Lima & Limão - Edição 1095

Publicado em 22/06/2012 - estevao-bortoloti - "Tézo" Bortoloti

MORTOCICLISTAS – Caro leitor(a), estou de volta depois de semanas de silêncio e sofrimento reumático, doença de velho como é costume dizer, mas que vez por outra castiga também os jovens. E volto azedo com tudo o que acontece de errado aqui na nossa terra natal e por extenso em todo nosso pobre rico Brasil. Como exemplo a ação PRATICAMENTE IMPUNE dos fabricantes, vendedores e usuários de motocicletas trovejantes e ultra rápidas, que chegam a desenvolver até 300 quilômetros por hora, prejudicando a audição e pondo em risco a vida das pessoas. É o interesse, a ganância desumana e irresponsável de muitos falando muito mais alto do que o protesto dos milhões de vítimas de tal abuso. Falta de amor e responsabilidade por atacado!

AGROTUR – Terminou bem a décima AGROTUR, Feira de Artesanato, Agroindústria e Turismo de Muzambinho com dezenas de expositores sentindo-se bem sucedidos, concurso de Miss Agrotur vencido pela linda garota Ana Cláudia Silva, conjuntos, duplas sertanejas e presença maciça de público daqui, de muitas cidades da região e de outros estados. Sucesso indiscutível e orgulho para todos nós que amamos e cada vez mais desejamos a contínua evolução da nossa bela, culta e progressista cidade. Parabéns as nossas autoridades municipais (destaque para nosso prefeito Sérgio, para a presidente da ACIM, Téia e para a Luzia, Secretária Municipal de Indústria e Comércio.

NOTA MIL – Cidadão exemplar o amigo Gilson, da EMATER. Ele mesmo notou o erro que cometeu e tratou de corrigi-lo mandando rebaixar a anormal passagem de carro que dava acesso a sua propriedade. Os idosos, senhoras e pessoas com problemas especiais agradecem e torcem para que outros moradores das proximidades de várias outras ruas se conscientizem seguindo o bom exemplo demonstrado por ele. Não é difícil para quem demonstra bom senso.

FALTA DE EDUCAÇÃO – Deixando muito a desejar o procedimento de muitos cidadãos que comparecem as reuniões semanais da nossa Câmara Municipal somente com o propósito de bagunçar e desmoralizar. Trocam opiniões sobre assuntos que nada tem há ver com o que está em evidência, interferem na fala dos vereadores, gritam, assobiam, falam gracinhas. O problema está pedindo providências urgentes, até mesmo intervenção policial, do contrário a tendência será a diminuição gradativa de público mais sério e comportado realmente interessado na reunião. Que tal no ato da indisciplina os próprios vereadores, como é direito e obrigação, reagirem contra esses caipiras que ignoram leis e princípios?

PRATA DA CASA – Meu alô e parabéns com votos de contínuo sucesso para o honesto, sério e esforçado amigo o Aloísio Santini que atualmente ocupa a Secretaria de Assistência Social da Prefeitura. O Aloísio já passou com sucesso indiscutível pela nossa Secretaria de Saúde onde deixou muito boa impressão e uma multidão de agradecidos admiradores até mesmo entre os enfermos dependentes daquela secretaria. Alô e parabéns extensivos aos seus subalternos com distinção ao Nadinho, capacitado motorista da Secretaria.

Alô Luizinho, Secretário do Trânsito. Moradores da Barra Funda reivindicando lombadas e faixas de pedestres ao lado da pequena praça logo no início da Rua Cesário Alvim. Alegam risco de graves acidentes devido abuso de velocidade, prática comum de motoristas e motociclistas que por ali transitam nos dois sentidos. Pedem urgência! Também, e pelo mesmo motivo, faixa na esquina da Rua Professor Salatiel de Almeida, proximidades do Banco do Brasil.

