitam o asfaltamento das ruas para resolver de vez a situação. Tal bairro como todos sabem foi inaugurado a toque de caixa e as ruas e vielas continuam em terra batida. Será que nesta gestão do prefeito Esquilo tal anomalia será resolvida? Asfaltamento e rápido é o que esperam os moradores! Os moradores confiam que uma providência urgente será tomada e a esperança é a nova administração da cidade.

MINISTRO VANTUIL ABDALA, DESTAQUE EM REVISTA – Na capa da revista especial do “3º Fórum & Coffee Dinner”, de maio p. findo, juntamente com o governador Aécio Neves e o Ministro Stefane, o nosso conterrâneo foi homenageado pelo CECAFÉ, não só como ex-ministro Presidente do Tribunal Superior do Trabalho e membro do CNJ (Conselho Nacional de Justiça), mas como dos mais tradicionais cafeicultores da região do Sul de Minas e filho de Muzambinho. O Ministro Vantuil é bacharel em Direito pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Seu prêmio foi entregue pelo Sr. Milton Matsumoto. É mais um muzambinhense que brilha por este Brasil afora!

O QUE VEM A SER GLOBALIZAÇÃO? – Simplesmente fantástica a definição, conforme foi publicado em uma revista. “Pergunta: Qual é a mais correta definição de globalização? Resposta: A morte da Princesa Diana, da Inglaterra. Pergunta: Por que? Resposta: Uma princesa inglesa com um namorado egípcio tem um acidente de carro dentro de um túnel francês, num carro alemão com motor holandês, conduzido por um belga, bêbado de whisky escocês, que era seguido por paparazzi italianos, em motos japonesas. A princesa foi acidentada e foi tratada por um médico americano, que usou medicamentos brasileiros. E isto é enviado a você por um brasileiro, usando tecnologia americana (Bill Gates) e provavelmente você está lendo isso em um computador genérico que usa chips feitos em Taiwan, e um monitor coreano montado por trabalhadores de Bangladesh, numa fábrica em Singapura, transportado em caminhões conduzido por indianos, roubados por indonésios, descarregados por pescadores sicilianos, reempacotados por mexicanos e finalmente, vendido a você por judeus, através de uma conexão paraguaia. Isto é, caros amigos, globalização”. Tal comentário foi extraído de uma revista de São Paulo, cujo recorte nos foi enviado pelo nosso irmão Ivan Carlos Vieira.

CONVERSA INFORMAL COM O PREFEITO SÉRGIO PAOLIELO (ESQUILO) – Na manhã de sexta-feira, dia 17 do corrente, ao encontrar com o Prefeito Esquilo, ele nos comunicou que dentro em breve irá reformar os quiosques da Avenida Américo Luz, bem como tratar de seu calçamento. Disse-nos que está tapando buracos e asfaltando diversas ruas e que naturalmente irá reformar todas as ruas e logradouros da cidade. Ficamos satisfeitos e esperamos a concretização de suas idéias, sempre pensando na cidade em todos nós que aqui vivemos. Muzambinho realmente merece toda nossa atenção e carinho.

PIADA DA SEMANA: AEROMOÇA LOIRA E BURRA – No meio de uma viagem de avião, a aeromoça pergunta a um dos passageiros: O senhor aceita uma banana split? Não, obrigado... Sou diabético. Então, que tal um pudim de leite condensado? Eu não posso, sou diabético. Tudo bem, que tal uma deliciosa musse de chocolate com chantili? Moça, você não está entendendo. Eu sou diabético. Ah, eu sei de uma coisa que o senhor vai gostar: nossa torta de chocolate, uma delícia... Eu já falei mil vezes que sou diabético. Será que você é surda e burra? E a aeromoça, gritando para uma colega: O moço aqui está uma pilha de nervosas. Traz água com açúcar para ele. (??)