A Voz de Todos - Edição 1026

Publicado em 18/02/2011 - vonzico - Ivon W. Vieira (Vonzico)

PENSAMENTO DA SEMANA – “Não desanime! Se perdemos  o ímpeto diante do primeiro obstáculo, como seguiremos adiante?” (Todos nós)
ESPERAMOS UM CARNAVAL ALEGRE E DE PAZ – Como todos sabem, ou pelo menos ouviram dizer, o carnaval de Muzambinho se não é o melhor da região, pelo menos é superior a muitos, e em razão disso muitas pessoas de fora, bem como amigos e parentes distantes aproveitam a ocasião para se distraírem, o que é muito bom. No entanto, devemos ficar atentos, pois muitos “oportunistas” comparecem para trazer apreensões e as autoridades e todos nós devemos ficar “de olho” para que nada de ruim aconteça. Contamos com a boa vontade de todos!

DICA PARA OS IDOSOS – Dormir com a janela aberto pode ajudar um pouco, pois o vento e o sereno refrescam o ambiente, naturalmente se não estiver chovendo o mesmo muito frio. É preferível na estação do calor. Outro fator interessante: beber bastante líquido (mormente água). Para uma boa hidratação, é recomendado pelos médicos o seguinte: tomar bastante líquido durante o dia, o que contribui para a hidratação do cérebro e das mucosas, o que naturalmente beneficia o descanso noturno. A recomendação médica é que devem consumir no mínimo dois litros de água por dia no verão, e os mais idosos devem beber o dobro. Devem-se dormir com quartos arejados, e ventiladores ligados ou janelas abertas em demasia, podem trazer “ventos inoportunos”, ocasionando doenças, como tosse, rouquidão e até pneumonia. Manter o lugar ventilado, mas com cuidado especiais, pois o idoso é mais vulnerável  as intempéries. Caminhadas, de devagar e sempre, ainda é um grande negócio, bem como natação e danças, lembrando os bons tempos! Com qualquer dúvida, consultar sempre um médico antes de uma ginástica ou esforço. Lembrem que o nosso tempo de estrepolias já passou!

A IDADE VAI AUMENTANDO, E UMA NOSTALGIA APARECE – A gente, a cada dia que passa, com o peso dos janeiros, vê e sente que a vida vai passando, e aos poucos vai chegando nosso fim de jornada na terra. Há momentos que somos assolados por uma angústia, uma tristeza, e olhando para o passado chegamos à conclusão que muito fizemos, muita coisa deixamos de fazer, mas também temos a alegria de termos formado uma família coesa, alegre e feliz, com esposa e filhos saudáveis e amigos. Irmãos, parentes e uma plêiade amigos sinceros que compartilharam de nossa jornada. Sempre nos vêem à memória um passado distante , quando na juventude jogávamos futebol, íamos à bailes, os velhos carnavais e chegamos à conclusão que tudo valeu a pena. Portanto, damos graças a Deus por tudo e aguardamos os acontecimentos, tudo dentro de uma calma do dever cumprido, com algumas falhas, mas sem jamais fazer mal a alguém, o que é muito bom.

VOLTAMOS A INSISTIR: MUITO CUIDADO NO CARNAVAL! – Como já tivemos oportunidade de comentar, o nosso carnaval atingiu proporções extraordinárias, como organização, bastante gente não só da cidade, mas como visitantes e de muzambinhenses ausentes espalhados pelo Brasil, que voltam para os festejos. Assim sendo, é mister que nossas autoridades, em todos os âmbitos, fiquem alertas, pois no meio de pessoas boas, costumam aparecer alguns “oportunistas” para atrapalhar e estragar o ambiente cordial e amigo. Contamos com todas as providências cabíveis, de quem de direito, e todos nós agradecemos antecipadamente. Serão bem vindos todos aqueles que querem brincar e rever familiares e amigos, mas também sabemos cumprir as leis contra “maus elementos”, e por isso, que tomem cuidado!

