Veterana terá que "jogar com inteligência" para compensar curto tempo de preparação

Publicado em 13/07/2020 - esportes - Da Redação

Veterana terá que "jogar com inteligência" para compensar curto tempo de preparação

Cada equipe reagiu de uma forma distinta à paralisação do Campeonato Mineiro. Algumas tiveram que desmanchar o elenco, outras mantiveram os atletas. Algumas voltaram a treinar há quase dois meses, outras ainda não retomaram as atividades.

Com o reinício dos jogos marcado para 26 de julho, cada time está tendo que se adaptar à sua realidade para entrar em campo da maneira mais preparada possível. Haverá diferença física  técnica. A Caldense, por exemplo, voltou aos trabalhos no CT no dia 11 de julho. E irá enfrentar o Cruzeiro na última rodada, que está treinando desde o dia 26 de maio.

A manutenção do elenco alviverde, que de início era uma preocupação, agora não é mais. Permaneceram 16 jogadores que vinha disputando o Campeonato Mineiro e outros chegaram via parceria com um grupo de empresários. O técnico Marcus Paulo Grippi comemorou a fato de a diretoria ter conseguido manter a base da equipe.

"Seguramos a maioria do elenco e conheço bastante dos atletas que vieram. Se formos ver quem estava atuando, das peças titulares, perdemos três. E os que chegaram é colocar na cabeça os objetivos que temos, trabalhá-los de acordo com o que vínhamos trabalhando e fazer com que eles cheguem o mais perto possível do nível dos outros" – comentou o treinador.

Restam menos de duas semanas até o retorno da competição. Até lá a solução será mesclar trabalhos técnicos, físicos e táticos para tentar amenizar a diferença para adversários que saíram na frente nos treinamentos. "Vamos formular treinos que trabalhem a maior variedade possível, para ganhar tempo. E no jogo, jogar com inteligência. Sabemos que não vamos estar 100% fisicamente, mas teremos que jogar com sabedoria para conseguirmos os nossos objetivos" - completou Marcus Paulo Grippi.

Para os jogadores, o que fará a diferença agora é a dedicação, foco e comprometimento. "Nossa equipe vinha bem, estávamos dentro de onde a gente planejou estar, mas agora é outro campeonato. Passou. Infelizmente teve a pandemia. Temos que ter concentração e dedicação" – comentou o lateral-direito Filipe Sousa.

"Temos que colocar em prática aquilo que vínhamos fazendo antes da paralisação. Sabemos que temos dois jogos difíceis em pouco tempo. Mas com os treinamentos vemos que nossa equipe tem qualidade e vamos atrás de duas vitórias para buscarmos a classificação para as semifinais" – completou o volante André Mensalão.