Momentos tristes fazem parte de uma vida saudável

Publicado em 22/07/2019 - inaian-teixeira - Da Redação

Momentos tristes fazem parte de uma vida saudável

Você já ouviu falar da Síndrome de Riley-Day? Pessoas com essa síndrome não sentem nenhuma dor. Isso é bom, correto? Errado! Sentir dor é importante para nossa saúde. Como essas pessoas não sentem dor, estão muito mais sujeitas a sofrer acidentes como cortes ou queimaduras e tendem a morrer jovem, antes dos 30 anos, por causa desses ferimentos. Assim como a dor é importante para nossa saúde, os momentos tristes são importantes para nos fazer valorizar os momentos de felicidade. 

Momentos tristes fazem parte da condição humana e, tentar eliminar a tristeza, realmente não funciona. Tristeza não é um sinal de fraqueza e/ou vulnerabilidade. Sem experimentar a tristeza, como podemos aprender a apreciar sentimentos de alegria e prazer? Mas é importante diferenciar entre momentos tristes e depressão. A tristeza é “normal”, sendo uma dentre as várias emoções que nós vivenciamos de tempos em tempos. 

Por outro lado, depressão é uma doença séria que afeta mais de 300 milhões de pessoas no mundo. Segundo a Organização Mundial da Saúde, durante os episódios depressivos, a pessoa experimenta um humor abatido, perda de interesse, prazer e energia reduzida, levando à uma diminuição das atividades em geral por pelo menos duas semanas. Muitas pessoas com depressão também sofrem com sintomas como ansiedade, distúrbios do sono, de apetite e podem ter sentimentos de culpa, baixa autoestima e falta de concentração. Para aqueles que sofrem com depressão é importante saber que existem tratamentos eficazes para combate-la. Profissionais de saúde podem oferecer tratamentos psicológicos, como ativação comportamental, terapia cognitivo-comportamental, psicoterapia interpessoal ou medicamentos antidepressivos.

Ao contrário da depressão, os momentos tristes não precisam de tratamento. Precisam de tempo, reflexão e atitude para encará-los e superá-los. É importante também se lembrar que, logo após um momento triste, haverão momentos de felicidade. E o que seria essa tão buscada felicidade? Gosto da definição do professor Clóvis de Barros Filho: “Felicidade é aquele momento que você não gostaria que acabasse”. 

Embora seja bom e essencial cultivar esses momentos de felicidade, lembre-se de que a tristeza existe por um motivo e não deve ser automaticamente afastada ou evitada. Mas fique atento! Procure ajuda se seus sentimentos de tristeza não passarem ou se você se sentir sobrecarregado ou fora de controle. 

Para finalizar, coloco aqui uma frase refletirmos: “A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, ria, dance, chore e viva intensamente cada momento de sua vida, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos” (autor desconhecido, embora algumas fontes a atribua ao Charlie Chaplin).


Inaian é Profissional de Educação Física e Doutor em Atividade Física e Saúde. Foi pesquisador associado da Universidade de Oxford e atualmente é Pós-doutorando na USP. [email protected]