Nova mesa diretora da Câmara de Guaxupé assinou Termo de Posse

Publicado em 06/01/2019 e atualizado em 04/01/2019 - legislativo - Da Redação

Nova mesa diretora da Câmara de Guaxupé assinou Termo de Posse

A nova mesa diretora da Câmara Municipal de Guaxupé foi empossada na tarde de quinta-feira, 27 de dezembro, com a assinatura do Termo Oficial tendo sido feita na sede do Legislativo, pelo presidente eleito, Leonardo Donizetti Moraes (Léo), a vice-presidente, Luzia Angelini Silva, e os 1º e 2º secretários, respectivamente Donizetti Luciano dos Santos (Zettinho) e Paulo César Beltrão (Paulinho).

A cerimônia, que substituiu uma sessão solene, a pedido do próprio Léo, foi conduzida pelo dirigente ainda em exercício, Danilo Martins de Oliveira, com as presenças do quarteto que assumirá dia 1º de janeiro de 2019, além do vereador Francisco Timóteo de Rezende (Chico). Rápida, a solenidade concretizou a transmissão daquela Casa de Leis ao novo grupo, que se responsabilizará pelo Parlamento Municipal pelo próximo biênio (2019/20).

Após a sessão, Léo Moraes e Danilo Martins falaram com a imprensa, quando discursaram, evidentemente, em tons bastante diferentes. “Entrego a Casa melhor do que a peguei. Deixo, como minha marca, minha contribuição principal, a Escola do Legislativo, com todas as suas atribuições e os avanços na Educação para a Cidadania”, disse Danilo. “Quero ficar conhecido como o ‘presidente da transparência’, aquele que promoveu a harmonia entre os poderes Legislativo, Executivo e Judiciário”, enfatizou Léo.

Atual líder do prefeito Jarbas Corrêa Filho na Câmara, Léo Moraes foi eleito no último dia 10, durante a 20ª sessão da Câmara. Candidato situacionista, Léo superou a adversária, dra. Salma Regina Gallate, escolhida pela oposição para disputar a Mesa Diretora. Antes, Maria José Cyrino Marcelino, João Fernando de Souza e Jorge Batista Bento da Paz (Jorginho) também manifestaram o desejo de concorrer, mas em meio às articulações a disputa aconteceu mesmo somente entre dois postulantes.

Ainda sobre a disputa interna, o grupo de Léo Moraes obteve sete votos, enquanto Salma conquistou cinco e João Fernando, mesmo sem ser candidato, obteve um voto. Luzia conquistou seis votos para a vice-presidência; Zettinho obteve onze e Beltrão dez votos. “Quero frisar tanto aos vereadores de meu grupo quanto àqueles que não votaram em mim que nossa gestão será para todos, com diálogos, transparência e o desejo de muita união, em favor do povo”, finalizou Léo.

POR: CARLOS ALBERTO - GUAXUPÉ