Projeto Atividades Inclusivas na Educação Física é realizado em Monte Belo

Publicado em 21/05/2019 - educacao - Da Redação

Projeto Atividades Inclusivas na Educação Física é realizado em Monte Belo

O projeto “Atividades Inclusivas na Educação Física” foi realizado na Escola Municipal Coronel João Evangelista dos Anjos em Monte Belo – MG nos meses de abril e maio de 2019.  
A iniciativa do Professor de Educação Física, Fagner José Passos, incentiva a participação de alunos do 1º e 2º ano a conhecerem, assim como recriar, jogos, brincadeiras e esportes voltados às pessoas com deficiência.  
“Participar do movimento de inclusão se torna fundamental nos dias de hoje, por isso tive essa ideia, de mostrar aos alunos que é possível aprender uma brincadeira e um esporte voltado às pessoas com deficiência, e mais importante, refletir sobre as possibilidades e incentivar com ações inclusivas a busca por uma sociedade democrática e igualitária, iniciando pela escola”, destacou o profissional.
O projeto aplicado aborda brincadeiras tradicionais da localidade adequando a inclusão, além de atividades que indiquem a prática de esportes paralímpicos, como o Futebol de 5, Goalball e Vôlei Sentado. A escola também recebeu a visita do Para Atleta montebelense Tiago Silva, que contou sua história de motivação e a sua nova vida ligada ao Para Ciclismo.  
Para consolidar o projeto, os alunos criaram um desenho representando as aulas de “Atividades Inclusivas na Educação Física”, os trabalhos foram organizados em livros que representam o conteúdo aprendido por cada aluno em cada sala. Os livros confeccionados ficaram expostos na escola para a visitação de professores, alunos e pais.
“O lançamento do livro daquilo que chamou a atenção do interesse das crianças é extraordinário, pois retrata que o conteúdo teve sua relevância social, e essa vivência poderá ser sentida a partir de agora com o contato maior com alunos com deficiência na escola regular, acredito que demos um importante passo para uma escola inclusiva, e a continuidade desta caminhada é extremamente essencial”, finalizou o professor.
A diretora da Escola, Maria José Gonçalves dos Santos, parabenizou a iniciativa e destacou a importância das atividades inclusivas na escola como maneira de interação entre os alunos. “Parabenizamos o professor Fagner pelo projeto, pois as ações tem demonstrado a importância da inclusão na sociedade, os alunos tiveram o privilégio de vivenciar momentos que uma pessoa com deficiência sente ao praticar um esporte, além de formas de superação como a do ex-aluno e Para Ciclista Tiago, e por fim, lançar um livro com a representatividade da aprendizagem de cada um durante as aulas. Ações como essa nos ajuda a construir uma escola e uma sociedade para todos”, finalizou.
O projeto “Atividades Inclusivas na Educação Física” contou com a participação de 119 alunos.

(Colaborou: Fagner Passos)