Agentes de Segurança preparam “Perímetro seguro” em Muzambinho

Publicado em 14/03/2020 - policia - Da Redação

Agentes de Segurança preparam “Perímetro seguro” em Muzambinho

O Tenente PM Esdras José da Silva é o novo Comandante da Pelotão da Polícia Militar em Muzambinho. Realidade e ações na segurança pública local foram temas de entrevista do Militar, natural da cidade de João Pinheiro/MG, há 21 anos na corporação e com atuação em Guaxupé, Nova Resende e Guaranésia. 

Tenente Esdras relatou o estilo de atuação, manifestando que dentro da corporação procura identificar as pessoas de acordo com as suas funções e facilidades. Ou seja, observa que cada pessoa tem maior facilidade de desempenhar determinado trabalho. Com isso, conquistando os melhores resultados. Ao mesmo tempo, busca a maior proximidade possível com a comunidade. Mantém contato direto e participação nos grupos, fomentando o interesse popular com a segurança pública.

O delegado da Polícia Civil, Dr. Adnan Cassiano Grava, também participou da entrevista. Afirmou que teve ótimas referências do oficial da Polícia Militar, sendo que já manteve contatos anteriores, acompanhando seu trabalho nas cidades de Nova Resende e Guaranésia. Assim, entende que Muzambinho ganhou com a chegada do Militar.


PERÍMETRO SEGURO

Tenente Esdras destacou a importância e eficiência do projeto “Perímetro Seguro” na cidade de Guaranésia. Foram instalados leitores automáticos de placas em todas as entradas e saídas da cidade. Ou seja, proporcionando um monitoramento inteligente. A consulta automática identifica qualquer registro de furto, roubo ou administrativo, acionando diretamente a PM através de um aplicativo operacional. 

O projeto será implantado em Muzambinho, inclusive em pontos na zona rural. São câmeras de alta resolução, específicas do sistema de leitura automática de placas. Com a identificação de qualquer irregular, a PM imediatamente tomará a iniciativa preventiva de abordagem. Todas as informações são armazenadas na “nuvem”, possibilitando facilitado acesso futuro.

Dr. Adnan observa que o sistema proporciona um enorme ganho no trabalho de repressão e investigação. Até porque na maioria dos roubos os autores utilizam veículos roubados ou furtados. Com a identificação prévia, as Polícias Militar e Civil terão condições de fazer a abordagem e evitar o cometimento do crime.

Quanto aos custos de implantação do projeto, o Militar manifestou que o investimento pode ser considerado baixo. Até mesmo considerando as novas tecnologias de ponta. Em Guaranésia, o custo inicial na implantação de 15 câmeras girou em torno de R$ 70 mil. No caso de Muzambinho, o Juiz da Comarca já sinalizou com a possibilidade de apoio financeiro. Mas também é buscado o apoio da prefeitura e empresas do segmento. O projeto já foi elaborado para ser implantado em Muzambinho, inclusive com a planilha de custos.


DOCUMENTO DE IDENTIDADE

Dr. Adnan prestou esclarecimentos sobre a emissão documento de identidade na delegacia de Muzambinho. Revelou que funcionária Dilmara trabalha com o sistema de agendamento pelo telefone (35) 3571-3110, atendendo as cidades de Muzambinho, Nova Resende, Juruaia, Monte Belo e Cabo Verde. Reconhece eventuais falhas, mas garante empenho na correção. São feitas 10 documentos por dia, sendo este o limite adequado, considerando a complexidade do trabalho. O delegado acrescenta que, considerando o atendimento regional, realmente existe um agendamento mais longo. Mas garante o empenho para seja prestado o melhor serviço possível.


FISCALIZAÇÃO NO TRÂNSITO

As blitze (operações policiais de fiscalização no trânsito) desagradam muitas pessoas, principalmente moradores e trabalhadores da zona rural. Tenente Esdras observa que as pessoas tem certa dificuldade de compreensão neste tipo de ação. Esclarece que não tem “meta a ser cumprida” na aplicação de multas e arrecadação, como muitos acreditam. Isto acontece somente visando a redução criminal. Quanto à abordagem, seu desejo é que o cidadão de bem tenha liberdade para transitar na cidade, mas também que tenha em mente as suas obrigações. Ou seja, cumprindo as obrigações legais na posse e condução de um veículo. Deve, por exemplo, manter as condições mecânicas adequadas do veículo e situação legal do seu documento de habilitação.