Coluna Minas Gerais (25 de Fevereiro de 2021)

Publicado em 25/02/2021 - coluna-minas-gerais - Da Redação

Coluna Minas Gerais (25 de Fevereiro de 2021)

MoC decreta toque de recolher

            Começou a vigorar ontem, 25, o inédito “Toque de Recolher” em Montes Claros, definido pelo prefeito Humberto Souto. Inicialmente a medida tem vigência de 10 dias, mas que se não reverter o quadro, poderá implicar no “lockdown”. O principal argumento é que aumentou a quantidade de casos confirmados e suspeitos na cidade, assim como 91% dos leitos clínicos de Covid, 70% dos leitos de UTI Covid estavam ocupados na rede pública e 60% dos leitos privados. O Samu e a Central de Leitos do Norte de Minas tiveram dificuldades de atender as demandas geradas pela população, com casos suspeitos. Montes Claros está com 18.292 casos suspeitos e 280 mortes por Covid-19. (Gazeta Norte Mineira- Montes Claros)

Araxá vai comprar vacinas

            Com a maioria formada no Supremo Tribunal Federal (STF) para autorizar Estados e municípios a comprar e distribuir vacinas, a Prefeitura de Araxá  vai em busca da aquisição dos imunizantes. O prefeito Robson Magela determinou que a Secretária Municipal de Saúde, Diane Dutra, não meça esforços para que seja realizada a aquisição de doses para vacinação da população contra a Covid-19. O município já havia encaminhado o pedido de compra de 100 mil doses da vacina CoronaVac, desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac. (Correio de Araxá)

 

Ibitipoca tem visitação ampliada

            O Parque Estadual do Ibitipoca, unidade de conservação administrada pelo Instituto Estadual de Florestas (IEF), localizado a cerca de 90 quilômetros de Juiz de Fora, teve sua visitação ampliada a partir desta quarta-feira, 24. A informação foi comunicada pela administração nas redes sociais. A unidade já pode receber até 750 pessoas por dia. Até então, o total permitido era de 500 visitantes, em razão das limitações impostas pela pandemia da Covid-19. Para acessar o parque, no entanto, todos deverão, obrigatoriamente, realizar o agendamento prévio. (Tribuna de Minas- Juiz de Fora)

 

Bom Jardim tem Saúde no Bairro

A Prefeitura Municipal de Bom Jardim de Minas iniciou no dia 23 de fevereiro o programa “Saúde nos bairros e comunidades”, onde a Tenda da Saúde visitará mensalmente os bairros e comunidades do município e promoverá, por meio de ações conjuntas entre o Cras e o PSF, a saúde preventiva, além de recreações que visam a orientar e chamar a atenção dos cidadãos para a importância da prevenção para a saúde. Os bairros e comunidades a serem visitados serão sorteados para definição do cronograma e todos serão contemplados. (Jornal Panorama – Baependi)

 

 

1.600 ventiladores para municípios

Um legado que vai auxiliar a população mineira pelos próximos anos, reforçando as estruturas do sistema público de saúde. Esse é o principal resultado da ação, liderada pela Fiemg, que doou cerca de 1.600 ventiladores pulmonares e equipamentos de leitos hospitalares para centenas de cidades de todo o estado. Foram distribuídos 1.428 respiradores para 268 municípios e 166 leitos distribuídos em as 12 regionais que contemplam todo o grande estado mineiro. "Esse trabalho mostra a força da união da indústria mineira, que, liderada pela FIEMG, viabilizou recursos para o projeto que atende uma demanda que surgiu diante da pandemia”, pontua Flávio Roscoe, presidente da entidade. (Ascom Fiemg)

 

Não há confirmação de variante

            A Prefeitura de Uberlândia informou que ainda não tem a confirmação da presença da nova variante (P1) da Covid-19 na cidade. A Secretaria Municipal de Comunicação (Secom) informou que errou ao revelar, na manhã desta quarta-feira, 24, a existência da nova cepa no município. De acordo com a Secom, ainda não há a confirmação documental desta variante em Uberlândia. O que existe até o momento, ainda de acordo com a Secom, é a suspeita de que a nova cepa já esteja presente na cidade. (Diário de Uberlândia)

 

Projeto prevê atendimento prioritário

            Aprovado nesta segunda-feira, 22, por unanimidade pelo Plenário, projeto de lei de autoria do vereador Marcos Jammal que assegura atendimento prioritário às mães e responsáveis de crianças portadoras de microcefalia em estabelecimentos públicos e privados de Uberaba. O PL equipara a estes o direito previsto na Lei Federal n.º 10.048/2020, que dispõe sobre o atendimento prioritário. Conforme o vereador, a proposta vai beneficiar diretamente as mães e ou responsáveis por crianças portadoras de microcefalia que porventura estiverem aguardando atendimentos em filas, seja em repartições públicas ou estabelecimentos privados. (Jornal de Uberaba)


ascom