Venda online é alternativa para comércios driblarem a falta de movimento presencial dos consumidores

Publicado em 23/03/2020 - cidade - Da Redação

Venda online é alternativa para comércios driblarem a falta de movimento presencial dos consumidores

As vendas a distância são um grande trunfo do polo da lingerie de Juruaia e representam 70% da comercialização das 200 confecções, que juntas, produzem aproximadamente 20 milhões de peças por ano

A cidade de Juruaia, no sudoeste mineiro, é tradicionalmente conhecida como a Capital da Lingerie. A região está acostumada ao grande movimento de excursões, lojistas, revendedoras e público em geral, que lotam as ruas e as lojas diariamente. 

Os números impressionam. Se considerarmos os 150 mil visitantes recebidos todos os anos, os números já atingem quatro milhões de turistas de negócios atraídos pelo polo da moda íntima durante essas quase três décadas de vocação para a indústria têxtil, o que representa 400 vezes o tamanho da população da cidade.     

Agora Juruaia se prepara para uma mudança de cenário temporariamente por conta da COVID-19. Apesar de toda a infraestrutura própria para receber os visitantes, a “Gigante de Minas” tem como grande trunfo as vendas a distância, responsáveis por cerca de 70% da comercialização das 200 confecções, que juntas, vendem aproximadamente 1,5 milhão de peças por mês. 

“Este é um período de oportunidades, no qual os lojistas devem crescer no mercado online e todas as lojas de Juruaia estão prontas e com canais bem consolidados. As vendas a distância são muito representativas para o polo, por conta do perfil dos clientes e pelas vendas ao atacado. As negociações costumam acontecer por telefone, lojas virtuais e internet de modo geral”, comenta o presidente da Associação Comercial e Industrial de Juruaia- ACIJU-, José Antonio da Silva.  

Juruaia já é tradicionalmente conhecida por seu poderio quando o assunto é moda íntima. Há 28 anos, o que começou com apenas duas fábricas, atualmente contabiliza mais de duas centenas de confecções, de acordo com a ACIJU. 

O incentivo ao empreendedorismo é uma das marcas da cidade, que tem 95% das confecções locais comandadas por mulheres. Essas empresas têm acompanhado as tendências nacionais, oferecendo bom preço, qualidade e design como diferencial. Assim, Juruaia se tornou uma das mais importantes fabricantes do país.


ASCOM