Sobre Esquecimentos

Publicado em 28/04/2017 - paulo-botelho - Da Redação

Sobre Esquecimentos

José Bonifácio de Andrada e Silva (1763-1838) nasceu em Santos – SP; foi ministro-chefe do Gabinete do Império, além de responsável pela tutela e educação do imperador D. Pedro II. Pedro subiu ao trono com apenas 14 nos de idade.
Tanto a capital como a maioria das cidades do interior do Estado de São Paulo têm ruas e praças em homenagem a José Bonifácio.
Como mineralogista, uma de suas especialidades, descreveu 12 tipos de minerais; um deles, a petalita, tem sido usada para tornar os fornos de micro-ondas mais eficientes e econômicos.
José Bonifácio esteve à frente do ministério de D. Pedro I por apenas 2 anos, mas nenhum homem público realizou tanto em tão pouco tempo. Sem ele, o Brasil de hoje, combalido e humilhado, não existiria.
Mas, foi em um dia qualquer da semana no distante ano de 1830. José Bonifácio acabara de dirigir uma reunião do ministério e recebera, em seguida, os seus vencimentos (leia-se pagamento). Sem dar maior importância, pega o envelope contendo o dinheiro e coloca dentro do chapéu que acomoda na cabeça. Só foi lembrar já em casa: ao tirar o chapéu constata que o envelope não estava mais lá. Sem dúvida, ao cumprimentar alguém na rua, o envelope caiu no chão. Algum espertalhão pegou e fim: adeus vencimentos!
Ninguém sabe como, o fato chegou ao conhecimento de D. Pedro I. E Pedro manda chamar Martim Francisco, ministro do Tesouro e irmão de José Bonifácio, e ordena fazer de novo o pagamento. Martim Francisco não concorda. Disse que não pagaria “porque o Estado não deve se responsabilizar pela distração de seus empregados”. – O máximo que faria era dividir os seus próprios vencimentos com o irmão. Foi o que fez.  – E Bonifácio, até se reerguer, passou a dar aulas de Geometria em um liceu.
Passados tantos e tantos anos, fico a lembrar, com tristeza, de outros tantos esquecimentos que só posso atribuir à ordem do tempo e à desordem de cérebros a gerarem tanta burrice  e corrupção neste país!

Paulo Augusto de Podestá Botelho é Consultor de Empresas e Escritor. www.paulobotelho.com.br