Câmara de Monte Santo de Minas empossa novo vereador

Publicado em 15/06/2012 - legislativo - Da Redação

A reunião da Câmara de Monte Santo de Minas ocorrida no dia 11 de junho foi marcada pela posse de um novo vereador. Com o falecimento do titular Antônio Nunes Machado, o Legislativo deu posse ao suplemente Johnny Alexandre Marques (PDT).
O presidente José Francisco Leandro, que ocupa o seu segundo mandato como vereador e ocupa a presidência da Câmara pela terceira vez, destacou que a reunião teve um clima diferenciado e com a presença de um público significativo. Lamentou o falecimento do vereador Antônio Nunes Machado, que considerava um grande companheiro. Assim, a Câmara empossou o novo vereador Johnny Alexandre Marques. Como presidente, verificou que a documentação está em ordem, indicando o novo vereador como primeiro suplente.
José Francisco revelou que a Câmara conta com cinco vereadores considerados da oposição. Porém, garante que os mesmos não atuam na oposição, mas apenas exercem a função de fiscalizar as ações do Executivo. E criticou: “Não sei se está sendo infeliz, mas está fazendo uma péssima administração para o município”. Mesmo assim, o trabalho dos vereadores é intenso e visando o bem do município. Declarou ainda que está satisfeito com o trabalho desenvolvido até o momento, valorizando o apoio dos companheiros. A expectativa é que neste final de mandato seja possível comprovar o trabalho realizado.
O presidente ainda destacou o relacionamento entre os vereadores, situação e oposição, é o melhor possível. Entende que todos trabalham de forma conjunta, observando os interesses do município.

NOVO VEREADOR IDENTIFICA PROBLEMAS
Johnny Alexandre Marques, 28 anos, eletricista, filho de Antônio Alexandre de Lemos e Luzia Ferreira de Lemos, foi candidato a vereador pela primeira vez, tendo disputado o pleito pelo PSC. Conquistou 258 votos e ficou na primeira suplência. Agora assume o mandato na Câmara até 31 de dezembro de 2012.
A jovem liderança revela que decidiu se candidatar a vereador por observar que o seu bairro esta precisando de um representante. Conversando com seus pais, sendo que seu pai é pastor evangélico, aceitou o desafio de buscar uma cadeira na Câmara visando bem representar o bairro Caeté, população de Monte Santo de Minas, distrito de Milagres e igrejas evangélicas do município. No pleito, ficou na primeira suplência e agora tem a oportunidade de concluir o mandato.
Johnny Alexandre manifestou sua confiança de que poderá exercer a função pública de forma efetiva. Pretende apresentar requerimentos ao Executivo visando a solução de problemas já identificados. “A expectativa é a melhor possível”, disse. O seu posicionamento será de defender os interesses do povo.
Indagado sobre possíveis problemas existentes no município, o novo vereador afirmou que o setor de saúde está precário, principalmente na questão de medicamentos e deficiência nos atendimentos médicos. Citou ainda, entre outros problemas, constantes reclamações da população quanto à precariedade de saneamento básico e necessidade de recuperação das ruas da cidade.