COLUNA MG (25 de Fevereiro)

Publicado em 25/02/2019 - coluna-minas-gerais - Da Redação

COLUNA MG (25 de Fevereiro)

Ipatinga registrou 561 casos de Aids

Atenção redobrada com a saúde na folia de carnaval. A enfermeira do Centro de Controle de Doenças Infecto-Parasitárias de Ipatinga, Ana Beatriz Barbosa, alertou acerca dos cuidados que a população precisa, principalmente no Carnaval. Conforme os dados da Secretaria Municipal de Saúde, nos últimos quatro anos foram notificados em Ipatinga 561 casos de Aids; 148 casos de hepatites virais; 20 casos de gestante com HIV; 165 casos de sífilis congênita (passado de mãe para filho); 270 casos de sífilis em gestante; 21 casos de criança exposta ao HIV e 948 casos de sífilis em adultos.(Diário do Aço - Ipatinga)

 

Assembleia restringe trabalho dos jornalistas

Os jornalistas mineiros foram surpreendidos com decisão da mesa da Assembleia Legislativa de Minas Gerais que veta o acesso dos jornalistas à antessala do plenário. A deliberação 2.700, datada de 15/2/19, passou a vigorar na terça 19/2 e provocou protestos de jornalistas, veículos e até deputados. O Sindicato dos Jornalistas profissionais de Minas Gerais publicou nota oficial na qual definte a deliberação como "uma das atitudes mais antidemocráticas da história da Assembleia Legislativa de Minas Gerais". O entendimento geral é que se trata de uma afronta à liberdade de imprensa e ao direito da população se informar. (Rede Sindijori)

 

Museu a JK estuda parceria para reabrir

            O diretor-presidente da Casa de Juscelino, Serafim Jardim, informou que estuda propostas da iniciativa privada para formar parceria e reabrir o museu, no Centro de Diamantina, no Vale do Jequitinhonha, onde está parte da história de Juscelino Kubitschek, ex- presidente do Brasil, ex-governador do Estado e ex-prefeito de Belo Horizonte. "Recebi telefonemas de diretores de empresas de Minas e de São Paulo, pessoas preocupadas com a situação e interessadas em cooperar com contribuição mensal para a Casa funcionar", disse Serafim. (Gazeta de Araçuaí)

 

Colégio recebe telas de Sebastião Salgado

            A manhã da última sexta-feira, 22, vai ficar marcada na história do Colégio Tiradentes da Polícia Militar em Governador Valadares. A direção da escola, o corpo docente e os alunos tiveram a honra de receber nas suas dependências a supervisora de Logística do Instituto Terra, Marilda Damasceno. O motivo da visita: a doação de oito telas do renomado fotógrafo Sebastião Salgado. O colégio militar foi a primeira escola da cidade a receber as telas do projeto Êxodo, de Sebastião Salgado, feitas ao longo de seis anos em viagens por quarenta países. (Diário do Rio Doce- Governador Valadares)

 

Saúde recolhe quase 19 mil quilos de entulho

            Pode parecer estranho, mas a Secretaria de Saúde também está recolhendo lixo e entulho nas ruas da cidade. Isso para evitar que o mosquito Aedes aegypti, transmissor da Febre Amarela, Dengue, Chikungunya e Zika, espalhe essas doenças em Itaúna. Somente em 5 bairros já foram recolhidos quase 19 mil quilos de material inservível que é jogado nas ruas, em terrenos vagos e até ficam nos quintais das casas. Conforme a assessoria da Prefeitura, "as equipes do Mutirão de Limpeza já passaram pelos bairros Garcias, Aeroporto, Cidade Nova, Três Marias e Murilo Gonçalves". (Folha do Povo Itaúna)

 

Proibido uso da água do Rio Paraopeba

            Na véspera de completar um mês da tragédia do rompimento da barragem da Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho (MG), o governo de Minas Gerais reiterou a proibição do uso da água do Rio Paraopeba, que abastece a região. Não foi informado por quanto tempo vai valer a determinação. Em nota, divulgada pelas secretarias de Saúde, Meio Ambiente e Agricultura, o alerta é para evitar o uso em quaisquer circunstâncias. "A orientação de não se utilizar a água bruta do rio, sem tratamento, é válida para qualquer finalidade: humana, animal e atividades agrícolas." (Jornal das Montanhas- Manhuaçu)

 

Precariedade prejudica ação de agentes

            Montes Claros apresenta um alto índice de infestação do Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya, doenças que têm avançado na região. Atores fundamentais no combate aos focos do mosquito, os agentes de endemias têm atuado em condições precárias, o que pode favorecer ainda mais o surgimento de uma epidemia no município. A prevenção passa pela ação da população em manter quintais livres de objetos que possam acumular água e, na maioria das vezes, esse alerta é dado durante as visitas dos agentes de endemias. Mas os servidores alegam que estão trabalhando sem os equipamentos de proteção necessários. (O Norte de Minas- Montes Claros)

 

Samu divulga estatística das ocorrências

O evento de Pré-Carnaval realizado no último sábado, 23, em Divinópolis contou com o apoio do  Samu Oeste que disponibilizou uma ambulância Unidade de Suporte Avançado (USA) e uma equipe médica extra para atendimentos na cidade. No período de 10h da manhã até às 23h, foram atendidas pelas equipes médicas do Samu 37 ocorrências. A maioria das ocorrências ocorreu na parte da tarde, onde houve vários casos de embriaguez. Houve também acionamentos para acidentes de trânsito, mas sem feridos graves. (Jornal Agora - Divinópolis)


ASCOM