O MAIS VELHO MILITAR DE MINAS GERAIS - Tenente Moraes é homenageado pelo escalão maior da Polícia de Minas

Publicado em 12/05/2019 - especial - Da Redação

O MAIS VELHO MILITAR DE MINAS GERAIS - Tenente Moraes é homenageado pelo escalão maior da Polícia de Minas

MUZAMBINHO - Aos 93 anos de idade, o Sr. José Moraes, mais conhecido como Tenente Moraes, nascido em 3 de dezembro de 1926, na cidade de Muzambinho, é o mais velho militar vivo, do estado de Minas Gerais. Moraes, ingressou na polícia mineira em 5 de junho de 1943, iniciando seu trabalho na cidade São Gonçalo do Sapucaí. No ano seguinte serviu em Eloí Mendes e sucessivamente em várias cidades do sul de Minas: Boa Esperança, Fama, Alfenas, Itajubá, Pouso Alegre, Lavras, São Lourenço, Pouso Alto, Bom Despacho, Machado e Passos. Em Belo Horizonte, no ano 1964, na gestão do Governador José Magalhães Pinto, Moraes desempenhou o papel mais importante de sua carreira como militar. No início de março daquele ano, juntou-se aos militares da capital mineira, sob as ordens de José Geraldo de Oliveira, comandante da Polícia Militar de Minas, para então lutar bravamente e vencer as tropas paulistas, devolvendo a ordem ao país, na famosa revolução de 64. Meses depois o Tenente Moraes foi condecorado com a medalha de Tiradentes, patrono da Polícia Militar de Minas. Restabelecida a paz no território nacional, Moraes, assumiu o comando do destacamento na cidade de Passos, onde ficou até 1970, ano em que se aposentou e retornou à cidade natal, sua querida Muzambinho. Sua brilhante e imaculada carreira de militar havia chegado ao fim, mas não os serviços prestados para a ordem pública, pois anos depois assumiu a delegacia da cidade de Bom Repouso. Foi delegado também em Botelhos, Muzambinho e Nova Rezende. No último dia 3 de maio, Tenente Moraes, recebeu das mãos do Coronel da 18º Região da Polícia Militar de Minas Gerais, Nelson Alexandre da Rocha Queiroz, a justa homenagem por ser o mais antigo policial militar vivo, na reserva, no estado de Minas Gerais. O evento aconteceu no Hotel Monreale, em Poços de Caldas, onde Moraes foi aplaudido de pé pela plateia presente, composta por autoridades de todo país e prefeitos de Minas. Em sua fala o Coronel Queiroz, agradeceu ao Tenente Moraes pelos serviços prestados à sociedade e passou às mãos do homenageado uma placa simbolizando o apreço e o reconhecimento, do Governo de Minas, pelo trabalho realizado por Moraes. Neste momento os militares presentes referenciaram o Tenente Moraes com a tradicional continência. Ao final a Banda da Polícia Militar de Passos presenteou a platéia  com uma bela apresentação.