A Voz de Todos - Edição 1051

Publicado em 12/08/2011 e atualizado em 12/08/2011 - vonzico - Ivon W. Vieira (Vonzico)

PENSAMENTO DA SEMANA – “Nenhum livro é tão ruim a ponto de não se poder aprender nada com ele”
(Plínio, o jovem).


MUZAMBINHO, UMA CIDADE EM PLENA EXPANSÃO – No domingo, dia 08 do corrente após um lauto almoço no Restaurante Cesário´s, patrocinado pelo irmão Ivonaldo, Regina e Luciano, demos uma volta de carro, e para nossa agradável surpresa, visitamos diversos loteamentos espalhados pela cidade, e constatamos a expansão enorme com a criação de novos bairros, com construções de alto padrão, demonstrando a pujança dos muzambinhenses. São verdadeiras mansões, de fino gosto e que muito nos alegra. Vimos também novos loteamentos ainda em terraplanagem e divisão de lotes, que temos convicção, em breve, novas residências serão construídas. Tudo isso demonstra o crescimento da cidade por toda a periferia. Eta Muzambinho danada!

ASFALTAMENTO DA AV. AMÉRICO LUZ, UMA QUIMERA? – O tempo vai passando, promessas são feitas, e nossa principal artéria, que é considerada o “coração da cidade”, continua com seus famigerados paralelepípedos, provocando rachaduras nas casas quando os veículos por ela trafegam, e o pior, não vemos nenhuma ação ou mesmo um mero comentário para a possibilidade de seu asfaltamento. Logo aparecem os “arautos” dizendo que as pedras são de “granito rosa” e que são tradicionais. Será que algum dia teremos alguém iluminado que veja o futuro? Tudo tem sua época e agora é o asfalto, ou estamos errados? Com a palavra quem de direito!

E AS TARDES ESPORTIVAS, CAIRAM NO ESQUECIMENTO? – Outrora tínhamos dificuldades de escolher os locais, com diversas atividades esportivas, como futebol, vôlei, basquete, corrida e etc, mas hoje os domingos e feriados, quem não gosta de TV, acaba dormindo, pois não há nada a fazer ou assistir. Vamos ressuscitar nossa cidade? Onde estão os esportistas? Não existem mais professores de Educação Física? Ginásio, Colégio, Grupos Escolares e até uma Agrotécnica, temos, mas no setor de esportes NADA! Lamentável, pois Muzambinho sempre foi, em tempos não distantes, a MECA de grandes esportistas e as tardes de domingos e feriados eram festivas. Será que temos que admitir que Muzambinho era a cidade que tinha? Com a palavra quem de direito. E os jogos entre “Esparta e Atenas” acabaram de vez? E o Azul e Vermelho também? E a escolha das rainhas? Será que Muzambinho não tem mais jovens bonitas? Foi o tempo que era difícil a escolha, pois as mulheres de nossa cidade fechavam o comércio por sua beleza. E agora? Acabou?

AINDA BEM QUE TEMOS A FOLHA REGIONAL, SENÃO... – Felizmente temos um diretor abnegado (Vagner Alves) e uma equipe coesa e dinâmica, mantendo a “Folha Regional” em plena evidência, e toda semana leva ao leitor notícias de toda a região, pois caso contrário nossas cidades cairiam no ostracismo e no marasmo como aqueles filmes faroestes, ou seja, cidades abandonadas e sem perspectivas. Vamos acordar de vez? Com a palavra os dirigentes e pessoas de destaque em todos os âmbitos para que as cidades voltem a ser destaque em todos os setores. Aguardamos notícias e que sejam alvissareiras.

E A “TURMINHA DO QUANDO PIOR, MELHOR” CONTINUA? – Infelizmente, como em quase todos os rincões pátrios, tem aquelas pessoas que quando perdem uma eleição, costuma formar grupos somente para criticar por defeitos e denegrir a imagem de quem dirige, o que é lamentável. Será que algum dia “este ranço” acaba? Precisamos compreender que numa refrega eleitoral alguém ganha e alguém perde, mas após o pleito, todos devem se unir ao lado dos eleitos para que a cidade progrida em todos os setores e a população possa viver feliz, esquecendo-se questiúnculas de ordem pessoal em prol de todos. É pedir muito? Com a palavra quem de direito!

TELEFONEMA MALCRIADO OUTRA VEZ – Infelizmente tem pessoas que se mantém no anonimato, não tendo coragem de se identificar, e usam o telefone para proferir insultos, palavrões, e na última semana a frase final do infeliz foi: “Porque você não muda daqui de vez? Garanto que muitos ficarão felizes!”. A única resposta que temos é que amamos nossa terra natal e tudo faremos e comentaremos para que a cidade progrida e os moradores se sintam felizes e realizados, pois pretendemos viver aqui até o fina de nossos dias! Parodiando Jesus Cristo, diria: “Perdoem, pois não sabem o que fazem!”. É lamentável, mas quem escreve precisa se acostumar com críticas, pois satisfazer TODOS é quase que impossível!

NOSSO NOVO LIVRO DE “CAUSOS, ESTÓRIAS E HISTÓRIAS” QUASE PRONTO – Pretendemos até o final deste ano editar o nosso segundo livro de “Causos”, pois não devemos deixar cair no esquecimento as peripécias e estórias de assombração, que na infância não nos deixavam dormir ou andar sozinho à noite. São “coisas” que merecem ficar gravadas para a posteridade!

DIA 14 DE AGOSTO: DIA DOS PAIS – Geralmente os pais são esquecidos, mas felizmente alguém resolveu dedicar um domingo para nos homenagear. Que saudade sentimos do nosso velho Waldomiro, e feliz é aquele que ainda tem ao seu lado o pai. Dê um abraço nele, pois somente quando somos pais é que valorizamos os nossos.

O VALOR DE UMA AMIZADE – Devemos cultivar com todo o carinho possível e imaginável as amizades, pois quem vive só sofre por demais. Felizmente e graças a Deus, temos grandes amigos, mormente agora que nossa esposa está prestes a fazer uma cirurgia em São Paulo, com telefonemas e comentários por onde andamos, nos desejando que tudo corra bem. Felizmente, temos em São Paulo nossa sobrinha Rossana Pulcinelli Vieira, filha do nosso irmão Ivonaldo e Regina, que nos dá suporte no Hospital das Clínicas, onde é uma médica conceituada, respeitada e determinada. Obrigado a todos!

ANIVERSÁRIO DE MUZAMBINHO – Não devemos e nem podemos deixar passar em brano mais um aniversário de Muzambinho no mês de Novembro e contamos com o apoio da direção do município para que tal data seja comemorada dignamente em todos os âmbitos. Muzambinho merece nosso carinho, amor, dedicação e respeito. Eta Muzambinho danada de boa!

PIADA DA SEMANA: LIBERDADE MODERNA – A mãe vira-se para filha adolescente e comenta: Minha filha, as vizinhas andam dizendo que você está indo para a cama com o seu namorado, é verdade? Imagina, mãe... Essas mulheres são umas fofoqueiras, isso sim. É só a gente ir para a cama com um fulano qualquer e já começam a dizer que é nosso namorado.