A luta pela vida na pandemia marcará o Dia da Mulher na ALMG

Publicado em 24/02/2021 - geral - Da Redação

A luta pela vida na pandemia marcará o Dia da Mulher na ALMG

Evento “Sempre Vivas” vai abordar como elas lidaram com os desafios impostos pela Covid-19 e como vislumbram o futuro.

Tendo como tema central o enfrentamento da pandemia da Covid-19, duas lives e um seminário virtual vão marcar este ano as ações da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) pela passagem do Dia Internacional da Mulher, celebrado em 8 de março.

programação será virtual em função da pandemia e foi definida em três reuniões preparatórias realizadas de forma remota pela ALMG com o envolvimento de 55 entidades parceiras.

A última reunião foi realizada nesta terça-feira (23/2/21) e entre as deliberações foi acertado que permanece na programação de 2021 a identidade "Sempre Vivas”, que marcou atividades promovidas anteriormente no Legislativo pelo Dia da Mulher.

Em função do contexto atual, o evento deste ano será "Sempre Vivas: luta das mulheres em tempos de pandemia", que está sendo coordenado pela deputada Andréia de Jesus (Psol), última presidenta da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher. 

A abertura da programação, que deverá contar ainda com lançamento de um edital de fotografia e veiculação de podcasts e vídeos, ocorrerá na manhã do próprio dia 8 de março, com a live "Mulheres contam como enfrentaram a pandemia".

Neste momento, serão abordados os desafios das mulheres para a sobrevivência econômica, educação dos filhos, enfrentamento à violência, manutenção da saúde e para a busca de relações igualitárias de gênero durante a pandemia.

Já durante todo o dia 12/3, quatro paineis estarão compondo o seminário virtual “Mulheres na luta: novos desafios trazidos pela pandemia e perspectivas”.

Após a mesa de abertura do seminário, às 9 horas, o primeiro painel discute o enfrentamento da violência na pandemia. Já na parte da tarde também do dia 12/3, os três paineis seguintes terão como temas autonomia econômica, saúde e educação.

Por fim, no dia 15/3, será realizada uma live de encerramento do evento, cuja proposta é vislumbrar caminhos a partir da experiência da pandemia. O tema proposto é “Um olhar sobre o futuro: o que as mulheres pensam para o pós-pandemia”.

Canais de participação estão garantidos

As lives terão participação e perguntas do público pelo chat do YouTube. Já no seminário virtual, perguntas do público sobre os respectivos paineis poderão ser encaminhadas por meio de formulário on-line. As atividades serão transmitidas ao vivo pelos canais de comunicação da ALMG.

Paralelamente, está em produção pela equipe da Rádio Assembleia um podcast sobre mulheres na ciência, estando prevista ainda a produção de uma série de videos com testemunhos de mulheres sobre sua atuação e vivências, para exibição na TV Assembleia e também nas redes sociais do Legislativo.

Nos próximos dias, serão divulgados os nomes de participantes que farão parte dos debates, e que estão sendo definidos conjuntamente entre os gabinetes parlamentares envolvidos na preparação do evento e as instituições parceiras, entre elas entidades, órgãos públicos e movimentos sociais.

Já o edital de fotografias em discussão tem como objetivo selecionar fotografias produzidas por mulheres e que retratem a trajetória de mulheres. O lançamento do edital ocorre já neste 8 de março, sendo planejada uma exposição das fotos no segundo semestre deste ano.

Programação - Evento Sempre Vivas: luta das mulheres em tempos de pandemia

8 de março

  • Lançamento de Edital de Fotografias
  • 10 horas – Live de Abertura – Mulheres contam como enfrentaram a pandemia

12 de março

Seminário Virtual – Mulheres na luta: novos desafios trazidos pela pandemia e perspectivas

  • 9hs - Abertura
  • 10h - Painel 1: Enfrentamento da violência
  • 12h – Intervalo
  • 13h30 - Painel 2: Autonomia econômica
  • 15h – Painel 3: Saúde
  • 16h30 – Painel 4: Educação
  • 18h30 – Encerramento

15 de março

  • 17 horas – Live de Encerramento – Um olhar sobre o futuro: o que as mulheres pensam para o pós-pandemia.                                  ASCOM