Polícia prende suspeitos de participação em assalto que matou gerente de banco em Guaxupé

Publicado em 01/06/2020 - regiao - Da Redação

Polícia prende suspeitos de participação em assalto que matou gerente de banco em Guaxupé

Dois homens foram encontrados na manhã da segunda-feira (1º). Alexandre Vieira Rodrigues, de 39 anos, foi morto com um tiro na cabeça em Guaxupé.
 
A Polícia Civil prendeu dois suspeitos de participação no assalto que terminou com a morte do gerente do Banco do Brasil de Guaxupé (MG). A prisão de dois homens foi na manhã da segunda-feira (1º). Eles foram presos pelo crime de extorsão mediante sequestro.
Segundo a Polícia Civil, os dois são maiores de idade e moradores de Guaxupé, já conhecidos pela polícia por diversas passagens. Um deles foi interrogado pelos delegados durante a manhã, mas a polícia não deu detalhes sobre o depoimento e afirmou que as investigações seguem em sigilo.
As prisões são temporárias e valem por 30 dias. Agora a polícia segue as investigações para identificar mais suspeitos. As armas e o veículo usados no crime ainda não foram localizados.
O crime foi no dia 20 de maio. Alexandre foi morto com um tiro na cabeça por um dos criminosos na porta da agência durante a ação. O assaltante também foi morto.
Os delegados Edson Rogério de Morais, Cleyson Brene e Gabriel Belchior João, em entrevista, afirmaram que as imagens de câmeras de segurança confirmam que Alexandre foi morto pelo assaltante, mas que aguardam resultados mais detalhados da perícia para mais detalhes.

O crime
Segundo a Polícia Civil, os criminosos renderam o gerente na tarde de 19 de maio, por volta das 17h, na sede do clube do Banco do Brasil, que fica entre Guaxupé e Guaranésia.
O casal de caseiros do clube também foi rendido. De lá, todos foram levados à casa do gerente, onde a esposa e os dois filhos também foram feitos reféns durante toda a noite, até a manhã de quarta-feira (20), quando as pessoas foram liberadas próximas ao clube.
Por volta das 8h, um dos criminosos foi com o gerente até a agência para roubar todo o dinheiro. A Polícia Militar foi até o banco.
Na saída do banco, o gerente foi morto pelo assaltante com um tiro na cabeça e o assaltante foi morto pela polícia. Alexandre morreu antes de chegar à Santa Casa. O criminoso identificado como Heder Vasconcelos Lopes, de 34 anos, foi socorrido e morreu no hospital.


Por G1 Sul de Minas