A Folha Regional - Artigos

Escolas devem repassar dados sobre frequência dos alunos beneficiados no Bolsa Família

Em 07/04/2015 - Editorial - Da Redação

Registro pode ser feito pelas instituições de ensino diretamente no sistema do programa ou pela prefeitura do município. Para acompanhar a frequência escolar de crianças e adolescentes de famílias beneficiadas pelo Programa Bolsa Família, o Governo Federal conta com o apoio das escolas onde esses alunos estão matriculados. E o prazo para que sejam informados os dados dos estudantes vai até o dia 29 de abril.

Veja +

Curtas, CURIOSAS E CÔMICAS - Edição 1024

Em 04/02/2011 - Editorial -

O mundo baixou!Mais de meio milhão de filmes são baixados por dia na internet, em todo o mundo...Isso quer dizer que existe mais de meio milhão de piratas?

Veja +

Curtas, CURIOSAS e CÔMICAS - Edição 1022

Em 21/01/2011 - Editorial -

Resfriar os ânimos...1911 é a data em que as primeiras expedições começaram a chegar ao pólo sul. Isso prova que a ideia de mandar alguns pra geladeira não faz parte só da política brasileira.Escritor das multidõessegundo o Livro dos Recordes o escritor com mais obras publicadas é o brasileiro José Carlos Ryoki de Alpoim Inoue, que publicou mais de mil livros até o ano de 1986, e, em outubro de 2006 lançou seu trabalho de número 1.127. Será que ele já pensou que essa história lhe daria um bom livro?

Veja +

Não é chefe, mas dá muito TRABALHO!

Em 21/01/2011 - Editorial - Wagner Tranches

Normal 0 21 false false false MicrosoftInternetExplorer4 /* Style Definitions */ table.MsoNormalTable {mso-style-name:"Tabela normal"; mso-tstyle-rowband-size:0; mso-tstyle-colband-size:0; mso-style-noshow:yes; mso-style-parent:""; mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt; mso-para-margin:0cm; mso-para-margin-bottom:.0001pt; mso-pagination:widow-orphan; font-size:10.0pt; font-family:"Times New Roman"; mso-ansi-language:#0400; mso-fareast-language:#0400; mso-bidi-language:#0400;} Pet na área, FIRME, FORTE e FEIO, mais firme e FEIO, que propriamente forte. Pensando em melhorar a saúde, consegui agora uma nova COLUNA... Mas não a que sustenta meu corpo raquítico, mas a que sustenta minhas piadas sem graça, estreou neste mesmo semanário (A Folha Regional) a coluna, “Curtas, CURIOSAS e CÔMICAS”... Para muitos, eu não tenho o que fazer, pensando nisso veja abaixo as novas categorias em que se dividem os que não chegaram à chefia, mas dão muito TRABALHO às pessoas. Vagabundo trabalhador: quem pensa que a lei aurea de 1888 veio para libertar os ESCRAVOS, na verdade ela chegou, apenas, para acalmar os ânimos, até que outra denominação fosse criada. Inventaram, então, o ESTAGIÁRIO, uma espécie de “vagabundo trabalhador”, já que é aquele cara que não é um DESOCUPADO, afinal, geralmente quase todo serviço de uma empresa é passado pra ele, mas dinheiro que é bom mesmo, só o que ele gasta com o “busão” pra chegar até o “engenho”, dizem que ele leva experiência para casa... Rs! EXPERIÊNCIA de como LEVAR CHICOTADA! Vagabundo Garfield: vive dizendo, “como é bom DESCANSAR, depois de NÃO FAZER NADA” Vagabundo madruga: reclama quando sai pra procurar emprego, e reclama ainda mais quando ENCONTRA. Vagabundo consciente: acha que qualquer movimento pode prejudicar sua saúde, e por isso, vive como ESTÁTUA, se de repente encontra um serviço em que deve, apenas, segurar um copo d'água para o patrão, diz que ÁGUA PARADA dá dengue. Vagabundo descontente: se tá a toa quer serviço, se tem serviço quer ficar a toa. Vagabundo chefe: vive dizendo que só começa a trabalhar quando puder entrar como gerente do Banco Central. Vagabundo “bicha aposentada”: diz que não DÁ para trabalhar, porque muitas vezes o recurso é PEQUENO e não é satisfatório. Vagabundo garanhão: nunca está satisfeito, não valoriza o que tem e está sempre de olho do emprego do outro. Vagabundo doente: tem ALERGIA a trabalho e sente FALTA DE AR quando solicitado para algo. Vagabundo Titanic: Acha que é melhor que todo mundo, inclusive Deus... Vive na maresia, e apesar de ser alertado sobre sua atitude, acha que nada é capaz de afundar seus planos. Vagabundo cachaceiro: pra ele, as melhores coisas da vida são as mulheres e os amigos, as mulheres pra pegar cerveja na geladeira, e os amigos pra pagar uma no boteco quando são expulsos de casa. Vagabundo atleta: sabe NADA, CORRE da polícia, JOGA baralho o dia inteiro, BATE a porta quando entra em casa, PULA no sofá para ver o futebol, PATINA ao falar com a esposa aonde estava e ATIRA palavrões contra a sogra que está em frente a TV.    

