COLUNA MG (08 de Março)

Publicado em 08/03/2019 - coluna-minas-gerais - Da Redação

COLUNA MG (08 de Março)

Número de pessoas em situação de rua cai

            Pessoas em situação de rua no entorno do terminal rodoviário de Uberaba já diminuíram em cerca de 40%, segundo dados divulgados por equipe da abordagem social da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social. Segundo o titular da pasta, Marco Túlio Cury, o resultado se deve à intensificação dos atendimentos ocorrida a partir de setembro do ano passado. Ele orienta que as pessoas não façam doações diretamente aos pedintes, mas que as encaminhe para instituições. Ainda de acordo com os dados da Seds, o número de moradores de rua diminuiu de cerca de 30 pessoas para entre seis e 11 na região, que são, na maioria, de fora de Uberaba. (Jornal da Manhã- Uberaba)

 

Peixe com baixa procura em Valadares

Tradicionalmente, por conta da quaresma, o movimento nas peixarias em Governador Valadares aumenta. Porém, até o momento, a procura por pescados continua fraca, mesmo depois da Quarta-feira de Cinzas. Apesar do pessimismo, donos de peixarias no Mercado Municipal aguardam um movimento mais intenso na Semana Santa, em função da tradição de fiéis católicos de não comer carne vermelha nas quartas e sextas-feiras. (Diario do Rio Doce - Governador Valadares)

 

Exposição homenageia 26 mulheres

            O Shopping Poços de Caldas recebeu a quinta edição da exposição Mulheres Notáveis, mostra fotográfica e biográfica em comemoração ao Dia Internacional da Mulher que homenageia 26 perfis femininos. Entre as mulheres retratadas está Glaucia Boaretto, ex-vereadora e ex-vice-prefeita de Poços de Caldas que se tornou reconhecida devido ao seu trabalho à frente da Apae. Outras notáveis são Ogilda Fernandes Westin, poetiza, Tânia Maran Magalhães, médica patologista, e Maria Helena Braga, ex-secretária de Educação que atua há mais de 50 anos na área de ensino. (Folha Regional- Muzambinho)

 ASCOM

Muriaé é uma das cidades-sede do Jemg

            O Governo de Minas já definiu os municípios-sede da etapa microrregional dos Jogos Escolares de Minas Gerais (Jemg) 2019, o maior evento esportivo-social do país, destinado a jovens de 12 a 17 anos, das escolas públicas e particulares do Estado. Nesta etapa, que acontece no âmbito das 47 Superintendências Regionais de Ensino, participam estudantes-atletas das modalidades coletivas como basquete, futsal, handebol e voleibol, além da modalidade de xadrez, em dois módulos, nas categorias masculino e feminino. Muriaé vai ser uma das sedes dos jogos na Zona da Mata e a agenda será na sexta semana de competições entre 13 de maio a 19 de maio.  (Gazeta de Muriaé)

 

Acidentes na região caem pela metade

            O feriadão de Carnaval deste ano foi bem menos violento do que o do ano passado nas estradas que cortam o Norte de Minas. Segundo balanço divulgado pela Polícia Militar Rodoviária (PMRv), houve uma redução de 50% no número de acidentes registrados na região e nenhuma morte. Foram oito ocorrências, que resultaram em sete feridos. A Operação de Carnaval começou na sexta-feira passada e foi finalizada na Quarta-feira de Cinzas. A PMRv montou esquema para monitorar as principais estradas que cortam o Norte de Minas, como a BR-135 e a MG-122. (O Norte- Montes Claros)

 

Um novo distrito de Paracatu de Baixo

            A construção do novo bairro para receber a comunidade do subdistrito de Paracatu de Baixo, atingida pelo rompimento da barragem de Fundão, em Mariana, no ano de 2015, começa a ganhar forma. A área escolhida pelos moradores, denominada Lucila, deve ocupar uma Área de Diretrizes Especiais de aproximadamente 95 hectares, inserida nos 400 hectares do terreno adquirido pela Renova para receber cerca 140 famílias. Lucila está localizada a 35 km do centro de Mariana. (Portal da Cidade- Mariana)

 

Chuva dificulta tratamento pelo Saae

            O tratamento da água captada pelo Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) ficou dificultado nesta semana, devido às chuvas que caíram na região de Caeté. Segundo a companhia, a água movimentou o fundo dos córregos onde há captação e partículas se soltaram na água. A água bruta (sem tratamento) que estava chegando às estações estava com níveis de turbidez considerados muito altos. As chuvas da madrugada de sexta, 1, e manhã de sábado, 2, segundo o Saae, agravaram ainda mais o problema. O Saae não chegou a interromper o abastecimento dos moradores da cidade.. (Jornal Opinião- Caeté)

 

Projeto tem alternativas para o manejo

            No dia 12 de fevereiro, parte da equipe do Projeto Gafanhoto, iniciativa da Cemig que prevê a aplicação de novas tecnologias para o controle das plantas aquáticas no reservatório do  Gafanhoto, esteve na cidade de Divinópolis/MG com o intuito de selecionar os potenciais locais para instalação de wetlands experimentais na área do reservatório. Os wetlands são sistemas artificiais, que utilizam as próprias plantas aquáticas como jardins filtrantes na remoção do excesso de nutrientes presentes na água. (Gazeta do Oeste- Divinópolis)