ISSO NÃO! ISO SIM!

Publicado em 28/08/2012 - paulo-botelho - Paulo Botelho

“Qualidade é balé; não futebol.”
Philip Crosby, consultor americano, autor de “Quality is Free”.

O criativo título deste artigo retirei do Qualiblog.  Qualiblog  é o portal sobre IS0 – 9001 e Gestão da Qualidade mais lido do Brasil. E o Ronaldo Costa, seu diretor e editor, atua em Gestão da Qualidade há cerca de 15 anos; ele é, também, Auditor-Líder IS0-9001 certificado pelo BSI-IRCA. Uma estranha e inusitada modalidade de Certificação IS0-9001 vem sendo oferecida a empresas por indivíduos despreparados, oportunistas. E o Ronaldo, há pouco mais de 1 mês, resolveu interpelar um deles levantando algumas questões técnicas e éticas. Uma delas: Como vocês podem oferecer certificações aprovadas, previamente, sem auditoria ou visita às empresas? – A resposta, recheada de evasivas e de grosseiros erros gramaticais, nada acrescentou ou justificou.
É de se lamentar o aumento de situações como essa no Mercado. Por quê? – Porque uma grande parte das empresas busca a certificação pela certificação; algo cartorial, apenas como armamento mercadológico.
O nível de aspiração da chamada Alta Direção da Empresa (conflito entre usufruir e desenvolver) frequentemente é afetado pela idade mental de quem tem o poder das decisões estratégicas na empresa. A implementação da Qualidade Total via Normas IS0-9001 constitui uma decisão estratégica, diga-se de passagem.
Mauriti Maranhão, o competente consultor empresarial, ao parodiar a sabedoria popular – “o exemplo vem de cima” – ensina que a influência da Alta Direção sobre a equipe é decisiva; as pessoas que de fato controlam as atividades estão nos escritórios, laboratórios, oficinas e outros locais remotos. Quanto mais a administração se distancia dos administrados, menos eficiente ela se torna.
Minha experiência tem demonstrado que qualquer que seja a teoria, o sucesso das organizações passa, necessariamente, pela qualidade da equipe. Primeiro, de tudo, é preciso garantir a qualidade da equipe.
Philip Crosby ensina que garantir a qualidade é induzir as pessoas a fazer melhor tudo aquilo que devem fazer. E elas, para ele, incluem tanta a Alta Direção como os escalões de base. A Alta Direção pode compreender – ou não – o que é preciso fazer para se obter qualidade.
Jacques Lacan, o renomado professor e psicanalista  da École Pratique des Hautes Études, Paris – França, dizia que as pessoas atrasam, subconscientemente, o seu próprio desenvolvimento intelectual. – Quando chegam à idade do seu ajuste pessoal com o mundo elas param de aprender. – Talvez seja mesmo isso que tem atrasado a IS0 no Brasil!
Paulo Augusto de Podestá Botelho, Professor, Escritor e Consultor de Empresas. WWW.paulobotelho.com.br

Por Paulo Botelho