COLUNA MG (22 de Fevereiro 2019)

Publicado em 22/02/2019 - coluna-minas-gerais - Da Redação

COLUNA MG (22 de Fevereiro 2019)

COLUNA MG

Rede de Notícias do Sindijori MG

www.sindijorimg.com.br

 

 

Base Comunitária de Valadares é destaque 

A Polícia Militar de Minas Gerais divulgou no início da semana o relatório de produtividade das Bases de Segurança Comunitária (BSC) de todo o Estado. Em primeiro lugar no ranking das 10 melhores no ano de 2018 está a Base Comunitária do 6º Batalhão da área central de Governador Valadares. As três bases de segurança que ficaram mais bem colocadas no Estado foram: em primeiro lugar a do setor Centro de Governador Valadares, em segundo  do setor Santa Tereza de Belo Horizonte e a terceira do setor Planalto de BH. (Diário do Rio Doce- Governador Valadares)

 

Novo sistema  na captação gera economia

A mais nova iniciativa do setor de Automação do Demsur de Muriaé foi a instalação do quadro de controle de fator de potência na captação de água do rio Glória, responsável pelo abastecimento de 80% do município. Na prática a medida irá gerar uma economia à autarquia de quase R$50 mil reais em um ano. A curto prazo essa economia poderá ser revertida em investimento para outros setores, reafirmando assim o compromisso da atual gestão da autarquia com o dinheiro público. (Gazeta de Muriaé) 

 

ONG encerra atividades em São Lourenço

A ONG Arara, que atua há oito anos em São Lourenço, com diversos trabalhos em prol do meio ambiente, além de fomentar a educação ambiental junto à sociedade,terá suas atividades encerradas ainda neste mês. A decisão foi comunicada pelo presidente da ONG, Robert Oliveira, revelou que encontrou dificuldades para manter os trabalhos da Organização, sem apoio de nenhum outro órgão municipal, estadual ou federal. (Correio do Papagaio- São Lourenço) 

 

Região do Circuito das Malhas elege nova diretoria

A nova diretoria para atuar no biênio 2019/2021 no Circuito Turístico das Malhas  foi eleita. A reunião aconteceu no último dia 29, na sede, em Ouro Fino, e, por unanimidade, a presidência foi ocupada pela Associação Comercial e Industrial de Ouro Fino, representada por José Perez Romero Filho. A vice-presidência ficou com a Prefeitura de Borda da Mata, representada por Edna Motta, a secretaria executiva ficou com a Prefeitura de Inconfidentes, representada por Camila Ferreira e a tesouraria com a Prefeitura de Ouro Fino, representada por Dorival Junior. (Tribuna Popular- Borda da Mata) 

 

Educação infantil receberá Livro Didático

O Governo de Arcos, por meio da Secretaria de Educação, anunciou que uma equipe foi formada para acertar os detalhes de implantação do Livro Didático para os alunos do 1º e 2º período da Educação Infantil, neste ano letivo de 2019. Essa iniciativa da Coordenação Pedagógica de Ensino será um novo marco para estimular a melhora do desempenho das crianças que iniciam a sua vivência escolar. (Jornal Correio Centro- Oeste- Arcos) 

 

Drones reforçam segurança no carnaval

O Comando de Aviação (Comave) da Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) iniciou, nesta semana, a quinta edição do curso de formação de piloto de drones. A expectativa é de que os militares formados atuem como pilotos remotos no Carnaval 2019, para complementar as operações de apoio aéreo, favorecendo a redução de custos e a efetividade das ações da PMMG. O curso tem duração de cinco dias, com aulas de teoria de voo, meteorologia, conhecimentos técnicos, legislação, normas internas, segurança e avaliação do risco operacional, além de aulas práticas de voo e estágio em operações reais. (Gazeta do Oeste- Divinópolis) 

 

Uberlândia vai contratar 100 agentes

Diante de uma situação de epidemia, com cerca de 900 notificações de dengue por semana, a Prefeitura de Uberlândia tem um déficit no número de Agentes de Combate a Endemias (ACE) atuando contra o mosquito Aedes aegypti. Atualmente, 280 profissionais realizam o trabalho, 67 profissionais a menos do que os 347 preconizados para a cidade, segundo parâmetros do Ministério da Saúde. Para tentar resolver o problema, o Município iniciou o processo de contratação de 100 novos servidores para o combate direto ao transmissor de dengue e outras doenças. (Diário de Uberlândia) 

 

Santa Casa suspende atendimentos em Itajubá

O pronto socorro da Santa Casa de Itajubá parou de funcionar devido ao corte de verbas da prefeitura da cidade, no valor de R$ 160 mil. Em um comunicado, a diretoria da Santa Casa informou sobre a decisão. No mês passado, médicos do pronto socorro da Santa Casa fizeram uma greve por conta dos salários atrasados há dois meses. A Santa Casa é uma instituição filantrópica e recebe repasses do governo federal, estadual e municipal. Segundo a Superintendência da Santa Casa, são feitos cerca de 10 mil atendimentos por mês, 80% deles pelo SUS, Sistema Único de Saúde. (Correio do Sul- Varginha)