Conab está em campo para levantar dados da safra de café no estado

Publicado em 22/04/2019 - agronegocio - Da Redação

Conab está em campo para levantar dados da safra de café no estado

Até o dia 3 de maio, técnicos da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) percorrem as lavouras de café nas principais regiões produtoras de Minas Gerais para pesquisar números de produção, área e produtividade do cultivo no estado. Os dados serão incluídos no 2º Levantamento da Safra de Café 2019, que serão divulgados nacionalmente no dia 16 de maio.

Nesta ação, a Conab visita produtores, cooperativas e também empresas de consultoria, revendas, assistência técnica e extensão rural, dentre outros agentes ligados à cafeicultura. Ao todo, serão seis roteiros percorridos com cerca de 100 municípios produtores envolvidos.

“A colaboração de instituições confiáveis e de tradição nos estudos acerca do setor cafeeiro é fator decisivo para a qualidade e credibilidade das informações divulgadas”, garante o superintendente da Companhia em Minas Gerais, Osvaldo Teixeira de Souza Filho. Segundo ele, no último anúncio de safra de café, divulgado pela Conab em janeiro deste ano, o estado mais prejudicado pelo fenômeno da bienalidade negativa foi Minas Gerais, responsável por mais da metade do volume de café colhido no país.

“No primeiro levantamento, tivemos uma produção estimada entre 26,4 a 27,7 milhões de sacas, com redução de 16,7% no rendimento médio de produtividade esperada para o estado em razão não só pela bienalidade negativa, mas também devido à maturação desuniforme dos frutos, decorrentes de floradas extemporâneas”, explica. “Mas essa perspectiva será atualizada a partir desta nova pesquisa em campo”.


ascom