Deputado Arantes e chefes da Polícia Civil recebem Secretário de Belo Horizonte para avaliar prédio destinado a delegacias

Publicado em 14/05/2020 - politica - Da Redação

Deputado Arantes e chefes da Polícia Civil recebem Secretário de Belo Horizonte para avaliar prédio destinado a delegacias

O deputado Antonio Carlos Arantes, acompanhado do chefe da Delegacia Especializada na Investigação e Repressão a Crimes Rurais (DEIRCR), Márcio Nabak; do delegado do Departamento de Investigação de Crimes Contra o Patrimônio (DEPATRI), Rafael de Azevedo, e do superintendente de Planejamento, Gestão e Finanças da Polícia Civil, Fernando Dias da Silva, fizeram na quarta-feira (13/05/20) uma nova visita ao imóvel que deverá ser usado como sede das duas delegacias, em Belo Horizonte.

O deputado e os delegados foram se encontrar com o secretário municipal de Obras e Infraestrutura da capital, Josué Valadão; com o diretor de Gestão de Águas Urbanas, Ricardo Aroeira, e com o subsecretário de Defesa Civil, Waldir Vieira.

Arantes explicou a razão do encontro: “Nossa intenção é que a prefeitura de Belo Horizonte faça uma análise da viabilidade de uso do prédio considerando o risco de inundações na área”, explicou.

O imóvel localizado na Avenida Tereza Cristina pertence ao Governo do Estado, mas está fechado há anos, degradado pela ação de vândalos. A proposta de reivindicar o uso do prédio é de autoria do deputado Antonio Carlos Arantes, assim como a lei 22.923 de 12/01/2018 que criou a DEIRCR.

O secretário Valadão e os técnicos da prefeitura visitaram as instalações e fizeram uma vistoria na área. O secretário informou que será feito um estudo sobre a localização do imóvel. A partir daí, será apresentado um relatório que o deputado Arantes e as chefias da Polícia Civil irão apresentar às instituições que manifestaram interesse em doar recursos para a restauração do prédio orçada em R$500 mil. Até agora atenderam ao convite do deputado Arantes para contribuir a Federação das Empresas de Transportes de Cargas (FETCEMG); o Sindicato das Indústrias de Laticínios (SILEMG); a Associação das Indústrias Sucroenergéticas (SIAMIG); Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Mangalarga Marchador (ABCCMM) e a Sicoob Central Crediminas.

Arantes faz questão de enfatizar o apoio da comunidade: “Toda a obra de reforma será feita com dinheiro da iniciativa privada, não vamos usar recursos públicos, mas precisamos do apoio do governo e da prefeitura”, explicou.

Os representantes da Polícia Civil reafirmaram o interesse em usar as instalações. Para o delegado Márcio Nabak “o prédio oferece todas as condições necessárias. Possui uma excelente estrutura e todas as condições para a DEIRCR atender a população”, afirmou.

O delegado Rafael de Azevedo ressaltou a localização: “É perfeita para o tipo de atividade que a DEPATRI exerce, oferecendo acesso rápido para o atendimento”, ressaltou.

Participaram, ainda, da visita ao imóvel o chefe da seção de Engenharia da Policia Civil, Júlio César Zordan, e o assessor parlamentar Wander Aguiar.

ASCOM / Texto e fotos: Juvenal Cruz Junot