A Folha Regional - Artigos - Marco Regis

ALÉM DO JUÍZO FINAL

Em 07/05/2010 - Marco Regis - Marco Regis de Almeida Lima

Embora haja tanta celeuma e controvérsia, o Juízo Final está inserido nos dicionários como um dos desdobramentos do verbete juízo. Em Caldas Aulete, ele é explicado como uma doutrina da Igreja, percebendo, ao longo da minha vida,  que, pelo menos entre nós brasileiros, a esta referência subentendia-se Igreja Católica. Aqui está contido: “Juízo Final ou Universal, aquele pelo qual Deus, segundo a doutrina da Igreja, há de no fim do mundo julgar os bons e os maus reunidos todos no mesmo lugar”. Para Koogan e Houaiss, editado e lançado no ano 2000, “Relig. cat. Juízo Final, segundo a igreja católica, decisão final de Deus, aquela em que Ele determinará o destino de todos os homens”.

Veja +

AS DROGAS E A FRASE “YANKEES GO HOME”

Em 30/04/2010 - Marco Regis - Marco Regis de Almeida Lima

A expressão inglesa,  que encima este texto, é um velho jargão dos tempos da Guerra Fria, utilizado universalmente por aqueles que possuíam ojeriza à habitual intromissão dos Estados Unidos da América nas fronteiras alheias. Significava uma exortação à saída  dos americanos onde metiam os bedelhos sem serem chamados. Literalmente: “fora ianques”.  Todos nós embarcamos na nave da esperança simbolizada pela assunção de Barack Obama ao supremo poder da nação norteamericana. Por mais que enxergássemos as peias que o atavam às grandes corporações, que lhe doaram bilhões de dólares para a sua bem-sucedida campanha política presidencial, depositávamos – e ainda depositamos – confiança num homem como ele, que sintetiza todas as origens de um verdadeiro cidadão terrestre.

Veja +

O Prefeito Mazzilli e o Legado das Pedras Preciosas

Em 22/03/2010 - Marco Regis - Marco Regis de Almeida Lima

É salutar que pessoas com as mais diferentes vivências possam se manifestar nas páginas deste semanário a respeito das suas cidades. Tais manifestações dão um caráter mais democrático às questões em debate, fortalecendo conceitos ou desmoronando ideias inconsistentes.Portanto, temos que louvar o artigo do conterrâneo, publicitário, administrador e professor universitário, Helder de Melo Moraes que, em 9 do corrente, na página 2 de “A Folha Regional”, discorreu sobre “As Pedras Preciosas de Muzambinho”. No texto, o autor faz menção a algumas notáveis esculturas em pedra que constituem o nosso patrimônio arquitetônico como o Chapéu de Sol, o Cruzeiro da Matriz e os bancos de pedra da Praça D. Pedro II. No entanto, ele mesmo salienta que o foco principal da sua abordagem está na “pavimentação por paralelepípedos de algumas ruas da cidade”.

Veja +

2009 - O ANO EM QUE LULA SURFOU NA MAROLINHA

Em 30/12/2009 - Marco Regis - Marco Regis de Almeida Lima

Predestinação deve ter sido o  mistério da vida da criança  nascida em prole numerosa e pobre, nos idos de l945, em Garanhuns-PE. De fato, o nascituro Luiz Inácio da Silva escapara da elevada estatística nordestina dos natimortos; também sobreviveria às altas taxas de mortalidade infantil; mais à frente anteviu o seu futuro, no sul do país, enfrentando, com êxito, uma maratona em um pau-de-arara com destino ao eldorado paulista.

Veja +

A interminável guerra no trânsito

Em 09/11/2009 - Marco Regis - Marco Regis de Almeida Lima

Não se trata de chover no molhado nem repetitivo. Falar de acidentes no trânsito em nosso país e no mundo é tanto uma questão educativa como uma abordagem de saúde pública. Não somos nós que temos tais pretensões, mas, autoridades governamentais e, acima de tudo, a própria OMS – Organização Mundial de Saúde – e o seu Escritório Regional das Américas, a OPAS – Organização Panamericana da Saúde.

