Projetos do Campus Muzambinho são selecionados por Evento Internacional pelo Clima representando o Brasil

Publicado em 25/08/2019 - educacao - Da Redação

Projetos do Campus Muzambinho são selecionados por Evento Internacional pelo Clima representando o Brasil

A América Latina é uma das regiões mais urbanizadas do mundo hoje, e espera-se que o crescimento nos centros urbanos continue a aumentar até 2050, quando cerca de 9 de cada 10 pessoas viverão nas cidades. Além disso, as cidades estão sendo cada vez mais afetadas por eventos climáticos extremos, que devem se tornar mais frequentes e intensos, portanto, precisam construir a resiliência climática.
Os professores Doutores Fabrício Santos Ritá e Claudiomir Silva Santos foram selecionados por edital para participarem do “workshop referente ao financiamento do desenvolvimento urbano resiliente ao clima” nos dias 09 e 10 de setembro.
O Professor Claudiomir desenvolve projetos e ações nas áreas de agricultura sustentável, gestão ambiental e práticas conservacionistas dos recursos hídricos, com ênfase em saúde ambiental.
O Enfermeiro Fabrício executa ações voltadas para a saúde ambiental, segurança ocupacional e promoção de saúde, com enfoque na ecologia social e utilização de alternativas sustentáveis no ambiente urbano, com destaque para o “Programa Qualidade de Vida: Ecologia, Saúde e Meio Ambiente”.
O objetivo do evento consiste na colaboração de pesquisa entre pesquisadores de início de carreira no Reino Unido e no Brasil nas temáticas de desenvolvimento urbano resiliente ao clima, na cidade de Foz do Iguaçu.
Profissionais brasileiros e internacionais discutirão propostas voltadas para a minimização dos impactos ambientais, poluição, degradação de recursos e doenças do clima, em prol de uma sociedade mais justa e ambientalmente consciente.
A iniciativa foi financiada pela British Council Researcher Links, com o apoio do Fundo Newton e da Confap/Fundação Araucária e está sendo realizado pela Unioeste, com a parceria da Universidade de Leeds da Inglaterra.
Este evento busca fomentar uma rede de pesquisadores para produzir estudos inovadores e orientados para o impacto, que possam beneficiar as cidades brasileiras e levar à consecução dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. O objetivo também é criar um impacto positivo, tornando as cidades mais resilientes, inclusivas e sustentáveis, ao mesmo tempo em que melhoram a qualidade de vida da população urbana, especialmente aquelas que são mais vulneráveis aos impactos climáticos.
Vale ressaltar que o evento foi totalmente subsidiado pelas instituições organizadoras, mediante seleção por edital Currículo Lattes, sem onerar qualquer recurso público do Campus.