A Voz de Todos - Edição 1010

Publicado em 22/10/2010 e atualizado em 29/10/2010 - vonzico - Ivon W. Vieira (Vonzico)

 

PENSAMENTO DA SEMANA – “Verdadeiramente o homem é o rei dos animais, pois sua brutalidade supera a de todos eles” (Leonardo da Vinci)

ASFALTO NA AVENIDA, NEM PENSAR? – Fechem os olhos e vejam nossa Avenida Américo Luz, uma das mais belas da região, totalmente ASFALTADA com seus mini-jardins gramados e floridos? Não seria uma atração turística de rara beleza? Como sonhar é preciso, quem sabe alguma alma esclarecida tome tal iniciativa. Como é um nosso sonho, esperamos que antes de nossa partida para a eternidade, tenhamos um prefeito que realize nosso sonho e cubra “os famigerados” granitos rosa (?) com asfalto. É pedir muito? O tempo da “terra batida” passou, as pedras grandes, os paralelepípedos também, e agora é o ASFALTO. Aguardamos notícias! Menos discursos, e ação é o que todos nós que amamos Muzambinho esperamos!...

MILTON NEVES E NOSSA FILHA IARA LÚCIA – Em seu programa na TV Bandeirantes, “Terceiro Tempo”, de domingo, Milton citou nossa filha Iara que trabalha a respeito de uma propaganda sobre LINFOMA, que sua agência de propaganda é patrocinadora. É uma colaboração para o bem das pessoas com tais sintomas.

SERÁ QUE ALGUM DIA ESCREVEREI ALGO BOM? – Quem lê nossos comentários deve pensar que somos “pessimistas” e somente vemos coisas erradas. Lamentavelmente, sem querer agradar ou mesmo criticar, temos que comentar e que é a realidade, pois parece que não temos um FISCAL para levar ao conhecimento do prefeito e mesmo da Câmara de Vereadores as falhas que aprontamos, e que muitas vezes nos são feitas pelos moradores que estão cansados de reclamar aos poderes públicos. Menos política e mais ação coordenada é o que todos pedem!

JARDIM FEIO E CHEIO DE BURACOS – Quem duvidar, que entre os nossos jardins da Praça Pedro de Alcântara Magalhães e verifique o estado horrível e calamitoso das “ruas” internas do jardim, que em tempos imemoráveis, foi o mais belo da região, até com viveiros de pássaros e peixes naquele tanque que ainda está lá, seco e abandonado. Temos fotos do antigo jardim, com flores, lindas árvores e até dois “caramanchões” feitos com cipreste. Que dá saudade dá. E o pior é que fica diferente o Paço Municipal (Prefeitura). Que tal olharem de vez em quando?

MAIS UM ANIVERSÁRIO EM BRANCO? – Parece-nos que este ano não há nada programado para o aniversário de Muzambinho, o que será lamentável! Devemos sempre comemorar e relembrar os feitos de nossos antepassados para que jamais sejam esquecidas. Do jeito que andam as coisas, tudo será esquecido, o que é muito triste. Deveria ter nas escolas, em todos os níveis, uma matéria sobre as cidades, para que sejam lembradas com carinho e reverenciar seus fundadores e filhos mais importantes,e  principalmente Muzambinho que tem uma linda história e cujos filhos até os dias de hoje enobrecem seu nome. Vamos pensar no assunto?

PRÉDIOS IMPORTANTES: ABANDONADOS! – Em plena Avenida Américo Luz, em Muzambinho, temos três prédios tradicionais, em plena deterioração. O Clube Recreativo, o Automóvel Clube e o ex-teatro Bernardo Guimarães, dando a impressão que vivemos na “idade da pedra”. E o pior, ficam no “coração da cidade”, mais parecendo aqueles filmes de cidade abandonada. Que tal as autoridades municipais tomarem uma providência a respeito? Vamos embelezar nossa querida Muzambinho? Chega de discursos e picuinhas políticas. Muzambinho merece nosso amor ou não?

QUE PENA! NOSSA AVENIDA TOTALMENTE ABANDONADA... – Em toda a região, salvo engano, não existe um avenida central, com mais de 700 metros de extensão, tão bela e tradicional. Antigamente era larga e de terra batida,  mas felizmente foi transformada em diversos mini-jardins, dividindo os quarteirões. Entretanto, de uns tempos a esta parte, está totalmente abandonada, com seus jardins em terra batida, sem nenhuma flor ou mesmo grama, dando uma má impressão a todos, como se fosse “uma terra de ninguém”. Será que a administração da cidade não vê? Não existe uma pessoa responsável que leva ao prefeito tais anormalidades, ou fingem não vê? Dá pena quando passamos pelo “coração da cidade” e vemos tudo feio e abandonado. No domingo comentamos com um casal que estava visitando Muzambinho e estava almoçando no Restaurante Cesário´s e foi tal assunto ventilado e lamentamos a situação. Que tal neste fim de ano uma remodelação total? Muzambinho merece! Ou não? Com a palavra quem de direito.

RECORDAÇÕES FUTEBOLÍSTICAS – Domingo, no jogo entre Guarani e Corinthians, o jogador Fabão recebeu uma cabeçada e ficou tonto e caiu. Nos veio a lembrança quando jogávamos na seleção de Muzambinho contra Juréia, e recebemos uma cabeçada na nuca e caímos, e ao tentar levantar, sentimos que tudo estava revirado e ficamos tonto e caímos no chão, e o Márcio Delega, que era nosso quarto-zagueiro nos segurou e fomos retirado de maca. Felizmente pouco tempo depois tudo voltou ao normal e retornei ao jogo e ainda marquei o terceiro gol, pois vencemos por 3 a 1 com outros gols de Corote e Roberto Machado. Bateu uma saudade dos bons tempos que não voltam mais. Tal jogo foi em 1946.

PIADA DA SEMANA: O NASCIMENTO DE UM POLÍTICO – Ao entrevistar um famoso deputado, uma jornalista indaga: “Deputado, o senhor pode nos dizer, como foi o começo de sua carreira no meio político?”. “Claro, foi logo na infância. Eu tinha oito anos, estudava no Primário”. A jornalista leva um susto e exclama: “Já no primário?”. “Sim, no Primário. Um dia meu pai me chamou e disse: Filho, a partir de hoje, eu vou lhe dar mil reais toda vez que você tirar uma nota maior que oito”. A repórter fez uma cara de quem não entendeu direito, e o deputado prosseguiu: “Então, eu cheguei para a minha professora e falei: Dona Zefa, a senhora não gostaria de ganhar quinhentos reais de vez em quando? Ela topou!”.