Veja +

Curtas, CURIOSAS E CÔMICAS - Edição 1021

Em 14/01/2011 - Editorial -

Esse FILME eu JÁ VI...Aproximadamente 5 milhões de Cds piratas são apreendidos por ano no Brasil, em termos de DVD, o número é reduzido para menos de 1 milhão... Queria saber pra onde é que eles foram, porque faz tempo que quero assistir o Tropa de Elite 2.

Veja +

2010 - Folha viveu ano de ouro

Em 30/12/2010 - Editorial - Editorial

A atuação desde semanário foi marcante em toda a região durante o ano de 2010. A cobertura jornalística dos principais eventos e fatos nas cidades de sua abrangência foi coroada com repercussão e pleno reconhecimento. No mês de abril, aconteceu o evento especial em comemoração aos 20 anos de circulação. E o sucesso dos anos anteriores, se repetiu com a presença de mais de 10 prefeitos, deputados estaduais, deputados federais, além de candidatos, lideranças e empresários de toda a região. Portanto, novamente uma prova de reconhecimento de credibilidade.

Veja +

Curtas & Secas do Editor - Edição 1019

Em 23/12/2010 - Editorial -

Chuvas causam inundações no trevo Pelo visto o problema com as inundações no trevo de Muzambinho nos períodos de chuva, continuam causando constrangimentos e problemas a motoristas e veículos que transitam pelo local. Um temporal de vinte minutos, na última terça-feira (14), foi o suficiente para alagar, quase que por completo, as intermediações do trevo e rodovias tanto no sentido para Monte Belo, quanto para Guaxupé. Segundo o prefeito, Sérgio Esquilo, alterações já estão previstas para serem realizadas no local, para sanar de uma vez o problema.

Veja +

Curtas & Secas do Editor - Edição 1018

Em 17/12/2010 - Editorial -

A forte chuva, acompanhada de vendaval, que caiu em Muzambinho na tarde de terça-feira (14), apesar de não ter durado muito tempo, deixou algumas marcas. A principal delas foi a queda do presépio montado na Avenida Dr. Américo Luz, no centro da cidade. A Secretária de Indústria e Comércio, Luzia Poscidônio e as Secretárias da Associação Comercial e Industrial de Muzambinho (ACIM), Rosângela e Patrícia, contando ainda com a ajuda de amigos, trabalharam nesta semana (que antecede o natal) para remontar o presépio e, manter o espírito natalino, que retrata a alegria, a fé e a união de todos. A polêmica das minas interditadas No dia 07 de dezembro de 2.010, o departamento de Vigilância em Saúde da Prefeitura Municipal de Muzambinho, interditou por tempo indeterminado 04 das populares “minas” existentes na cidade. A interdição procedeu do resultado das análises realizadas em amostras de água coletadas em 05 “minas”. A análise foi realizada pelo IFET campus Muzambinho, onde se constatou a presença de Coliformes Fecais, um indicador preciso da presença de agentes causadores de doenças. 

Veja +

Curtas & Secas do Editor - Edição 1016

Em 03/12/2010 - Editorial -

O bicho pegou em Botelhos...… Ou pegaram o bicho?A Polícia Militar apreendeu na última terça-feira (30) na cidade de Botelhos, uma máquina de apostas do jogo do bicho. A PM informou que essa é a primeira vez que uma máquina dessas é apreendida no município. O aparelho é semelhante a um utilizado com cartões de crédito, além dela salvar e computar as apostas, ainda emitia na hora o bilhete.

Veja +

Curtas & Secas do Editor - Edição 1015

Em 03/12/2010 - Editorial -

CAFÉ E OS BILHÕES...As exportações brasileiras de café serão recordes neste ano. No ritmo em que as vendas externas seguem, o país deverá somar 32,5 milhões de sacas comercializadas no exterior, com valor superior a 5,5 bilhões de dólares. No ano passado, as exportações somaram 30,3 milhões de sacas, no valor de 4,3 bilhões de dólares.

Veja +

1 2 3 4 »