MEUS LEITORES –
Ao otimista e sempre sorridente amigo Larati e sua gentil e educada esposa senhora Maria Leonel o meu muito obrigado pela leitura assídua do Lima x Limão. Aproveito a deixa para um informe geral: Muito do que aqui é inserido não se trata de opinião minha, mas sim dos próprios leitores, destaque para as justas reclamações. Como colunista, idealista e defensor das causas justas meu papel é este, com aplausos ou críticas exacerbadas, direito incontestável dos leitores desta A Folha Regional.

EU NAS PÁGINAS DO “ESTADÃO” – Notícia que me passou gentil admiradora: o jornal Estadão, na sua página de artes (não se lembra quando) publicou reportagem comentando de maneira positiva minha obra, mostrando meus quadros e minha pessoa, reportagem talvez baseada nas transmissões da TV Globo, em exposições em casas de cultura ou ainda em reportagens de jornais daqui ou de Araraquara onde morei por alguns anos. Naturalmente tal notícia deixou-me orgulhoso e feliz. Pena que a idade e a saúde impede-me maiores oportunidades!

CONSELHO – Você trabalha com eventos em espaços localizados ou propaganda volante? Ponha o som na altura normal, regular, para que os ouvintes possam entender bem o que você está propagando! Gosta de determinada música? Regule a altura do som para que VOCÊ que gosta dela (E NÃO QUEM NÃO GOSTA) possa apreciá-la. Porque amigo, ou amiga, exagerar nos decibéis além de mau gosto e caipirismo é muita falta de educação e conhecimento da lei. Portanto, para o seu próprio bem, não seja do contra, ajude a fazer da sua cidade um bom lugar para se morar e viver!

O QUE NÃO DIZEM MAS PENSAM MUITOS FIGURÕES E PROFISSIONAIS DA POLÍTICA PARTIDÁRIA – “Povo culto? Deus nos livre! Povo culto sabe como julgar, escolher bem e votar! Portanto viva e continue a viver o mau gosto, o atraso, a ignorância! Que morra, desapareça tudo o que é bom, sentimental, elevado, construtivo. Viva as duas ou três últimas gerações que por força da maioria da nossa classe não aprendeu o que é boa música, artes acadêmicas, boa leitura, poesia, romantismo, bom comportamento. Viva as atuais centenas de duplas sertanejas insípidas, rebolantes, os conjuntos e BANDAS x BUNDAS idem e imorais, as imoralidades ostensivas e agressivas que se convencionou classificar de músicas, as atrizes e comediantes da mesma classe mostrada acima... e viva nós que tiramos e continuamos a tirar ricos proveitos do caos que planejamos e criamos! E QUE SE DANE O POVO E A NAÇÃO!!!”

SABEDORIA – Um simples, mas sábio conselho que começo a aprender e assimilar ao meu raciocínio e comportamento: “Não queira entender a ignorância e maldade dos outros mesmo que ela te magoe e fira bastante. Procure esquecer, perdoar e deixar o mais por conta de Deus que tudo vê e tudo sabe!”.

Reclamações de última hora feita por muitas pessoas, pais e mães de família e outros mais, indignados e revoltados com o procedimento desumano e libertino dos organizadores do rodeio em uma chácara do bairro Barra Funda “que abusaram da farra e do som altíssimo, no limite máximo dos decibéis permitidos por lei, e tudo isso à noite e madrugadas a fora. Indagam como duas ou três pessoas podem ter o direito de por em risco o sossego e a saúde de centenas e até milhares de outras sem a devida interferência de quem é regiamente pago para agir impedindo fato tão grave e lamentável. Indagando a respeito com um soldado da nossa Polícia tomar as devidas providências tem que haver ação pública com a participação de vítima e testemunhas e tudo o mais que reza a nova lei. A polícia interfere pedindo moderação, mas não tem como passar disso”. FOI O QUE CONSEGUI ENTENDER!

Um bom final de semana com Deus e família, amigos leitores!