Romeu Zema participa de entrega da Medalha do Mérito Rural e destaca importância do produtor

Publicado em 19/07/2019 - agronegocio - Da Redação

Romeu Zema participa de entrega da Medalha do Mérito Rural e destaca importância do produtor

Na noite de quinta-feira (18/7), pessoas e instituições com destacada atuação na agropecuária estadual e nacional foram homenageadas pela Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais (Faemg), em cerimônia realizada no Sindicato da Indústria da Construção Pesada no Estado de Minas, em Belo Horizonte. O evento, em comemoração ao Dia do Produtor Rural, contou com a participação do governador de Minas Gerais, Romeu Zema, e da ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina Corrêa da Costa Dias.

Durante a solenidade, o governador destacou a importância do agronegócio para a economia do Estado e reforçou os esforços da gestão para facilitar o trabalho no campo. “O meu governo será o governo amigo de quem produz, de quem trabalha, de quem investe e gera empregos. E não poderia ser diferente com relação a quem faz isso no campo. Vocês, do campo, ainda enfrentam algumas dificuldades adicionais e que eu conheço perfeitamente”, afirmou.

Segundo Romeu Zema, o governo atua em três frentes para solucionar essas dificuldades: na ambiental, para simplificar e desburocratizar os processos; na segurança, com o reforço da abordagem feita pela polícia ambiental; e na regulamentação fundiária, com a regularização de títulos de terra. “Eu quero ser o governador que mais títulos de terra regularizou, porque somente assim nós vamos conseguir proporcionar um aumento na produção”, disse ele.

Durante a solenidade, o governador também ressaltou a importância do agronegócio para o desempenho da economia mineira. “Eu gostaria de agradecer a todos os produtores rurais. O IBGE soltou recentemente dados sobre o desempenho da economia do Brasil no primeiro trimestre. Minas, por incrível que pareça, e apesar da tragédia de Brumadinho, ficou acima da média do Brasil, e só conseguimos isso devido ao agronegócio”, finalizou.

A secretária de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), Ana Maria Valentini, elogiou a atuação do Sistema Faemg em prol do desenvolvimento da agricultura e pecuária no estado e lembrou que combater a insegurança jurídica é uma das prioridades da Pasta. “O grande desafio do agronegócio é a insegurança jurídica no campo, na área tributária, na área ambiental e na área trabalhista”, afirmou.

Medalha do Mérito Rural

A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina Corrêa da Costa Dias foi a principal homenageada do evento neste ano e recebeu a Grande Medalha, entregue pela Faemg.

Ela ressaltou o potencial de Minas Gerais no setor.  “Minas Gerais é um estado muito interessante, porque vocês aqui têm tudo. Vocês têm o pequeno agricultor, vocês têm aqui o setor sucroalcooleiro, vocês têm aquicultura”, disse ela. A ministra também se colocou à disposição para trabalhar em conjunto com órgãos estaduais, buscando o fortalecimento do agronegócio mineiro.

“Todas as políticas públicas que a secretária (Ana Valentini) precisar, o ministério está aberto, principalmente na área de sanidade animal e vegetal. Essa é uma função principal do Ministério da Agricultura, e eu e a secretária estaremos trabalhando juntas, ajudando os pequenos produtores que têm problemas”, afirmou.

Produção

O agronegócio tem obtido resultados expressivos em Minas Gerais. Em 2018, o valor das exportações somou US$ 7,94 bilhões, o que representou 33% de todas as vendas externas. Na agricultura, o estado é o maior produtor do país de café, batata e alho, e o segundo no cultivo de feijão, sorgo, cana-de-açúcar e abacaxi. Na pecuária, Minas é o maior produtor de leite, com 8,9 bilhões de litros, respondendo por 26,6% de todo o volume produzido no Brasil. Culturas como as de mel, aves de postura e corte, além de suínos, também integram a lista de relevantes produções.

Fonte: Agência Minas