A Essência das Flores

Publicado em 08/12/2014 - paulo-botelho - Paulo Botelho

Por Paulo Botelho

“Entre as prendas com que a natureza alegrou este mundo onde há tanta tristeza, a beleza das flores realça em primeiro lugar!” Vinicius de Morais, poeta.

Neste fim de primavera tão seco, sem água, as nossas flores como que em agonia não deixam de expressar sua beleza. O que me entristece neste país são as atitudes das pessoas em todos os níveis sociais. Elas têm sido extremamente consumistas, egoístas, despolitizadas e de baixa compreensão ao contrário das flores. Entretanto, é do Uruguai, país em reconstrução, que vem o melhor exemplo de atitude. Sua capital Montevidéu tem pouco mais de l milhão e meio de habitantes; é do mesmo porte de Belo Horizonte ou Campinas só que mais bonita, organizada, bem cuidada. Seus parques Rodó, Laroche, Zerrilha de San Martin ou Battle Y Ordoñez são amplos, bem arborizados com uma variedade notável de flores: rosas, dálias, crisântemos, margaridas, girassóis e hortênsias, entre tantas outras. O seu principal Shopping Center está bem adaptado dentro de um ex-presídio político de Punta Carretas. Para lá iam, sob coices dos militares da ditadura dos anos 70, os guerrilheiros do Movimento Tupamaro. Foi natural que o Movimento tenha exercido uma forte influência nos jovens estudantes das universidades uruguaias. Motivados pelo racionalismo dialético de Marx, eles criaram a temida guerrilha urbana que sacudiu o país. Entre eles se encontrava José Mujica, o atual presidente da República. Mujica foi baleado 9 vezes pelos agentes da ditadura. E superou os 7 gatos em quantidade de vidas! Também tem superado, com eficiência, no trabalho de reconstrução do país. Tabaré Vasquez, presidente que antecedeu José Mujica, deverá sucedê-lo no final deste novembro com larga vantagem de votos sobre o concorrente Bordaberry, de tristíssima memória. Embora limitadora de bem-estar, harmonia e paz ainda temos no Brasil pessoas que são tão boas como a primavera em flor. Todavia, haveremos – todos – de amanhecer para merecer as flores.

Paulo Augusto de Podestá Botelho é Professor, Escritor e Consultor de Empresas. www.paulobotelho.com.br