Coluna Minas Gerais (29 de Julho de 2020)

Publicado em 29/07/2020 - coluna-minas-gerais - Da Redação

Coluna Minas Gerais (29 de Julho de 2020)

COLUNA MG - Rede de Notícias do Sindijori MG

www.sindijorimg.com.br

Detentos recebem visitas virtuais

Os detentos do Presídio Regional de Nanuque resgataram, desde o último dia 15, o direito de receber visitas de parentes. Não são presenciais, como ocorria antes da pandemia da covid-19, mas por meio de videoconferências. O uso da tecnologia de ponta é uma parceria entre a direção do presídio, a comarca de Nanuque e a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), responsável pela cessão dos equipamentos para uso dos presos. Inovador, o projeto foi batizado de "A Esperança Vem de Casa" e, nas próximas semanas, deve contemplar pelo menos 90 detentos do presídio. (Diário Tribuna- Teófilo Otoni)

LP é contemplada com recursos

Lagoa da Prata, mais uma vez, foi contemplada com recursos do Comitê da Bacia Hidrográfica do São Francisco. As principais estradas vicinais, que ligam a região do Fundão às comunidades de Martins Guimarães e Mirandas vão ser todas readequadas com melhorias, como contenção de cascalhamento, barraginhas, terraceamento e bueiros. A obra foi orçada em R$2 milhões e vai viabilizar a conservação das microbacias dos rios Santana e Jacaré, fazendo a contenção do derramamento de terras e detritos. (Jornal Cidade MG- Lagoa da Prata)

Veículos terão selos de identificação

A Secretaria de Defesa Social iniciou a colocação de selos nos veículos para melhor identificação nas barreiras sanitárias instaladas nas entradas de Poços de Caldas. São três tipos de selos. O de cor verde, que caracteriza o veículo de pessoas que moram em Poços, mas possuem placa de fora ou placa do Mercosul; o de cor amarela, para pessoas que moram fora de Poços e com placas de fora, mas que trabalham em Poços; e o selo de cor vermelha, que autoriza o veículo a uma permanência de 1 a 2 dias na cidade e é destinado a pessoas que necessitam de períodos temporários na cidade. (Jornal Mantiqueira- Poços de Caldas)

Igreja receberá reforma

Outro patrimônio histórico de Congonhas vai ser reformado: a Igreja de Nossa Senhora da Soledade, localizada em Lobo Leite. A obra deverá ser concluída em quatro meses, através do governo municipal e a Reteng Serviços Especiais Eireli, empresa responsável pela execução dos trabalhos. Vão ser realizados o restauro e a pintura de esquadrias e forros; pintura das paredes internas e externas; substituição de telhas e de parte do engradamento; reintegração do vazio deixado pela cruz do frontão com a inserção de novo elemento. (Correio da Cidade- Conselheiro Lafaiete)

Muriaé faz pontuação histórica

Muriaé obteve no ano de 2019 a pontuação de 14,65 em relação ao ICMS Patrimônio Cultural estabelecido pelo Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais. A nota é a maior já obtida pelo município em todos os tempos e reflete o trabalho incansável da Fundarte em, a cada ano, buscar o melhor para o município. Composta de uma equipe multidisciplinar que compreende arquitetos, historiador e museólogo o município tem que seguir as regras estabelecidas na deliberação normativa em vigor. (Gazeta de Muriaé)

Unidade em funcionamento

Os atendimentos na "Unidade de Referência e Triagem Covid-19 e Síndrome Gripal", montada pela Prefeitura de Formiga ao lado da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) teve início nesta semana. A Unidade já está recebendo pacientes que apresentam síndrome gripal ou outros sintomas relacionados à Covid-19. No espaço não vai haver internações, que, conforme o pactuado com o Sistema Único de Saúde, vão ser feitas na Santa Casa de Caridade. O investimento na unidade é de R$50 mil por três meses e conta com leitos para acolhimento, consultório médico e sala de triagem. (Nova Imprensa- Formiga)

Kits verdes são distribuídos

A Prefeitura de Divinópolis, por meio da Secretaria Municipal de Agronegócios (Semag) deu continuidade ao projeto social da horta municipal, localizada no pátio da instituição. O objetivo principal é oferecer aos servidores públicos e municipais, alimentos de qualidade. As colheitas estão sendo realizadas a cada 15 dias. Aproximadamente, a cada produção, são entregues 120 kits verdes para servidores do setor de capina e limpeza da Empresa Municipal de Obras Públicas (Emop), e também para os funcionários que frequentam o pátio. (Gazeta do Oeste- Divinópolis)