A Voz de Todos - Edição 1065

Publicado em 18/11/2011 - vonzico - Ivon W. Vieira (Vonzico)

PENSAMENTO DA SEMANA: “Não há o que não se torne difícil se realizado com má vontade” (Luis Vives)
FIM DE ANO, MÊS DE FESTA E CONFRATERNIZAÇÕES – Todo ano, quando vem chegando o mês de dezembro todas as famílias, da mais abastada às mais humildes, tudo é preparado para receber amigos e parentes que visitam seus entes queridos espalhados por todos os rincões da terra. Em nossa casa, pelo menos, aguardamos a visita dos filhos que moram em cidades distantes e temos certeza que em muitos lares acontecerá o mesmo. Que Deus nos ilumine e tenhamos um fim de ano alegre e festivo, com bastante cordialidade, saúde e paz!

MUZAMBINHO: BAIRRO CAMPESTRE SEM ENERGIA ELÉTRICA - Moradores do bairro Campestre nos telefonaram pedindo que comentássemos que aquele bairro, bastante populoso, está tendo interrupções de energia elétrica dando um prejuízo enorme a todos. Esperamos que a Companhia responsável tome uma providência urgente para sanar de vez tal anomalia. Esperam que não mais se repita pois o prejuízo é incalculável. Agradecem de antemão quaisquer providências a respeito. Não é somente o bairro Campestre, mas toda a região por aquelas bandas. Recebemos diversos telefonemas!

A PERGUNTA CONTINUA: QUANDO TEREMOS ASFALTO NA AVENIDA? – Entra ano e sai ano, e isto há muitos anos, e nossa principal artéria a Avenida Américo Luz, que é o coração da cidade, continua com seus paralelepípedos trepidantes, causando rachaduras nas casas e à noite não deixa ninguém dormir sossegado. Se o Prefeito não sabe o que fazer, que faça um plebiscito a respeito e o que for decidido poderá por uma “pedra em cima” do assunto e prometemos nunca mais comentar tal assunto. Podem pensar também na Rua Tiradentes e Praça Pedro de Alcântara Magalhães (jardim) pois o problema é o mesmo.

VAMOS BATER NA MESMA TECLA: O FUTEBOL DE MUZAMBINHO ACABOU DE VEZ? – Lembram os mais velhos que aos domingos e feriados tínhamos grandes disputas futebolísticas na cidade (Rua Vieira Homem, Alto do Anjo e Barra Funda) e hoje tudo passa em branco e não se comenta nada. Onde estão os esportistas da cidade. Na Escola Agrotécnica, no Colégio Salatiel, e nem na zona rural não temos mais ninguém interessado? A juventude de hoje parece que não se interessa por esporte! E basquete, vôlei, corridas de fundo, tudo acabou? Não existe instrução física nos educandários? Temos Escolas Agrotécnica, Ginásio famoso, escola particular e nada acontece? Estão vivendo em outros tempos? Com a palavra quem de direito! Não existe na Prefeitura um departamento especializado em esportes? Alô Esquilo lembra quando até você jogava futebol? Na nossa época (que faz tempo) tínhamos jogos memoráveis no Estádio Antônio Milhão, no Vera Cruz do Alto do Anjo, na Barra Funda e zona rural. Alô Guatapará, tudo acabou?

EXISTE ALGUMA PROGRAMAÇÃO PARA O FIM DO ANO? – Muzambinho sempre foi uma cidade que se destacou na região, onde grandes festividades, desfiles, com lindas fanfarras, escolha de rainha e misteres, exposição de flores, artesanato, de pássaros, e vai por ai afora mas de uns tempos a esta parte está tudo paralisado. Vamos voltar aos bons tempos? E as quermesses defronte a Igreja e na Avenida, ninguém tem saudade? Não temos mais banda nas escolas? E a Fanfarra da Escola Agrotécnica e do Colégio Salatiel, acabaram de vez? Até a “Da Lata” do Brejo Alegre nos dá saudade. Vamos voltar aos bons tempos? Falta incentivo ou ninguém se interessa mais?

LEMBRANÇAS QUE NÃO VOLTAM MAIS? – Durante a Semana Santa ficava em polvorosa, com procissões, sermões e na “queima do Judas” a molecada se divertia! O que está salvando a reputação da cidade ainda é o carnaval, mas no diapasão que caminha, logo também cairá no esquecimento. Alô autoridades, vamos dar uma guinada em tudo e voltar aos anos de glória? Aguardamos notícias e providências de quem de direito!

O QUE SALVA AINDA É A NOSSA QUERIDA “FOLHA REGIONAL” – Grandes jornais circularam por aqui em priscas eras, mas sob o guante do nosso conterrâneo Vagner Alves e sua equipe, a “FR” mantém firme seu propósito de semanalmente dar as notícias, fazer reivindicações, e manter os seus leitores a par do que está acontecendo na cidade, bem como de suas vizinhas onde ela abrange. Parabéns a todos que compõe e num esforço inaudito procura semanalmente levar aos seus leitores o que está acontecendo na região e quiçá em todo o mundo. É com grande alegria e satisfação que colaboramos com nossos artigos, “causos” e a coluna “A Voz de Todos”, tudo dentro de um diapasão de integridade, sem jamais denegrir ou ofender quem quer que seja, mas sempre com o intuito de colaboração e até de amor ao nosso torrão natal e vizinhas. Por vezes somos mal entendidos, mas jamais pecamos pela omissão, que é dever máximo de quem se propõe escrever, isto é, falar a verdade sempre, nos ditames da boa educação e responsabilidade.

PIADA DA SEMANA: SINCERIDADE ABSOLUTA – O pesquisador pergunta à dona de casa. A senhora costuma manter relações sexuais durante o dia? Sim, pelo menos, três vezes por semana. Durante o ato, fala com seu marido? De jeito nenhum. Ele não gosta que eu fique ligando para o escritório dele.