Lima x Limão - Ed. 1053

Publicado em 26/08/2011 e atualizado em 26/08/2011 - estevao-bortoloti - Estevão Bortoloti

SAÚDE - O Secretário de Saúde, Aluisio Santini pediu demissão, mas deixou a Secretaria de Saúde muito bem organizada com o mais positivo atendimento a todos que dela dependem. O novo Secretário Otávio assumiu prometendo dar prosseguimento ao bom desempenho do antigo e parece que já está cumprindo o prometido. A classe menos favorecida lamentando a saída repentina do primeiro mas esperando e confiando no segundo, o jovem Otávio Henrique Domingues, inteligente e bem educado. Nossos parabéns ao que sai e ao que assume!

CUIDADO GENTE
O imprevisto acontece, mas tem gente que parece fazer de tudo para que tal seja sempre possível. É o caso dos portões, portas e janelas destrancadas ou abertas dia e noite como se vivêssemos em um verdadeiro paraíso de honestidade e bons costumes, situação que não existe mais nem mesmos nos países nórdicos. Tal liberdade hoje em dia é um convite para toda sorte de marginais, do ladrão barato ao tarado, assaltante armado e até o sequestrador. Não se trata de paranóia não. Os acontecimentos comprovam!

Um abraço para Benedito Dino, eterno contador de histórias, fatos pitorescos, o poeta romântico da nossa querida Muzambinho.

EDUCANDO COM AMOR
A Escola de Educação Infantil Primeiros Passos lançando a Edição de número 01 do seu interessante e bem redigido jornalismo, falando do trabalho e dedicação dos seus funcionários com nossas crianças.
Iniciativa digna de elogios. Parabéns da nossa coluna a direção e funcionários da escola.

TEM MUITA GENTE PRECISANDO SABER
Segundo padrões da Organização Mundial da Saúde (OMS), os decibéis marcam o limiar do que faz mal à saúde. O som muito alto aumenta a adrenalina, provoca alta de pressão, stress, insônia e aumenta em 20% a possibilidade de infarto. Um automóvel ou uma motocicleta com motor aberto ou “envenenado” ou uma Banda de Rock emitem 130 decibéis (igual a turbina de um avião a jato). No Brasil a Lei permite 88 decibéis enquanto na Europa o permitido está em 74. Daí, pode-se concluir que quando o povo reclama do som muito alto reclama com toda razão!

Um respeitoso e agradecido alô a senhora Zenilda Passos e sua linda e simpática filha Maria Passos Orlandi que dizem ser minhas fãs. Puxa! Fiquei inchado!        

CULTURA CAPIM PORNÔ GORDURA
A falta de respeito, sentimentos humanitários e bom gosto da grande maioria dos jovens de hoje é demonstração cabal de onde foi parar a educação e a cultura brasileira. E o mais lamentável é constar que o sucateamento continua bem à gosto e propósitos dos lideres do país, com raríssimas exceções.
No que diz respeito ao gosto artístico, ao lazer, por exemplo, o cinema sinistro de vampiros, duendes e bruxos, os programas de humor pornô de auditório e as novelas que geralmente apelam para a imoralidade e mais as Bandas modernas (que para ficarem mais bem denominadas deveriam ter a primeira Letra A substituída pela letra U) e mais os indigestos e ridículos cantores do chamado sertanejo universitário, qualquer coisa de fazer chorar, o mais vulgar e imbecil ser humano é de lascar!
Ah, ia esquecendo de falar da decadente educação e cultura capim gordura das mocinhas e até das peruas de hoje que vira e mexe traja-se com botões de cano alto, chapelões de aba larga e calça jeans com o traseiro meio sujo e cheirando a cocô de vaca. Tristemente lamentável e ridículo, mas enfim é o novo conceito de educação e cultura. Cultura do escândalo da malandragem, desrespeito, agressões, vícios, prostituição, materialismo permitido, incentivando manifesto!
Lembrei-me a tempo da última geração de cantores sertanejos. Eu disse cantores sertanejos? Perdão pela afronta Pedro Bento e Zé da Estrada, Tonico e Tinoco, Palmeira e Bia, Milionário e José Rico, Lio e Léo e tantos outros que marcaram de modo indelével nossa verdadeira música sertaneja. Sem usar maquiagem, sem rebolar e fazer gestos eróticos frente a mil mocinhas destituídas de massa encefálica. E o pior de tudo, sem tocar e cantar nada! Para vocês até andei até bolando nomes bem sugestivos e adequados: Pé de Cana e Alambique, Belo Vazo e Bela Fossa, Jiló e Gelado, Caga Sebo e Vira Bosta, Vermes e Vermífugo. Tudo menos sertanejo universitário que soa até como afronta e sacrilégio! Noite passada sonhei que um bando de nécios chifrudos e rabudos corria atrás de mim atirando latas de cerveja, litros de whisky, vidrinhos de epocler e outras coisas piores. Acho que este resto de semana fico em casa, de “quarentena”!           

Um alô e um grande abraço no amigo Francisco Antônio Vasconcelos, dileto esposo da simpática e educada Senhora Deusdélia. O Chicão, como é mais conhecido, antigo e eficiente funcionário da Copasa de Muzambinho.

MELHOR É DEIXAR COMO ESTÁ
É preciso muito reflexão muito estudo antes de mexer no que já está pronto.com respeito aos pedidos e anseios de poucos cidadãos: trocar o piso de pedras das praças, avenidas e ruas por asfalto é preciso levar em conta inúmeros problemas que daí advirão, como custo financeiro para os cofres do município e para a comunidade em geral, insatisfação da grande maioria dos cidadãos, pois o trânsito ficará mais violento e a temperatura muito mais alta, insuportável mesmo nos meses de verão. Depois, se até cidades ultra modernas, seculares e tradicionais do mundo todo procuram conservar seus paralelepípedos como referência por que não Muzambinho?

Nosso abraço para o experiente e popularíssimo locutor-animador da Rádio Atividade FM, Jota Maria. O amigo Jota também gosta de “curtir” o Lima x Limão.   

BANCOS E BANCOS
Parece mesmo não ter jeito. Agora até os Bancos com fortes encosto de madeira de Lei estão sendo quebrados. Futuramente, o que será que estes animais nocivos vão ter de bom para contar aos seus filhos? Se chegarem até lá, é claro!
Por falar em Bancos... Quais são as diferenças entre os Bancos Financeiros e os Bancos de jardins? Os Bancos de Jardins a gente trepa em cima deles. Os Bancos Financeiros é que trepam em cima de nós. Os primeiros o povo quebra, os segundos que quebram o povo.

Alô para o irmão e amigo Valdeci da Silva e para a senhora sua esposa, a simpática e comunicativa Rossana. Alô extensivo aos seus filhos, todos leitores do Lima x Limão.

A coluna Lima x Limão anda carente de Limas, isto é, mais boas notícias de interesse comunitário. Se você leitor (a) “descolar” alguma favor nos comunicar com finalidade de equilibrar nossa balança, pois só Limão aniquila nosso coração.
A coluna está ruinzinha
Pois ajude a melhorar
Com noticia bem docinha
Que eu possa publicar.

Amigo Leitor, bom fim de semana!