NÃO PODEMOS DEIXAR DE ELOGIAR GUAXUPÉ, NO FUTEBOL – Recebemos uma ligação de Fortaleza, de um cidadão de nome Aloísio Pessoa, que diz ser leitor da FR e que ao comentarmos sobre o futebol de nossa região, não devíamos ter esquecido de Guaxupé, que tinha o Clube União, como um dos melhores do Sul de Minas Gerais, lembrando de Gregório como grande goleiro, Pachá e muitos outros. Lembrou também da cidade de São José do Rio Pardo, do Rio Pardo FC e da Riopardense. Lembrou que Monte Belo, Nova Resende, Guaranésia e Juruaia tinham grandes times e de Muzambinho. Que muitas vezes assistiu jogos em que Corote, eu, Lizes, Renê, Eduardinho Amaral, Bizinho Zektune, Márcio Delega, tomaram parte. Foi um longo telefonema que muito nos alegrou. Obrigado pelas referências.

COMO ERA VERDE O MEU VALE...NO CASO MUZAMBINHO – Hoje vamos enumerar as festividades que nossa querida terra natal perdeu nos últimos anos, ou que caiu no esquecimento, infelizmente.
1) A Festa do Peão, que carreava uma multidão advinda de toda a região;
2) A escolha das rainhas na mesma Festa do Peão;
3) O desfile de cavaleiros, carroças, carros-de-boi e lindas garotas e suas montarias;
4) As festas defronte a Igreja Matriz, com barraquinhas, “tirinha da sorte”, escolha das bonecas da festa e muitas noites festivas, com música ao vivo;
5) Exposição de flores, cães e de pássaros no Salão da Escola Salatiel;
6) Bailes de carnaval no Clube Recreativo, Automóvel Clube, Frente Negra e Associação Operária;
7) Onde foram parar as fábricas de tecelagem de grande aceitação?
8) Onde foram parar os clubes Atlético, Comércio, Vera Cruz, Bandeirantes e os do bairro, que disputam partidas memoráveis num campeonato de futebol.
9) E a fábrica de banha, do famoso “Doce de Muzambinho”, bem a Fábrica de vassouras; as olarias e artesanato?
10) E as orquestras que abrilhantavam nossos bailes, incluindo a Bandinha dos Cesarinos e Toninho?
11) Os jogos de Azul e Vermelho do Colégio Salatiel e escolha das rainhas e misteres?
12) A comemoração da Semana Santa, com quadros vivos defronte a igreja?
13) As disputas das facções “Atenas e Esparta” da Escola de Comércio?
14) Os “saraus” da Escola Agrotécnica, que mexia com a cidade?
15) O Grupo de Teatro capitaneado pelo muzamnbinho Fábio Anderson, caiu no esquecimento (que pena)!
16) Lembram dos “Festivais de Música”, onde lindas melodias, e muitos jovens se destacavam?
17) E por falar em clubes para reunião da sociedade, onde estão?
18) As feiras de artesanato, pintura e congêneres, acabaram de vez?
19) Muita gente vai lembrar de outras “perdas”, infelizmente.
Vamos dar uma guinada, e trazer para nossa cidade tudo o que foi perdido? Com a palavra quem de direito! Quem se lembrar de outras “perdas” que nos informem para publicarmos. Chega!

QUE TAL UMA CAMPANHA PARA REFORMA DE PRÉDIOS TRADICIONAIS? – Que tal a Prefeitura, a Câmara ou qualquer outro órgão municipal, fazerem uma campanha para restauração de prédios importantes da cidade, que em épocas distantes foram marcos do progresso? Lembramos do Clube Recreativo, Automóvel Clube, prédio do ex-cinema e ex-Rádio Rural, que fica no coração da cidade; do prédio da ex-prefeitura na esquina da Rua Tiradentes com Carlos Prado; prédio ao lado do Ginásio, que pertencia ao Dr. Joaquim Bernardes e depois do Sr. Lino Fazzi e muitos outros que fazem a história de nossa cidade? Quem reverencia o passado, valoriza o presente, já dissem alguém em algum lugar. Portanto, vamos juntar forças e transformar “tal sonho em realidade”? Com a palavra o nosso alcaide e Câmara. Aguardamos notícias e que sejam alvissareiras. Muzambinho merece nosso amor e carinho!

PIADA DA SEMANA: SALÁRIO MÍNIMO NO BRASIL - A maior piada é o Congresso Nacional perder dias e noites à procura de “doar” à população um salário mínimo de pouco mais de 500 reais, alegando que dá para o sustento de uma família constituída do casal e até dois filhos. É ou não é uma piada?