Homem confessa ter matado o próprio irmão em Cabo Verde

Publicado em 02/06/2020 - policia - Da Redação

Homem confessa ter matado o próprio irmão em Cabo Verde

O aposentado Francisco Antônio Justino, de 67 anos, foi preso após confessar ter matado o próprio irmão, Rovilson Cácio Morais, 46, em Cabo Verde. O crime aconteceu no sábado (30/05) e a prisão na segunda-feira (01/06), após denúncia de porte ilegal de armas.

Policiais militares foram até o Sítio Vargem São José, de propriedade do irmão da vítima, onde encontraram o filho do suspeito. O rapaz de 28 anos contou que, na madrugada de domingo (31/05), ele e a mãe teriam retirado  a arma do pai, quando ele tentava sair.

Ao amanhecer, com a notícia do homicídio, a família reuniu-se na residência e questionou o suspeito. A princípio Francisco negou, mas em seguida confessou o crime.

Segundo ele, a motivação seria a partilha de terras da família, pois não teria ficado satisfeito com a parte que havia recebido e acreditava que a vítima havia lhe dado prejuízo.


CRIME

O lavrador foi atingido por dois tiros no peito, na porta da casa onde morava com a esposa, na zona rural de Cabo Verde. A mulher contou à polícia que ouviu barulhos de tiros assim que o marido saiu de casa. Em seguida, o encontrou caído e sangrando.

Ela gritou por socorro, viu um carro passando pelo local, mas não identificou o modelo e nem quem ocupava o veículo. Rovilson chegou morto ao hospital.


Fonte: Poços Já