FMF publica protocolo de operação dos jogos restantes do Mineiro 2020

Publicado em 19/07/2020 - esportes - Da Redação

FMF publica protocolo de operação dos jogos restantes do Mineiro 2020

Na noite de sexta-feira (17), a Federação Mineira de Futebol divulgou o protocolo de operação dos jogos restantes do Campeonato Mineiro 2020, elaborado de acordo com as orientações do Governo do Estado de Minas Gerais e o Guia Médico da CBF, para preservar a saúde dos envolvidos nas partidas.

Todos os jogos serão realizados com portões fechados, com acesso restrito ao campo de jogo. Será obrigatório o uso de máscara e o distanciamento entre todos os presentes no estádio, exceto para quem estiver dentro das quatro linhas (jogadores titulares e equipe de arbitragem).

Delegações das equipes

Os clubes deverão enviar à FMF antes dos jogos os resultados dos exames de COVID-19 realizados com os integrantes da equipe. Só poderão atuar quem obtiver resultado negativo no teste e não ter apresentado sintomas gripais nos sete dias anteriores ao jogo. Quem estiver com qualquer sintoma, ou resultado positivo, terá de ficar isolado pelo prazo de 14 dias. Caso alguma equipe não possua jogadores hábeis para a realização da partida, será decretado W.O.

Cada time terá direito a levar a campo delegações de até 40 integrantes, incluindo atletas, comissão, equipe de mídia, seguranças, motorista e outros profissionais, que serão testados 48 horas antes das partidas e serão os únicos a terem acesso aos locais da chamada Zona 01: campo, vestiário e zona mista.

Demais pessoas relacionadas ao clube, como  membros da diretoria, conselho deliberativo, departamento de análise de desempenho, profissionais de marketing e outros cargos terão acesso apenas à arquibancada, desde que tenham o nome na lista enviada previamente à diretoria de competições da FMF, com limite de 10 pessoas. Em hipótese alguma poderão frequentar as instalações da Zona 01.

Acesso ao estádio

Os acessos para a Zona 01 (vestiário, campo, zona mista) e Zona 02 (cabines, arquibancadas) serão independentes. No momento da entrada no estádio, todos terão a temperatura corporal mensurada, e será checado se estão utilizando os devidos materiais necessários, como a máscara, por exemplo.

Além das duas delegações de 40 pessoas cada, poderão estar presentes no campo um número limitado de pessoas: Equipe de arbitragem (04), quadro móvel da FMF (06), equipe de doping (02), emissora detentora dos direitos de transmissão (11), gandulas (06), maqueiros (02), responsáveis por placas de publicidade (02), seguranças/PM (10), funcionários do estádio (03), ambulância (04), equipe do VAR (08).

Regras durante o jogo

Uma série de medidas foram adotadas. Está proibido: compartilhar garrafas de água, cuspir no chão, trocar camisas, trocar flâmulas e comemorar gols com abraços. Não haverá cumprimento tradicional entre atletas, nem execução do hino nacional, nem presença de mascote e crianças. Os atletas do banco de reservas devem permanecer de máscara e respeitar o distanciamento mínimo de um metro.

Imprensa

Em todos os jogos, só terá acesso ao campo a equipe de TV detentora dos direitos de transmissão. Não serão permitidas entrevistas fora do campo de jogo. Em nenhuma hipótese o acesso ao campo será concedido a outras emissoras de TV, rádios e fotógrafos. Esses profissionais terão acesso somente à Zona 02 (cabines e arquibancada).

Em cada cabine somente será permitida a permanência do narrador. Comentaristas e repórteres devem ficar em bancadas ou arquibancadas. É obrigatório seguir as medidas de higiene, distanciamento e uso de máscara durante toda a permanência no estádio (exceto narradores durante a transmissão). O credenciamento da imprensa continuará sendo realizado nos moldes habituais.

Os clubes terão direito a profissionais de mídia presentes no campo para captação de imagens e distribuição para a imprensa em geral, desde que façam parte da delegação de 40 pessoas e estejam devidamente testados e usando máscara.