Veja +

A INEVITÁVEL RIVALIDADE POLÍTICA

Em 16/10/2009 - Marco Regis - Marco Regis de Almeida Lima

Há cerca de um mês, em matéria publicada neste semanário, o atual prefeito de Muzambinho fez uma comparação  que poderia apresentar três possibilidades:  uma delas, ser uma piada de um humorista de terceira categoria;  outra,  que fosse um delírio à moda de Tarso, personagem da recém-acabada novela de TV Caminho das Indias;  finalmente, o que poderia ser mais grave, porque desonesta, a aplicação da frase de Goebbels, ministro da propaganda de Hitler, que dizia que uma mentira contada mil vezes acaba passando por verdade.

Veja +

Gigante pelo hino, sem imperialismo

Em 29/09/2009 - Marco Regis - Marco Regis de Almeida Lima

Vá lá que a economia internacionalizada tenha dado oportunidades para que o nosso país comece a esbanjar o seu poderio emergente pelo mundo com empresas tipo Petrobras, Ambev e Vale. Cada uma, ao seu modo, soube crescer usando o que temos de mais abundante: os nossos recursos naturais.Quando muitos perdiam a fé na Petrobras, que parece haver sofrido sabotagens, durante o malfadado governo Fernando Henrique Cardoso, com vazamentos de petróleo no mar, terceirizações mal intencionadas e quebra do seu monopólio estatal, eis que ela, agora, dá a volta por cima, produzindo um filhote gigantesco que está para ser batizado de Petro-União, ou Petro-Brasil, oriundo do Pré-Sal.

Veja +

Muzambinho se inclui e se fortalece dentro dos 200 anos de história da educação profissional no Brasil (VIII Parte – final)

Em 11/09/2009 - Marco Regis - Marco Regis de Almeida Lima

Estamos concluindo uma série de artigos que demonstraram a relevância passada e presente de Muzambinho na formação profissional de cidadãos. O ano de 2009 marca 200 anos desta modalidade educacional, lembrando a chegada ao Brasil da Família Real portuguesa, em 1808, sendo no ano seguinte baixado decreto do Príncipe D. João, criando o Colégio das Fábricas. Ainda neste ano, em âmbito federal, comemora-se o centenário de implantação do embrião de uma rede federal de ensino técnico, rememorando que o Presidente Nilo Peçanha criara, em 1909, dezenove escolas técnicas em todo o território nacional.Muzambinho está incluída nesta história, porque tem oferecido educação profissional há mais de 100 anos. Também, fortaleceu-se moral, social e economicamente ao longo desta história, pois a educação foi a raiz do nosso prestígio, não só regional, mas nacionalmente. Uma linhagem de educadores não somente forjou profissionais nas mais diversas áreas das atividades humanas, mas incutiu-lhes valores através de disciplinas e estudos de humanidades, abrangendo desde a Gramática até a Filosofia.

Veja +

MUZAMBINHO SE INCLUI E SE FORTALECE DENTRO DOS 200 ANOS DE HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL NO BRASIL - VII Parte

Em 04/09/2009 - Marco Regis - Marco Regis de Almeida Lima

Não que estejamos esgueirando-nos do tema que acima se intitula. Não que estejamos prolongando-o novelescamente. Mas, ao correlacionar Muzambinho com a educação profissional, do ponto de vista de cursos técnicos,vai parecer fora de órbita falarmos sobre a Escola Superior de Educação Física de Muzambinho -ESEFM, o que hoje faremos.

Veja +

MUZAMBINHO SE INCLUI E SE FORTALECE DENTRO DOS 200 ANOS DE HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL NO BRASIL (VI Parte)

Em 28/08/2009 - Marco Regis - Marco Regis de Almeida Lima

Há um pequenino mas cintilante ponto que se revela na constelação escolar do Brasil, nessa trajetória de duzentos anos. Dele emana um surpreendente fulgor, que pode ser observado com detalhes em um processo de focalização. É só uma questão de “zoom” para visualizar a notável e intelectual Muzambinho.

Veja +