BOM DIA sustentável

Publicado em 22/03/2017 - ponto-de-vista - Da Redação

BOM DIA sustentável

Bom dia, mas “bom dia” mesmo! Não é aquele bom dia sem graça de nem ver o próximo sem mesmo olhar no olho, nem um aperto de mão. Algumas pessoas, vizinhos nossos, transeuntes, nem pronunciam direito: só dizem “dia”! Ficamos sem saber o que estão nos desejando... Se bom dia ou outra coisa. São tantos os bons dias. Vejam: Bom dia, Jacuí. Bom dia, Minas. Bom dia, Brasil. Bom dia, Professores. Bom dia, alunos e alunas. Bom dia, feirantes. Bom dia, motorista profissional. O cumprimento é dirigido a alguém na parte da manhã: bom dia. Dia bom, agradável. Eu penso, quando dou bom dia a alguém, estou estendendo o cumprimento para o dia inteiro. O Dia é um presente de Deus. Bom dia especial para você que está lendo este texto. Que coisas boas lhe aconteçam! Isto aí, sim, é um dia sustentável. Acordar, gente, é a melhor razão para ser feliz. Bom dia, o dia por inteiro. E assim vamos nós, caminhando pelas ruas e avenidas, cruzando com gente conhecida ou não, olhando nos seus olhos e descontraidamente pensar: o dia mal começou e eu já sinto uma vontade danada de ser feliz o tempo inteiro. Bom Dia, Vida. Bom Dia, Deus e Bom Dia, Amigos.

 Fernando de Miranda Jorge - Acadêmico e Correspondente da APC / Jacuí/MG – e-mail: [email protected]