Triângulo do Sul e três microrregiões de MG serão liberadas para onda vermelha

Publicado em 07/04/2021 - geral - Da Redação

Triângulo do Sul e três microrregiões de MG serão liberadas para onda vermelha

Com o avanço na flexibilização, comércios considerados não essenciais terão aval para reabrir a partir de segunda-feira (12)

A partir da próxima segunda-feira (12), a macrorregião Triângulo do Sul e as microrregiões de São Gotardo, Montes Claros/Bocaiúva e Taiobeiras devem sair da "onda roxa" - a mais restritiva do programa Minas Consciente -, e avançar para a "vermelha". Na prática, significa que os municípios contemplados poderão, por exemplo, abrir o comércio considerado não essencial.

O anúncio foi feito na quarta-feira (7) pelo governo de Minas, após reunião do Comitê Extraordinário Covid-19. O Estado informou que as localidades serão monitoradas pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) até a próxima sexta-feira (9) para garantir que não haja piora nos indicadores da Covid-19. 

"Somente será permitido o avanço a partir de segunda (12/4) caso o cenário positivo se mantenha favorável", explicou o Estado. A macrorregião do Triângulo do Norte e a microrregião de Patos de Minas foram as primeiras a deixar a "onda roxa" e a avançar para a "onda vermelha". As demais regiões do Estado devem seguir, por pelo menos mais uma semana, com as severas medidas restritivas para conter a aceleração da pandemia.

Também nesta quarta, o Estado anunciou definitivamente o fim do toque de recolher em todos os 853 municípios mineiros. A decisão foi tomada após acordo com o Tribunal de Justiça.

Índices

“Temos observado resultado positivo nos números das regiões que entraram na onda roxa há mais tempo, o que permite deduzir que as demais regiões, em breve, também terão queda no número de casos. Essa queda, em um segundo momento, se refletirá na diminuição no número de internações e, em um terceiro momento, levará à queda no número de óbitos”, ressaltou o governador Romeu Zema (Novo).

De acordo com o Estado, a incidência da Covid-19 caiu 21% nos últimos 14 dias e 6% nos últimos 7 dias. Mas os dados ainda são alarmantes. Na última semana, Minas registrou aumento de 5,2% nos casos de Covid-19 e 7,8% nos óbitos decorrentes da doença. A taxa de isolamento foi de 46,3%, índice inferior ao nacional, que ficou em 49,94%.

Onda vermelha

Nesta fase do Minas Consciente, a onda vermelha permite o funcionamento de todas as atividades, desde que cumpram algumas regras, como distanciamento e limitação máxima de pessoas.

 

 

Fonte: O Tempo