Secretaria de Meio Ambiente de Paraíso apresenta balanço de atividades

Publicado em 06/06/2018 - regiao - Da Redação

Secretaria de Meio Ambiente de Paraíso apresenta balanço de atividades

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SEMAM), da Prefeitura de São Sebastião do Paraíso apresentou nesta semana um resumo das principais atividades desenvolvidas pela pasta na atual gestão. O trabalho relacionado ao manejo de resíduos sólidos, a coleta seletiva de lixo, a manutenção do aterro sanitário e a formação do Consórcio Intermunicipal para o Tratamento de Resíduos encabeçam a lista das principais ações em andamento. “Temos várias frentes de trabalhos em  andamento, como os preparativos para efetuarmos o licenciamento ambiental, os programas realizados nas escolas e acompanhamento de questões relacionadas a educação, lixo eletrônico, tratamento de esgoto e arborização, entre vários outros assuntos estão na ordem do dia”, anuncia a secretária Yara de Lourdes Souza Borges.

                Segundo ela, as questões relacionadas à disposição dos resíduos é um dos temas que mais tem demandado o empenho da equipe da SEMAM. “Temos feito um trabalho muito intenso nesta área com a implantação do nosso plano de gestão. Ampliamos a coleta seletiva, mesmo enfrentando dificuldades como a quebra do caminhão, depois a crise da falta de combustíveis, mas agora estamos retomando novamente com toda força”, comenta.

                Yara ressalta que é preciso muita dedicação e envolvimento da populção.

“Se não houver a participação da comunidade com a separação correta dos materiais, o aproveitamento dos produtos recicláveis, não alcançaremos os objetivos de proporcionar maior vida útil ao aterro sanitário”, acrescenta. Para tanto, a secretária ressalta a importância do envolvimento de todos e a adoção de novas ações. “Estamos trabalhando na terceirização do aterro sanitário, embora a operação seja de responsabilidade de outra secretaria acompanhamos todo o processo de perto”, diz.

                Outra ação forte desenvolvida pela SEMAM é a realização do Consórcio Intermunicipal de Resíduos, que já está pronto. “Nos próximos dias assinaremos o contrato de rateio. Faremos a adequação do espaço e poderemos receber o material dos outros municípios”, aponta. Na próxima semana será realizado um workshop com a participação de vários representantes do setor  público e privado, quando o assunto será debatido entre os membros consorciados e haverá também a participação dos prefeitos dos municípios da AMOG. “Eles querem participar conosco e a ideia é fortalecer, formar um grupo forte com mais poder de reivindicação”, afirma.

                Já em relação aos resíduos de construção civil, a SEMAM tem feito muitas notificações. “É um trabalho sério para que as pesoas tenham consciência de quando forem construir, demolir ou reformar. Se alguém contrata para fazer o descarte, isso deve ser feito de maneira correta e se estiver errado, será notificado e autuado do contratante ao transportador e todos os envolvidos”, acrescenta a Yara. A proposta é estimular a destinação correta dos materiais, já que existe um local próprio para isso no município, que é o bota fora.

                A SEMAM também começará a recolher pilhas, baterias e eletroeletrônicos. Será lançada uma gincana para o envolvimento e participação dos alunos e das escolas. “Teremos postos de coleta e até mesmo será feito o recolhimento nos casos de eletrodomésticos, onde a secretaria se compromete a ir buscar”, cita Yara Borges. Ela enfatiza que existem produtos como bateria de celular ou lâmpadas que não podem ser descartados aleatoriamente.

 

Outras questões

 

                A SEMAM confirma que tem feito o acompnahamento das obras de implantação das Estações de Tratamento de Esgoto. “Não abrimos mão de participar deste processo que está ocorrendo de forma lenta, demorada.

Temos atuado junto aos órgãos responsáveis para verificar se está sendo feito  dentro dos critérios e respeitando o contrato assinado que estabelece prazos”, observa Yara Borges.

                A Secretaria de Meio Ambiente também tem atuado para o desenvolvimento do Plano Municipal de Arborização. Todo o projeto que der entrada na Prefeitura, relacionado a construção de residência, ensejará no plantio de uma árvore nos locais onde houver condições de plantio. “Temos exigido nos loteamentos e dos loteadores que plantem nas avenidas com canteiro central, principalmente observando a utilização das espécies adequadas”, opina Yara.

                A SEMAM pretende iniciar nas próximas semanas o processo de Licenciamento Ambiental. De acordo com a secretária, com a mudança na legislação o Município terá que ser muito mais atuante porque a responsabilidade pelas ações serão cobradas. Também há a atuação através do Conselho Municipal de Meio Ambiente que está estruturado, atuante.

                Outra ação que já começa a apresentar resultado com a celebração de vários convênios é o projeto Adote uma Praça. A partir da legislação que foi criada já existem cinco empresas dispostas a participar. “Fizemos o chamamento e a resposrta está sendo positiva. Quanto ao aterro controlado, o espaço está sendo revitalizado, atendendo as medidas prevIstas na legislação para que retorne ao proprietário”, relata Yara

                O Município, por meio da Secretaria, promoveu em conjunto com a empresa Cantareira Transmissora de Energia, um projeto de recuperação de fundos, com realização de oficinas. Também foi celebrado acordo com o Instituto Estadual de Florestas (IEF) para intervenção em áreas de preservação permanente. “Fizemos uma parceria com a Olam Exportadora, que prevê tratamento de água, construção de fossas septicas e outras medidas.

Ainda temos muitas ações pela frente”, aponta.

                Yara enfatiza que o apoio recebido do prefeito lhe dá autonmia para novas atividades. “Temos liberdade para continuarmos estes projetos e criarmos novos pontos de partida, já que ele acompanha tudo de perto. É o desenvolvimento sustentável da cidade com responsabilidade. É respeitando o cidadão que teremos cada dia mais nosso trabalho reconhecido e valorizado, e, certamente, uma cidade melhor a cada dia”, finaliza.


ASCOM