Poços fica sem a Delegacia da Receita Federal

Publicado em 04/08/2020 - regiao - Da Redação

Poços fica sem a Delegacia da Receita Federal

Poços de Caldas perdeu mais uma, desde segunda-feira (03), já a Receita Federal já não funciona mais como Delegacia, mas sim apenas como Agência, subordinada a Delegacia com sede em Varginha. Quem assumiu ontem a gestão da regional da Receita Federal no Sul de Minas é o auditor fiscal Delegado Michel Lopes Teodoro, que desde 2018 respondia pela Delegacia de Poços de Caldas. 

Segundo release distribuído pela assessoria de imprensa da Receita Federal, a partir da publicação do novo Regimento Interno da Receita Federal em 27 de julho de 2020, a Delegacia da Receita Federal em Varginha, amplia sua gestão para 10 agências e 158 municípios no sul de minas. Alguns municípios estão diretamente ligados à estrutura da Delegacia e outros fazem parte das 10 agências da região, localizadas em: Alfenas, Campo Belo, Guaxupé, Itajubá, Lavras, Passos, Poços de Caldas, Pouso Alegre, São Lourenço e São Sebastião do Paraíso. 

A mudança faz parte da reestruturação do órgão federal em todo o país, que agora tem seis delegacias no estado de Minas Gerias. Além de Varginha, a Receita Federal mantém Delegacias nas cidades de Belo Horizonte, Governador Valadares, Juiz de Fora, Uberlândia e Montes Claros. 

Aos 39 anos, o auditor fiscal Michel Lopes Teodoro assume a terceira Delegacia da Receita Federal desde o início de sua carreira na instituição, em 2010. Paulista de Ribeirão Preto, Michel Lopes foi Delegado em Porto Velho (RO) por 02 anos, e em Poços de Caldas por 03 anos. 

A mudança de delegacia regional para simples agência demonstra, mais uma vez, que Poços perdeu sua força politica e já não é mais considerada como a principal cidade da região sul-mineira.


Fonte: Blog do Polli