Mudança de rumo

Publicado em 20/01/2020 e atualizado em 20/01/2020 - ponto-de-vista - Da Redação

Mudança de rumo

“Quando estamos em um lugar que nos desagrada e nos provoca algum incômodo, a solução mais lógica é deixarmos este local. Quando pretendemos chegar a uma cidade ao norte e pegamos uma estrada ao sul, precisamos fazer uma conversão para alcançar o rumo certo. Refletir sobre nossos atos e caminhos pelos quais temos feito, já será um bom começo para mudança de rumo”. Mude sim, mas comece devagar, porque a direção do rumo certo é mais importante que a velocidade. Às vezes nossa caminhada toma um rumo completamente diferente daquilo que esperávamos... A mudança dói, assusta, mas novos rumos são necessários e interessantes, não sabe? Eles podem ser a ‘chave’ daquela porta que tanto almejamos abrir. E então, abre a janela do seu quarto e permite ao Sol que banhe de plena Luz do dia que raia, o seu ambiente. Abre a porta do seu coração à luz do amor verdadeiro, puro e desperte para um novo dia que se inicia. Aos poucos vamos mudando o foco. Você vai precisar de outros lugares; de outras pessoas; de outros rumos que tenha mais azul na vastidão infinita, e contemple seu irmão na faina diária, trabalhe na busca da felicidade, por um longo tempo. Tome um rumo diferente do de costume, e quase sempre estará certo. (Jean-Jacques Rousseau: filósofo, escritor e compositor autodidata genebrino).

Fernando de Miranda Jorge

Acadêmico Correspondente da APC

Jacuí/MG – e mail: [email protected]