Governador Romeu Zema homenageia profissionais de Segurança Pública que atuaram em Uberaba

Publicado em 21/07/2019 - politica - Da Redação

Governador Romeu Zema homenageia profissionais de Segurança Pública que atuaram em Uberaba

Grupo que agiu na prisão de autores de assalto a banco com reféns na cidade do Triângulo Mineiro, em junho deste ano, recebeu certificado 

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema, homenageou na sexta-feira (19/7), na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte, os profissionais de Segurança Pública que atuaram em junho, em Uberaba, no Triângulo Mineiro, na prisão de autores de assalto a banco com reféns.

A ocorrência, que envolveu diversos órgãos de nível estadual e federal, como Polícia Militar, Polícia Federal, Polícia Civil, Polícia Rodoviária Federal e Ministério Público, resultou na prisão de dez pessoas e apreensão de armas, entre elas 12 fuzis. Os profissionais da Segurança tiveram ainda importante participação na libertação de sete reféns.

Durante a entrega de certificados aos profissionais, o governador ressaltou que a atuação dessas pessoas é exemplo para as instituições mineiras.

“Para mim é um prazer e orgulho enorme estar aqui com vocês hoje. As ações que as nossas forças de Segurança estiverem levando adiante, como essa de Uberaba, não podem passar desapercebidas. O que aconteceu nesse caso especifico é algo que queremos mostrar para as nossas forças de Segurança: que temos pessoas capacitadas, corajosas, destemidas, comprometidas e que devem ser reconhecidas, servindo de exemplo para toda a corporação”, afirmou.

“Se Deus quiser, terei a oportunidade de fazer reconhecimentos como o de hoje muitas vezes. Quero agradecer às entidades envolvidas, Ministério Público, que teve comprometimento e rápida resposta; Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, as polícias Militar e Civil e a Secretaria de Justiça e Segurança Pública. Todos fizeram parte e contribuíram com essa ação bem-sucedida”, completou Romeu Zema.

Compareceram à homenagem policiais de Uberaba, promotores, policiais federais, delegados e representantes dos grupamentos especializados da Polícia Militar que também atuaram na ocasião, entre outros. 

SEGOV