Cirurgia ortopédica com técnica inédita na região é realizada no Hospital Dilson Godinho

Publicado em 05/09/2019 - saude - Da Redação

Cirurgia ortopédica com técnica inédita na região é realizada no Hospital Dilson Godinho

Na manhã da quarta-feira (04/09), o Hospital Dilson Godinho deu mais um passo importante em relação à melhoria na qualidade dos serviços prestados aos seus pacientes, pois o médico cirurgião de joelho, Gustavo Rocha, em parceria com o médico Paulo César Caires, realizaram uma cirurgia de antroplastia total de joelho ou “prótese total de joelho”, com navegação. Neste caso, a navegação que é a situação inédita em Montes Claros e região, pois a navegação são sensores ligados à um computador que faz a leitura das deformidades do paciente e calcula o quanto deve ser corrigido, permitindo maior precisão e durabilidade da prótese.

De acordo com o médico, Gustavo Rocha, esta cirurgia demora aproximadamente duas horas. E a equipe médica é composta pelo cirurgião de joelho, um técnico em navegação e dois instrumentadores.

A navegação é o primeiro passo para cirurgia robótica, a diferença é que na robótica o navegador calcula e o cirurgião realiza os cortes, enquanto na robótica o mesmo navegador calcula e o robô realiza os cortes.

Ainda segundo o médico, “Utilizamos também um curativo especial a base de prata importado dos estados unidos com durabilidade de 7 dias, o que permite maior proteção, mobilidade e que o paciente lave o membro durante o banho.

“Utilizamos uma prótese importada francesa de plataforma rotatória e sensores para navegação que permitem a leitura do navegar (computador)”, relatou Gustavo Rocha.

Neste primeiro momento, a cirurgia ainda não é feita pelo SUS, mas sim por convênios e particular.


 


Assessoria de Comunicação do Hospital Dilson Godinho