25º Congresso Internacional de Educação a Distância vai reunir cerca de 2 mil pessoas este ano, em Poços de Caldas

Publicado em 09/10/2019 - regiao - Da Redação

25º Congresso Internacional de Educação a Distância vai reunir cerca de 2 mil pessoas este ano, em Poços de Caldas

O evento já se tornou uma tradição para a comunidade brasileira e de vários outros países. Para esta edição, que acontece do dia 20 a 24/10, o CIAED vai trazer atrações diversas aos seus participantes, como mesas redondas, lançamentos de publicações de autores diversos, apresentações de trabalhos científicos e minicursos.  

Setembro de 2019 - Com a evolução tecnologia, a Educação a Distância vem ganhando cada vez mais espaço na atual sociedade. Nos países mais desenvolvidos, como EUA, Europa e Austrália, a EAD é uma realidade bastante comum e crescente também. Visando garantir a integração e apresentar as novidades e inovações do setor aos profissionais, pesquisadores e acadêmicos da área de Educação, a Associação Brasileira de Educação a Distância (ABED) promove todos os anos o Congresso Internacional de Educação a Distância (CIAED), que em 2019 atinge a 25ª edição e acontece entre os dias 20 e 24 de outubro, em Poços de Caldas (MG), no Centro Nacional Inn de Convenções da cidade (CENACON). 

O evento, que todos os anos reúne membros de todo o território nacional e de vários países, este ano traz como tema “Abordagens híbridas no Ensino-Aprendizagem na EaD” e vai oferecer diversas atividades aos seus participantes. Durante os cinco dias de Congresso, eles terão acesso aos últimos lançamentos das obras incorporadas a sua programação, que são 20 publicações de diversos autores (as) e editoras, além de trabalhos científicos aprovados para esta edição do CIAED, apresentados em sessões paralelas (oral e sessão pôster). A ideia é que autores mostrem os resultados de suas recentes pesquisas para a comunidade brasileira de Educação a Distância. 

Na ocasião ainda, serão realizados 8 minicursos, que abordam temas importantes para o universo da Educação a Distância, promovidos simultaneamente no dia 24/08, nos períodos da manhã e tarde, com carga horária de 6h cada um. É importante destacar que este Congresso é um evento plural e interdisciplinar. Além dos trabalhos científicos e exposição, este CIAED vai reunir, em cinco dias de congresso, 75 mesas redondas com mais de 500 nomes de especialistas e que vão abordar diversos temas bastante atuais envolvendo a EaD. Ao todo, essas mesas redondas vão oferecer aos participantes 112 horas de conteúdo.

 

“Assim como um compositor musical aproveitando todos os tipos de som à sua disposição, o responsável para um curso a distância tem disponíveis elementos de presencialidade e elementos de EaD, e tudo isso temperado com a inclusão judiciosa de objetos de aprendizagem e recursos educacionais abertos selecionados de modo internacional”, declara o presidente da ABED, Fredric Michael Litto.

 

Lançamento do Censo sobre EaD

 

Durante o Congresso ainda o público presente vai conferir em primeira mão a edição mais recente do censo EaD.br, que será lançado na ocasião. Realizada pela ABED, essa pesquisa é a forma que a associação encontrou de contribuir com a EaD no Brasil. “O nosso objetivo é agregar de forma bastante efetiva a expansão da Educação a Distância no Brasil.  Para isso, precisamos compreender o universo no qual a modalidade de ensino está inserida em nosso território nacional, que é feita por meio de um estudo sério e profundo e que abrange uma amostra cada vez mais ampla sobre a Educação a Distância no País, além de trazer novidades sobre esse cenário”, completa a vice-presidente da ABED, Vani Moreira Kenski.

 

Sobre a ABED

A ABED (Associação Brasileira de Educação a Distância) é uma sociedade científica sem fins lucrativos, religioso ou político partidário, não tem caráter sindical ou classista ou governamental. A entidade tem sua diretoria eleita direta e periodicamente, em eleições livres e democráticas, e possui a missão voltada para o desenvolvimento da educação aberta, flexível e a distância no Brasil. Criada em 1995, por um grupo de educadores especialistas em educação mediada por tecnologias, com o objetivo de mostrar que educação a distância é viável sob diversos pontos de vistas – acadêmico, pedagógico, econômico e legal. Atualmente, a associação conta com mais de 17 mil membros, entre professores, pesquisadores, profissionais das áreas de educação e corporativa e instituições de ensino.

 

ASCOM