Tiro de Guerra de Guaxupé será totalmente reformado com o apoio da Prefeitura e empresários

Publicado em 08/07/2020 - regiao - Da Redação

Tiro de Guerra de Guaxupé será totalmente reformado com o apoio da Prefeitura e empresários

Iniciou nesta semana a reforma geral do Tiro de Guerra de Guaxupé. A obra está sendo viabilizada com o apoio da Prefeitura e de empresas da iniciativa privada. A previsão é de que os trabalhos sigam pelos próximos 60 dias e contará com a demolição e construção de uma nova quadra, iluminação, fechamentos e alambrados, portões, reforma dos banheiros, salas e pintura do prédio. O prédio do Tiro de Guerra é de 1956, tendo sua última grande reforma acontecido em 1995. De lá para cá, anualmente a Prefeitura apenas mantinha o local com pequenos reparos. O TG 04-010 está entre os 03 Tiros de Guerra mais antigos do Brasil e em Guaxupé foi criado em 1917.

De acordo com o chefe de instrução do TG 04-010, Sargento Alex Sandro Santoro, as tratativas com a Prefeitura para a grande reforma iniciou no ano passado, durante visita do Secretário de Governo, Artur Gonçalves Filho e equipe da Secretaria de Obras, nas instalações do Tiro de Guerra.

“Eu sou suspeito para falar o quanto estou feliz por essa reforma geral que iniciamos nesta semana. Primeiro porque eu, quando adolescente, filho de Guaxupé, servi o Exército Brasileiro aqui, neste local e hoje estando chefe de instrução do TG, posso coordenar os trabalhos e ver aquilo que era um sonho meu e de todos tornar-se realidade. Só tenho a agradecer a Prefeitura, através do Prefeito Jarbinhas que também é diretor do Tiro de Guerra, o Artur e equipe do Obras, o juiz de Direito, Dr. João Batista, os advogados Dr. Luiz Henrique Marques e o Dr. Marcio Pereira, bem como o Leandro serralheiro e todos os empresários que estão colaborando para isso”, disse o sargento.

Desde sua fundação em Guaxupé, até os dias atuais, mais de 5.600 atiradores já passaram pelo Tiro de Guerra 04-010. Fazendo parte da história do Município, o TG dará aos atiradores em formação melhores condições de instrução: “Teremos ainda mais condições de trabalho, num ambiente limpo, organizado e adequado para as atividades. Queremos deixar esse prédio impecável, pois faz parte da história da cidade. Aqui se tem história pessoal e coletiva, afinal, quantas pessoas já serviram o Exército através do TG e quantos também já utilizaram desta quadra que será totalmente reconstruída para práticas esportivas!”, falou o chefe de instrução.

(ASCOM)